quinta-feira, 25 de maio de 2017

EDUCAÇÃO BÁSICA - SISTEMA DE AVALIAÇÃO TRAZ NOVIDADES NA EDIÇÃO 2017

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 25 de maio, a portaria que estabelece as diretrizes para o planejamento e operacionalização do Sistema Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2017. Entre as principais novidades estão a ampliação do conjunto de alunos, turmas e escolas avaliados e a possibilidade de adesão de escolas privadas.
O Saeb, por meio da coleta de dados nos sistemas de ensino e escolas brasileiras, avalia a qualidade da educação nacional, oferecendo subsídios para a formulação, reformulação e monitoramento das políticas educacionais. Nesta edição, a população-alvo (conjunto de alunos, turmas e escolas que se pretende avaliar) é ampliada. 
Não serão avaliadas pelo Saeb turmas multisseriadas, de correção de fluxo, de educação especial exclusiva, de Educação de Jovens e Adultos (EJA), de ensino médio normal/magistério, bem como as escolas indígenas que não ministrem o ensino em língua portuguesa. 
Participação – Para participar do Saeb 2017, todas as escolas deverão realizar o correto preenchimento dos dados declarados ao Censo Escolar 2017, que serão coletados pelo Inep de 31 de maio a 31 de julho de 2017. Elas também precisam ter realizado o preenchimento do Censo da Educação Básica 2016.
A participação no Saeb é obrigatória para as escolas públicas e facultativa para as escolas privadas. A partir desta edição, a inscrição no sistema permitirá o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) por escola. As escolas privadas de zonas urbanas e rurais que tenham pelo menos dez alunos matriculados na terceira ou na quarta série do ensino médio e quiserem ter seus resultados divulgados devem passar por uma segunda etapa de adesão. 
Mais informações sobre a edição de 2017 do Saeb estão disponíveis no Diário Oficial da União.
Fonte: MEC

ENEM 2017 - REQUERENTES DE ISENÇÃO DA TAXA DEVEM COMPROVAR SITUAÇÃO

Termina em 25 de junho o prazo para estudantes que solicitaram isenção de pagamento da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 e tiveram a Guia de Recolhimento da União (GRU) gerada enviarem a documentação exigida pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Somente serão analisados os pedidos aos quais forem juntados os comprovantes da situação socioeconômica e de escolaridade dos requerentes.
São três os caminhos para solicitar isenção da taxa de inscrição do Enem 2017. Pela forma automática, pode requerer o benefício o candidato que estiver terminando o ensino médio em escola pública. Já pela Lei nº 12.799/2013, podem pleitear isenção os estudantes que tenham cursado todo o ensino médio em escola pública ou como bolsistas integrais em escola privada e que sejam membros de famílias nas quais a renda por pessoa é igual ou menor que um salário mínimo. Por último, há o Decreto 6.135/2007, que permite o pedido de isenção ao candidato que, inscrito no CadÚnico, seja membro de família que recebe de meio a três salários mínimos por pessoa.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 61 61 61.
Fonte: MEC

RECOMPOSIÇÃO DIFERENCIADA JÁ! SINDICATO COBRA ENVIO DE PROJETO DE LEI À ASSEMBLEIA

A direção do Sindicato APEOC voltou ao Palácio Abolição na tarde desta quinta-feira (25) para cobrar novamente o envio do projeto de lei à Assembleia que efetiva a recomposição diferenciada dos profissionais da Educação do Estado. Anizio Melo, presidente do Sindicato APEOC; Helano Maia, secretário geral; e o diretor de Assuntos Intersindicais, Fábio Lopes, foram recebidos pelo chefe da Casa Civil, Nelson Martins.
Após meses de negociação com a Secretaria da Educação do Estado, o Sindicato APEOC conseguiu um aumento de 7% na Regência, sendo 3,5% em julho e 3,5% em novembro. Com esse reajuste e a revisão geral de 2%, os profissionais da Educação do Ceará garantiram uma recomposição diferenciada que valoriza a Nova Carreira e também contempla os aposentados.
Apesar da promessa, a recomposição só terá validade se for aprovada pela Assembleia Legislativa e, depois, publicada em Diário Oficial. Diante da espera por essas novas etapas, o Sindicato APEOC reivindica mais agilidade do Governo do Estado. “Nossa cobrança será permanente e intensa. Já negociamos todos os termos da recomposição diferenciada. Agora é a vez do Governo cumprir a sua parte no acordo e garantir, em lei, o reajuste”, enfatizou Anizio.
Fonte: APEOC

IFCE DISPONIBILIZA 2.340 VAGAS NO SISU 2017.2

Distribuídas em 70 cursos superiores de 19 campi; inscrições começam na segunda (29)
Aos estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no ano de 2016, temos boas notícias: o Instituto Federal do Ceará (IFCE) disponibilizará, na edição 2017.2 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), 2.340 vagas, em 70 cursos superiores de 19 campi da instituição. Do total de vagas, 1.154 são destinadas a ampla concorrência e 1.186 para o sistema de reserva de vagas (cotas).
As inscrições para participação no Sisu serão efetuadas exclusivamente pela internet por meio do site http://sisu.mec.gov.br. O sistema ficará disponível no período de 29 de maio de 2017 até as 23 horas e 59 minutos do dia 1º de junho de 2017, observado o horário oficial de Brasília (DF). O candidato poderá se inscrever em até 02 opções de vaga.
Para se inscrever, o candidato precisará apenas de seu número de inscrição no Enem requerido para a edição e da senha cadastrada no exame. O processo seletivo do Sisu referente à segunda edição de 2017 será constituído de uma (01) única chamada. O estudante deverá realizar sua matrícula ou seu registro acadêmico nos dias 9, 12 e 13 de junho de 2017.
O Sisu é gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), nele instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). O processo seletivo é realizado duas vezes ao ano, sempre no início do semestre letivo. A inscrição é gratuita, em uma única etapa e é feita pela internet.
A cada edição, as instituições públicas de ensino superior que optam por participar do Sisu ofertam vagas em seus cursos. Ao final do período de inscrições, são selecionados os candidatos mais bem classificados dentro do número de vagas ofertadas. O resultado da chamada regular será divulgado no dia 5 de junho de 2017.
Fonte: IFCE

quarta-feira, 24 de maio de 2017

EDUCAÇÃO SUPERIOR - INSCRIÇÕES PARA O SISU PODEM SER FEITAS DO DIA 29, SEGUNDA-FEIRA, ATÉ 1º DE JUNHO, QUINTA

As inscrições para a segunda edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2017 começam na próxima segunda-feira, 29, e devem ser feitas exclusivamente pela internet. Podem se inscrever os candidatos que tenham participado da edição 2016 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que não tenham zerado na prova de redação. É possível concorrer em até duas opções de cursos, que devem ser escolhidos no ato da inscrição. Ao candidato será dado o direito de alterá-las até o encerramento das inscrições, que será em 1º de junho. 
Esta segunda edição do Sisu vai ser realizada em uma única chamada e o resultado está previsto para ser divulgado em 5 de junho. Também nesta data será aberta, aos interessados, a lista de espera que segue disponível até 19 de junho. A edição anterior do Sisu foi realizada em janeiro de 2017, quando o Ministério da Educação distribuiu pelo sistema 238.397 vagas em 131 instituições, entre universidades federais, institutos federais e instituições estaduais.
O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação, por meio do qual instituições públicas de educação superior oferecem vagas a estudantes com base nas notas obtidas no Enem. O processo ocorre duas vezes por ano.
Acesse a página do Sisu na internet.
Fonte: MEC

terça-feira, 23 de maio de 2017

ENSINO MÉDIO - TAXA DE INSCRIÇÃO DO ENEM DEVE SER PAGA ATÉ QUARTA-FEIRA, 24

O período de inscrições da edição 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terminou na última sexta-feira, 19, mas os participantes que não se enquadravam nos critérios para direito à isenção da taxa de inscrição têm até esta quarta-feira, 24, para pagar a Guia de Recolhimento da União (GRU) gerada no ato da inscrição. O pagamento pode ser feito em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios, obedecendo aos critérios e os horários de compensação estabelecidos por essas instituições. O valor da taxa de inscrição é de R$ 82.
A GRU pode ser reimpressa na Página do Participante até dia 24, a partir de informação do login e senha cadastrados no ato da inscrição. O pagamento somente é considerado válido se for realizado no valor exato, de R$ 82; no prazo estabelecido, até 24 de maio; e a partir de GRU gerada no Sistema de Inscrição ou na Página do Participante. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) não confirmará inscrições cujo pagamento tenha sido efetuado por meio de GRU gerada fora do Sistema de Inscrição, assim como não aceitará inscrições em valores diferentes de R$ 82.
Confirmação – A inscrição no Enem 2017 será confirmada após o processamento do pagamento da taxa de inscrição pelo Banco do Brasil, emissor da GRU. As instituições bancárias pedem um prazo de até três dias úteis para confirmação das inscrições. O Inep recomenda que todos os candidatos confirmem a situação de suas inscrições na Página do Participante. Dúvidas podem ser selecionadas pelo telefone 0800 616161 ou pelas redes sociais do Inep.
Os dados consolidados de inscrições no Enem 2017 serão divulgados em 30 de maio, durante coletiva de imprensa, após verificação e validação de todas as consistências necessárias. Na coletiva, o Inep vai apresentar, além do número de inscrições feitas pelo sistema e do total de inscrições confirmadas, o montante de inscritos por unidade federativa e até por município de realização de prova.
Mais informações aos candidatos podem ser acessadas diretamente na Página do Participante.
Fonte: MEC

IFCE SOBRAL - PUBLICADO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2017.2

Inscrições podem ser feitas entre os dias 25 de maio e 09 de junho. São 245 vagas
O campus de Sobral do Instituto Federal do Ceará (IFCE) abrirá inscrições para sete cursos técnicos. O processo seletivo é para o semestre 2017.2. Ao todo, são ofertadas 245 vagas. As inscrições podem ser feitas entre os dias 25 de maio e 09 de junho, exclusivamente pela internet.
As vagas são para sete cursos técnicos gratuitos: Agroindústria, Eletrotécnica, Fruticultura, Mecânica, Meio Ambiente, Panificação e Segurança do Trabalho. Para participar do processo seletivo, o candidato precisa ter concluído o Ensino Médio. As aulas são no turno da noite, com exceção do curso de Segurança do Trabalho, que é ofertado à tarde. Cada curso conta com 35 vagas.
Para a inscrição, é cobrado o valor de R$ 40, mas o candidato pode solicitar a isenção da taxa até o dia 30 de maio, desde que atenda a um dos seguintes requisitos: ter cursado integralmente o Ensino Médio em escolas da rede pública ou como bolsista integral da rede privada e ter renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio; ser inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal; ou ser declarado baixa renda. O pedido de isenção deve ser feito no próprio campus, de 8h às 12 horas e de 13h às 17 horas.
A data de realização das provas - Redação e Conhecimentos Gerais - será 9 de julho. Para se inscrever, o candidato deve acessar o endereço eletrônico do IFCE (http://qselecao.ifce.edu.br), onde poderá também consultar o edital para obtenção de mais informações.

Serviço:
Inscrições no processo seletivo 2017.2
Quando: de 25 de maio a 9 de junho
Período para pedido de isenção: até 30 de maio
Cursos ofertados: Agroindústria, Eletrotécnica, Fruticultura, Mecânica, Meio Ambiente, Panificação e Segurança do Trabalho
Fonte: IFCE

segunda-feira, 22 de maio de 2017

EM PARCERIA COM A UFC, SEDUC LANÇA MAIS UMA TURMA DE MESTRADO EXCLUSIVA PARA PROFESSORES DA REDE ESTADUAL

Com o objetivo de estimular a qualificação profissional dos educadores e incentivar o aperfeiçoamento da Educação, o Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), em parceria com a Universidade Federal do Ceará, lançou, na manhã desta segunda-feira (22/05), o edital para uma turma exclusiva no curso de Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática. O lançamento ocorreu na Reitoria da UFC com a presença do secretário da Educação, Idilvan Alencar; da secretária adjunta, Márcia Campos; do reitor da UFC, Henry Campos; pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Antônio Gomes Souza Filho; da coordenadora do Mestrado Profissional do Ensino de Ciências e Matemática; Maria Gorete da Silva; do vice-coordenador do curso, Carlos Alberto de Almeida; além de coordenadores e técnicos da Seduc.
O processo de seleção ofertará 30 vagas destinadas aos professores efetivos e detentores de função da rede pública estadual de ensino da capital e do interior, que terão a pós-graduação financiada nos termos da Lei n° 16.157 de 26 de dezembro de 2016. As inscrições seguem até o dia 17 de junho de 2017.
O processo seletivo é composto de três etapas de caráter eliminatório e classificatório, contendo prova escrita de avaliação do conhecimento, pré-projeto e análise do Curriculum Lattes. Poderão inscrever-se os portadores de diploma de Bacharelado ou Licenciatura em Matemática, Física, Química e Biologia. O candidato deverá preencher o formulário eletrônico disponível no caminho: http://www.si3.ufc.br/sigaa/public (aba processos seletivos stricto sensu) e imprimir o comprovante de inscrição gerado pelo sistema. O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 29 de julho de 2017.
O Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática tem duração de dois anos. As aulas acontecerão, semanalmente, às sextas-feiras (no horário de 18h às 22h) e aos sábados (de 8h às 17h), no Campus do Pici – UFC, Centro de Ciências. O início do período letivo será em 16 de agosto de 2017.
Esta é a terceira pós-graduação ofertada para os professores da rede estadual. Em dezembro, foi lançado um edital com 30 vagas para o Mestrado Profissional em Planejamento e Políticas Públicas (Específica para Tecnologia Social – Seduc) da Universidade Estadual do Ceará (Uece). No início de maio, foi aberta seleção para oferta de 35 vagas para os docentes no Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFF).
O secretário da Educação destaca o simbolismo da parceria do Governo do Ceará com a UFC para promover um mestrado na área de ciências voltado aos professores da rede estadual. “Esta é uma iniciativa pioneira e de extrema relevância do Governo do Ceará. É uma promessa que o governador Camilo Santana fez aos professores e que está se concretizando agora com o objetivo de promover a valorização profissional e a qualificação dos professores, buscando com isso melhorar o nível de educação da rede pública do Ceará. Essa formação vai garantir que isso possa repercutir em ações de qualidade na sala de aula”, destacou o secretário da Educação, Idilvan Alencar.
O reitor Henry Campos também ressaltou a importância do mestrado para a formação dos professores da rede estadual. “Esta parceria tem um simbolismo muito grande porque a UFC sempre teve esse compromisso forte com essa questão da formação dos professores e, agora, com o Mestrado Profissional, a gente ganha mais uma modalidade de articulação e de formação. Isso é muito bom porque esses mestrandos vão certamente exercer um papel de influência e qualificação na rede. Sempre trabalhamos em articulação e, agora, a gente chegou no primeiro mestrado. Certamente, virão outros e espero que, em breve, a gente possa ofertar o doutorado profissional”, declarou Henry.
Confira aqui o edital e o aditivo.
Fonte: SEDUC CE

ATENÇÃO PROFESSORES DE BIOLOGIA: PROFBIO ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS


sexta-feira, 19 de maio de 2017

CED SELECIONA 350 PROFESSORES PARA REALIZAREM O CURSO DE FORMAÇÃO EM ELABORAÇÃO DE ITENS

O Centro de Educação a Distância do Estado do Ceará (CED), em Sobral, órgão vinculado à Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), torna público a seleção de docentes para realização do curso de Formação em Elaboração de Itens. As inscrições podem ser realizadas no período de 11 a 21 de maio de 2017.
Serão ofertadas 350 (trezentos e cinquenta) vagas para professores da Rede Pública Estadual de Ensino, vinculados à Secretaria da Educação do Ceará, efetivos, em estágio probatório ou contratado por tempo determinado.
O resultado será divulgado no dia 26 de maio de 2017. A formação tem a carga horária de 120 horas/aula, que acontecerá por meio da modalidade Educação a Distância.
O curso tem o objetivo oferecer capacitação para os professores da Rede Pública Estadual de Ensino, vinculados à Seduc, visando prepará-los para que, de forma prática, conheçam e desenvolvam a habilidade de elaborar itens, no seu cotidiano pedagógico, a partir das temáticas trabalhadas em sala de aula, bem como desenvolva a habilidade de inserção e busca de itens no Banco Estadual de Itens e Questões (Beiq).


É importante ler o edital e seguir os passos abaixo:
- Clicar em Cadastrar-se;
- Preencher seus dados pessoais e confirmar;
- Clicar em Realizar Nova inscrição;
- Escolher o Curso e solicitar inscrição;
- Visualizar o comprovante de inscrição.

--------------------------------
Outras informações: (88) 3695-1950
--------------------------------
Fonte: CED

ENEM 2017 - PRAZO PARA CORREÇÃO DE DADOS TERMINA NESTA SEXTA-FEIRA, 19

O estudante que se inscreveu no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017 e errou o preenchimento de alguma informação tem até as 23h59 desta sexta-feira, 19, para fazer a correção. O sistema do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) permite que os candidatos corrijam os dados até o encerramento do prazo de inscrição.
Podem ser alteradas informações pessoais como RG, cor ou raça, nacionalidade e local de nascimento. Também podem ser modificados os atendimentos especializados e específicos, o município da prova, a opção de língua estrangeira, o contato e a senha.
Não podem ser alterados dados como o nome da mãe e a data de nascimento, a escolaridade, o questionário socioeconômico e a opção de isenção da taxa.
O valor da taxa de inscrição do Enem 2017 é de R$ 82. O pagamento pode ser efetuado até o dia 24 de maio, respeitando o horário de compensação bancária. Até as 15 horas desta quinta-feira, 18, o Inep registrava 5.396.879 inscrições finalizadas.
Mais informações podem ser consultadas no portal do Inep.
Fonte: MEC

quinta-feira, 11 de maio de 2017

PUBLICADA NOVA PORTARIA DE AFASTAMENTO PARA ESTUDO. CONFIRA!

Após intensa pressão do Sindicato APEOC, a Secretaria de Educação publicou no Diário Oficial do Estado, na tarde desta quinta-feira (11), a nova portaria de afastamento para estudos para os profissionais da Educação do Ceará.
Veja a portaria AQUI.
O novo documento sepultou de vez o anterior e ainda vigente (Nº 440), que impõe à categoria uma série de restrições de acesso a um curso de pós-graduação com afastamento. Entre as conquistas da nova portaria, possibilita o afastamento parcial para mestrado profissional e não impõe áreas específicas para o mesmo; acaba com a restrição de afastamento somente para cursos com nota no CAPES igual ou superior a 3; retorno para a escola de origem após a conclusão do curso; a possibilidade de aceitação de cursos de mestrado profissional nas áreas de gestão, ensino e avaliação. A nova portaria é resultado de muita luta e negociação do Sindicato APEOC, junto com a categoria.
A reivindicação do Sindicato APEOC surtiu efeito ainda no ano passado com a revogação dos artigos referentes ao limite de vagas e ao estabelecimento de prazo para um novo afastamento. Essas regras foram derrubadas após negociação do Sindicato com a Seduc.
Fonte: APEOC

segunda-feira, 8 de maio de 2017

ESCOLA MARIETA CALS PROMOVE CERIMÔNIAS DE PREMIAÇÃO DO TORNEIO DE FUTSAL

A Escola Marieta Cals promoveu, nos turnos manhã e tarde, cerimônias de premiação dos atletas participantes do Torneio de Futsal 2017.
Estudantes do turno manhã prestigiando a premiação
Estudantes do turno tarde prestigiando a premiação
O evento, que foi prestigiado por todos os estudantes nos seus respectivos turnos, contou com a participação do Secretário da Cultura, Esporte e Juventude, Marcelo Alves, bem como dos técnicos da citada secretaria, Felipe Freire e Agenor Oliveira. Foi um momento de reconhecer o talento dos atletas que abrilhantaram o torneio, bem como de difundir o esporte na escola, esporte que é responsável não só por proporcionar entretenimento, mas também por ajudar a manter a boa forma e a saúde corporal.
Medalhas e troféus do torneio

Fala do secretário da cultura, esporte e juventude, Marcelo Alves
Pela manhã foram premiadas com troféus e medalhas a equipe do 3º ano A (que ficara em 3º lugar) e a equipe dos Professores (vice-campeã).
Equipe do 3º ano A recebendo a premiação de 3º lugar

Equipe dos professores recebendo a premiação de vice-campeã
À tarde, houve uma singela homenagem aos árbitros Allankleber Ximenes, Carlos André, Felipe Freire e Cícero Leandro, bem como ao mesário Victor Parker. A escola é imensamente grata a estas personalidades, que foram peças fundamentais para que o torneio pudesse ocorrer.
Árbitro Cícero Leandro
Árbitro Allankleber Ximenes

Mesário Victor Parker
Árbitro Carlos André
Árbitro Felipe Freire
Fechando o evento, a EJA (equipe campeã) também foi premiada com troféu e medalhas.
Equipe da EJA recebendo a premiação de campeã.
A escola agradece a todos os que contribuíram para que o torneio fosse o sucesso que foi e tivesse a repercussão positiva que teve. Em especial, agradece a frutífera parceria da Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude, que sempre tem estado disposta a contribuir com os eventos da escola.
E que venha o torneio de futsal do segundo semestre! 

SISTEMA DE INSCRIÇÃO DO ENEM 2017 FICARÁ ABERTO DE 8 A 19 DE MAIO COM NOVIDADES

As inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 começam às 10h desta segunda-feira, 8, e ficam abertas até 23h59 de 19 de maio. O Sistema de Inscrição pode ser acessado pelo endereço enem.inep.gov.br/participante. O prazo para o pagamento da taxa de inscrição vai até 24 de maio, respeitando os horários de compensação bancária. As provas do Enem 2017 serão realizadas em dois domingos consecutivos: 5 e 12 de novembro.
O valor da taxa de inscrição é de R$ 82,00. Três grupos terão direito à isenção do pagamento. Para os concluintes do Ensino Médio no ano letivo de 2017 matriculados na rede pública de ensino a isenção é automática. Os membros de família de baixa renda que declarem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica (Decreto 6.135/2007) e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) têm direito à isenção. O outro grupo beneficiado é o de membros de família com renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio e que cursaram todo o Ensino Médio na rede pública de ensino ou como bolsista integral em escola da rede privada (Lei 12.799/2013).
A isenção deve ser solicitada no Sistema de Inscrição por meio de Declaração de Carência Socioeconômica. Se a solicitação não for aceita o sistema vai gerar, automaticamente, a Guia de Recolhimento da União (GRU). Participantes que tentarem burlar a política de isenção do Enem 2017 poderão, conforme o edital, ser eliminados do Enem a qualquer momento.
Até 2016, o benefício era concedido por meio de autodeclaração. Não havia a verificação da conformidade da informação, permitindo que pessoas que não se enquadravam no perfil conseguissem a isenção. Um estudo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) revelou que, nas últimas edições do Enem, uma média de 50% dos participantes que solicitaram a isenção não compareceu à prova. Em 2016, por exemplo, o percentual de abstenções de participantes que solicitaram a isenção foi de 42,1% e dos que obtiveram a isenção automática (concluintes do Ensino Médio) foi de 23,8%.
As mudanças nas regras de gratuidade, e de justificativa de ausência, visam garantir que o benefício seja concedido às pessoas que de fato necessitam e evitar prejuízos com o acentuado volume de abstenções. O prejuízo aos cofres públicos com essas abstenções foi de R$ 226.173.488,36, em 2016.
SISTEMA DE INSCRIÇÃO – As novidades do Enem 2017 impactaram diretamente no Sistema de Inscrição que tem algumas mudanças este ano. As novas regras para isenção exigiram mecanismos para inclusão do Número de Identificação Social (NIS). O participante que solicitar atendimento específico e/ou especializado também deverá anexar um laudo médico no momento da inscrição. A solicitação de tempo adicional, de 60 minutos, benefício exclusivo do atendimento especializado, também passa a ser feita no ato da inscrição. Outra novidade é a necessidade de inclusão de uma autorização do hospital para participantes que precisarem realizar as provas em classe hospitalar.
Dados Pessoais – A inscrição se inicia com o fornecimento do CPF e da data de nascimento. O Inep cruzará as informações com o banco de dados da Receita Federal (a versão é a do Imposto de Renda de 2016). O nome do participante, o nome da mãe e a data de nascimento serão preenchidos automaticamente e não podem ser alterados. Caso as informações estejam incorretas no processo de inscrição, embora corretas na base da Receita Federal, o participante deve sinalizar o fato em um campo próprio e prosseguir com a inscrição. Se o participante souber que seus dados estão errados inclusive na Receita Federal, deve procurar a Receita, solicitar a correção e também sinalizar o fato no campo próprio. Ainda na seção de Dados Pessoais é preciso fornecer o endereço para contato.
Recursos – Nesta seção o participante informa se necessita de atendimento especializado ou específico para realizar a prova. O atendimento especializado é concedido àqueles participantes que comprovarem, por informação do código de Classificação Internacional de Doenças (CID) e inserção de laudo médico, condições de autismo, baixa visão, cegueira, deficiência física, deficiência intelectual/mental, déficit de atenção, discalculia, dislexia, surdez, deficiência auditiva, surdocegueira e visão monocular.
Já o Atendimento Específico é garantido a gestantes, lactantes, idosos, estudantes em classe hospitalar e, a partir de 2017, para outras condições específicas, para a qual deverá ser informado o CID. Entram nessa nova categoria algumas doenças que demandam algum tipo de atendimento específico. Um exemplo são os participantes diabéticos que usem bomba de insulina.
Para se beneficiar das opções de classe hospitalar o participante deve anexar uma autorização do hospital para aplicação da prova em suas dependências. Aqueles que solicitarem atendimento por outra situação específica deverão informar o CID. Os laudos devem estar em formato .pdf, .png e .jpg.
Aos participantes que podem solicitar atendimento especializado ou específico serão oferecidos recursos de acordo com sua condição. Atualmente, o Inep disponibiliza guia-intérprete, tradutor-intérprete de Libras, leitura labial, prova ampliada, prova em braile, prova super ampliada, auxílio para leitura, auxílio para transcrição, dentre vários outros mecanismos para promover a acessibilidade. Nesta edição, um novo recurso vai auxiliar participantes com surdez e deficiência auditiva: a prova em Vídeo Libras, ofertada em caráter experimental. Participantes com surdez e deficiência auditiva poderão selecionar apenas um tipo de recurso.
Há, ainda, a opção de tratamento pelo Nome Social para transexuais e travestis. Esses participantes devem fazer a inscrição com o nome civil. Só depois, entre 29 de maio e 4 de junho, poderão solicitar, pela Página do Participante, o tratamento e ensalamento por Nome Social.
Prova – O participante deve escolher a opção de Língua Estrangeira entre Inglês e Espanhol. Nesse momento da inscrição ele também deve indicar a cidade onde quer realizar o Exame, o que pode ser diferente do endereço de contato indicado anteriormente nos Dados Pessoais. Até o término das inscrições, em 19 de maio, é possível atualizar dados de contato, mudar o município escolhido para realização das provas e a opção de língua estrangeira, além de solicitar atendimento especializado e/ou específico. Terminado o prazo de inscrição não é possível fazer qualquer alteração.
Ensino Médio – Nesta seção o participante deve informar sua situação em relação à conclusão do Ensino Médio. Aqueles que ainda estiverem estudando deve informar o tipo de escola (se pública, privada ou do exterior), a modalidade de ensino e a série. Participantes com menos de 18 anos que ainda estão cursando o Ensino Médio e não concluirão essa etapa no ano letivo de 2017 (comumente chamados de “treineiros”) serão informados da impossibilidade de uso dos resultados do Enem para acesso ao Ensino Superior. Sua participação é permitida apenas para autoavaliação dos conhecimentos e seu resultado é liberado é divulgado 60 dias após o resultado dos demais participantes.
Escola – Concluintes do Ensino Médio em 2017 devem indicar a escola em que está matriculado por meio de informação da UF, município e nome (ou parte do nome) ou informar o código da escola.
Questionário – O Questionário Socioeconômico (QSE) passa a ter 27 questões, e não mais 50, como antes. A redução do número de perguntas é consequência das novas regras de isenção, que tiram do QSE a responsabilidade pela identificação do perfil econômico, e também pelo encerramento da certificação do Ensino Médio por meio do Enem. Não há respostas certas ou erradas para o questionário. Os dados gerados servirão, exclusivamente, para a manutenção de uma série histórica de estudos realizados pelo Inep.
Dados de Acesso – A inscrição também solicita telefones fixo ou celular, além de e-mails, para que o Inep possa entrar em contato com o participante, se necessário.
Taxa de Inscrição – Concluintes do Ensino Médio no ano letivo de 2017 matriculados na rede pública de ensino e, portanto, com isenção automática da taxa de inscrição, terminam o processo após o preenchimento do questionário. Os demais passarão ainda pela seção de Taxa de Inscrição. O participante deve gerar a GRU ou solicitar isenção da taxa, identificando o motivo pelo qual solicita a benefício: por ser membro de família de baixa renda que declarem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica (Decreto 6.135/2007) e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou por ser membro de família com renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio e que cursaram todo o Ensino Médio na rede pública de ensino ou como bolsista integral em escola da rede privada (Lei 12.799/2013).
O sistema de inscrição do Enem está conectado ao banco de dados do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Participante que solicitar carência pelo critério do Decreto e fornecer NIS de outro cidadão terá a isenção negada e receberá alerta de que o NIS informado é inválido. Participantes com inscrição no CadÚnico e sem número NIS terá opção de declarar que faz parte do cadastro. O Inep poderá fazer, a qualquer momento, verificações com a base de dados do CadÚnico. Todas as solicitações são passíveis de análise pelo Inep. Tentativas de fraude serão punidas com eliminação a qualquer momento, conforme edital.
O participante isento da taxa no Enem 2016 e que não compareceu à prova, só terá direito à isenção no Enem 2017 se justificar o motivo da ausência no Sistema de Inscrição.
Senha – O participante deverá cadastrar, e confirmar, uma senha de no mínimo seis e, no máximo, dez caracteres. Essa senha será usada para acompanhamento da inscrição, obtenção dos resultados e inscrição em programas como Sisu e ProUni. As senhas só poderão ser recuperadas por um procedimento que garante o máximo de segurança aos participantes. É importante que a senha seja guardada para se evitar a necessidade de alteração.
Confirmação dos dados – Quando foi finalizado o processo de preenchimento dos dados, será gerado um número de inscrição em uma página com o resumo das informações fornecidas. Nessa seção também é indicada a situação da inscrição, que deve ser conferida pelo participante. A página deve ser impressa.
HOTSITE – Com novo layout e funcionalidades, o hotsite do Enem vai acompanhar o participante em todos os momentos. Por esse motivo tem todas as informações importantes divididas em três etapas: “Antes da Prova”, “No Dia da Prova” e “Depois da Prova”. O hotsite, que pode ser acessado pelo endereço enem.inep.gov.br e apresenta ainda uma completa seção de “Perguntas Frequentes”.
Em “Antes da Prova” o participante encontra informações gerais sobre o Enem (objetivos, formato das provas e novidades de 2017), o edital (em formato PDF, texto e em Libras), cronograma, opções de atendimento, orientações para a inscrição (prazos, valores e condições para a isenção), cartão de confirmação (previsto para outubro), além de dicas sobre o acompanhamento das inscrições e aplicativos. Ao longo do processo serão postados vídeos com orientações.
Na seção “No Dia da Prova” há dicas para uma realização do Exame sem transtornos. O participante poderá conferir os documentos permitidos, a lista do que levar e do que não levar, alerta sobre os horários e dicas para antes de começar e enquanto estiver fazendo a prova. Nessa área constam os motivos para zerar a redação e ações que podem levar à eliminação no dia da prova.
Em “Depois da Prova” serão divulgados – em data oportuna – o gabarito, as questões que tiverem composto as provas, os resultados individuais, os resultados dos treineiros e os espelhos da redação. Nessa seção há links para os principais programas do Ministério da Educação de acesso ao Ensino Superior e financiamento.
O “Perguntas Frequentes” está dividido em temas. O participante pode tirar dúvidas, ou se informar melhor, sobre o Exame, as inscrições, os atendimentos, senhas, aplicação da prova, documentos aceitos, objetos não permitidos, correção da prova, divulgação e utilização dos resultados.
APLICATIVO – Disponibilizado pela primeira vez na edição do ano passado, o aplicativo Enem tem novidades em 2017, como uma seção de notícias e acesso liberado ao público geral. Isso permitirá que pais, professores e jornalistas acompanhem as áreas que não exigem login do participante. Outra novidade é a liberação dos espelhos de redação no app.
O aplicativo, além de ser mais uma forma de contato entre o Inep e o participante, auxilia na organização e cumprimento de prazos relacionados ao Enem. Antes do Exame, tem dados da situação da inscrição, cronograma, locais de provas e o Cartão de Confirmação. Após o Exame, fornece o gabarito, o resultado individual e o espelho da redação.
A função Alerta permite ao usuário selecionar sobre quais informações quer ser notificado quando ocorrerem atualizações no cronograma. Também é possível fazer um checklist das ações concluídas durante as etapas do Exame, facilitando o acompanhamento de pendências. No Mural de Avisos, o participante pode acessar comunicados oficiais do Inep. E em casos de dúvidas, a seção “Perguntas Frequentes” estará sempre disponível.
Após a instalação, é necessário que o participante insira o CPF e a senha cadastrada no Sistema de Inscrição do Enem. O aplicativo é gratuito e tem como objetivo ajudar os participantes nas diversas fases do Enem. A ferramenta pode ser acessada de celulares e tabletes, e está disponível nas plataformas Android e iOS.
Para garantir a segurança na utilização da ferramenta, a recomendação é baixar o app direto da loja de aplicativos do seu celular - Google Play e App Store – e confirmar se o nome do desenvolvedor é o Inep. No ano passado, o aplicativo Enem teve quase três milhões de downloads, tornando-se o número um na categoria Educação.
Clique aqui para acessar o Hotsite.
Clique aqui para acessar o Sistema de Inscrição.
Fonte: INEP

PRORROGADAS AS INSCRIÇÕES DOS JOGOS ESCOLARES DO CEARÁ 2017

As escolas interessadas devem se inscrever até 22 de maio
Em virtude da grande procura das instituições de ensino, as inscrições para os Jogos Escolares do Ceará 2017 foram prorrogadas até o dia 22 de maio. O evento é organizado pela Secretaria do Esporte do Estado do Ceará (Sesporte) em parceria com a Secretaria de Educação (Seduc).
As escolas interessadas deverão se inscrever, gratuitamente, pela internet através do site da Sesporte.
Os jogos terão disputas em 15 modalidades: Atletismo, Badminton, Basquete 3x3, Basquetebol, Ciclismo, Futsal, Ginástica Rítmica, Handebol, Judô, Luta Olímpica, Natação, Tênis de Mesa, Voleibol, Vôlei de Praia e Xadrez.
As instituições de Fortaleza poderão fazer seu cadastro para as seguintes modalidades: Badminton, Ciclismo, Ginástica Rítmica, Luta Olímpica, Tênis de Mesa, Xadrez e Basquete 3x3.
Os Jogos Escolares do Ceará têm como propósito estimular e valorizar a importância das competições estudantis, promovendo, sobretudo, a inclusão social, a cidadania e socialização de alunos de escolas públicas e privadas, oferecendo oportunidades para a descoberta de novos talentos esportivos.
Maiores informações:
(85) 3101.4388 / 9 8956.1473

sexta-feira, 5 de maio de 2017

ESTUDANTES DA ESCOLA MARIETA CALS DÃO SHOW DE TALENTO NO "FESTIVAL ALUNOS QUE INSPIRAM"

Uma onda de manifestações artísticas as mais variadas tomou conta da Escola Marieta Cals durante a etapa escolar do Festival Alunos que Inspiram.
Realizado por meio de iniciativa da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), tal festival visa identificar, valorizar e dar visibilidade à produção artística e cultural dos alunos matriculados na rede pública estadual de ensino.
Seus principais objetivos são promover a interação dos estudantes através da cultura, pela participação em expressões artísticas pertencente às manifestações culturais da coletividade, que estejam presentes no cotidiano; oportunizar momentos para divulgar os talentos artísticos dos estudantes matriculados na rede estadual de ensino; estimular a participação em atividades que contribuam para a formação global, sem discriminar por características pessoais, físicas, sexuais ou sociais.
Na Escola Marieta Cals, diversos foram os artistas que mostraram o seu talento nas modalidades de dança, pintura, desenho, grupo musical, poema e curta-metragem (documentário).
Na categoria pintura, a beleza das obras encantou os artistas profissionais que foram chamados para julgá-las. No entanto, por uma diferença mínima de pontos, saiu vitoriosa a pintura Coração não é tão simples quanto pensam, da estudante Amanda Rodrigues do Nascimento, do 3º ano A.

Coração não é tão simples quanto pensam, Amanda Rodrigues do Nascimento

O reflexo da sociedade, Brendan Júlio Freire Pinto

Árvore da vida, Germano Furtado Bezerra

Inspirada pela arte, Maria Rosineide Lopes de Sousa
Na categoria desenho, outras verdadeiras obras de arte foram expostas aos nossos alunos. De todas as que foram produzidas, o júri escolheu o desenho Correntes das decisões, de Brendan Júlio Freire Pinto, do 2º ano E, como o representante da Escola Marieta Cals na etapa regional.

Correntes das decisões, Brendan Júlio Freire Pinto
TV Tokyo, Daniel Fernandes Farias

Noites de Romance, Ângela Maria Pinto da Silva
A anja, Maria Rosinete Rodrigues da Silva
Liberdade, Levi José Queiroz de Oliveira
Na categoria dança, o grupo de dança da escola deu um show e foi classificado para representar essa instituição na etapa regional.

Dança

Já na categoria grupo musical, o grupo Marieta Band, após uma belíssima interpretação da música "Closer", de The Chainsmokers/Halsey, foi classificado para a fase seguinte.

Grupo musical: Marieta Band

Na categoria curta-metragem, o documentário "O rio que pulsa em nós" foi o vencedor e avança para a fase seguinte. Produzido pelas estudantes Luana Mesquita Mendes e Maria Assucena Mesquita Ximenes, este documentário aborda a importância do rio Acaraú para a comunidade ribeirinha, ao mesmo tempo em que chama a atenção da sociedade para a importância de sua preservação.

Documentário: O rio que pulsa em nós; Autoras: Luana Mendes e Assucena Ximenes

Fechando o rol de produções artísticas, nossos alunos também produziram e recitaram diversos poemas. Após criteriosa análise do grupo de professores de língua portuguesa da Escola Marieta Cals, o poema Minha infância, da aluna Yvna Aguiar Freire, do 3º ano B, foi a poesia escolhida e, agora, segue para a etapa regional.

Poema: Minha infância; Autora: Yvna Aguiar Freire

Poema: O poder da música; Autor: Antonio Lucas Evangelista de Moraes Silva

Poema: Ser grato; Autora: Iandra Karla da Silva Cavalcante

Poema: Amizade; Autora: Maria Clara Basílio da Silva

Poema: O desafio de viver; Autora: Laíssa Rodrigues Carvalho

E, desta forma, a etapa escolar do Festival Alunos que Inspiram foi de um sucesso total na Escola Marieta Cals. Um evento que, além de divulgar e reconhecer o talento de nossos artistas, serviu para estimular outros alunos a, também, manifestar o lado artístico que também possuem.

quinta-feira, 4 de maio de 2017

GOVERNO DO CEARÁ LANÇA PROGRAMA DE BOLSA UNIVERSITÁRIA PARA ALUNOS DA REDE ESTADUAL

Camilo Santana ressaltou que esta é mais uma etapa que se cumpre dentro das diversas ações do governo para estimular e preparar melhor os alunos da rede estadual rumo ao Ensino Superior
O governador Camilo Santana assinou nesta quinta-feira (4), em cerimônia realizada no Centro de Eventos do Ceará, a lei que cria o "Avance - Programa Bolsa Universitário". A ação tem o objetivo de melhorar, por meio de auxílio financeiro, as condições de acesso à universidade para alunos de baixa renda da rede pública estadual. A solenidade contou com a presença de 1.000 estudantes do Ensino Médio de escolas do Estado, além do secretário da Educação, Idilvan Alencar, e da vice-governadora, Izolda Cela.
Através do novo programa, o Governo do Ceará irá ofertar bolsa de R$ 937,00, durante o período de seis meses no primeiro ano do Ensino Superior, a alunos que concluíram o Ensino Médio na rede pública e estão matriculados em curso de graduação de instituições credenciadas pelo Ministério da Educação. Em 2017, 1.000 estudantes serão contemplados com o benefício.
Camilo Santana ressaltou que esta é mais uma etapa que se cumpre dentro das diversas ações do governo para estimular e preparar melhor os alunos da rede estadual rumo ao Ensino Superior. O chefe do Executivo lembrou de resultados expressivos da Educação no Ceará nos últimos anos, graças ao desenvolvimento de políticas públicas por meio do Programa de Alfabetização na Idade Certa, oferta de cursos profissionalizantes, além de reformas estruturais na Educação do Estado. Agora, segundo ele, é hora de continuar ajudando os alunos que são frutos desta melhora do ensino nas escolas.
"Estamos tendo um avanço muito grande no Ceará de alunos oriundos de escola pública que ingressam nas universidades. E muitas vezes o aluno do Interior que passa em universidade de Fortaleza, de Sobral, ou de Juazeiro do Norte tem dificuldade de se manter na cidade por falta de condições financeiras. A ideia é que a gente possa, com o programa, apoiar e acolher esses estudantes de baixa renda para que eles possam ter auxílio e conseguirem se estabilizar no lugar onde forem estudar", explicou o governador.
As inscrições para o Avance ocorrerão por meio de edital a ser divulgado pela Secretaria da Educação (Seduc). Para se candidatar à bolsa, o estudante deve ser membro de família beneficiária do Programa Bolsa Família do Governo Federal e ter obtido média igual ou superior a 560 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Para o titular da Seduc, Idilvan Alencar, o programa reforça que a escola pública tem valor. E também que é relevante para o Estado ter alunos da rede estadual alcançando sucesso no Ensino Superior, cursando a universidade do início ao fim. A preocupação com esta ação é, diz o secretário, não ver aluno desistir por motivos exteriores ao estudo. "Isso é uma política para motivar todos os alunos da rede estadual. Essa bolsa dá uma certa estabilidade para que, em seis meses, ele consiga um emprego e adquirir uma condição financeira".

Representatividade
Estudar para alcançar um futuro melhor, sim. Mas a luta de estudantes de escola pública vai além disso. É a de mostrar que é possível conquistar voos altos no Ensino Superior, disputar vagas com alunos de instituições particulares e garantir espaço. Estudante do 3º ano, Vitória da Silva, 17, traz consigo esse pensamento e militância. "Todo o apoio ao aluno de escola pública é importante e válido. É difícil para nós ingressarmos em universidades, mas a gente está conseguindo. E a universidade pública é feita para o aluno que mais necessita. Quanto mais estudantes de escola pública estiverem ingressando em universidades pública, mais igualitária nossa sociedade vai ser. Por isso, essa bolsa vai ser uma ajuda muito grande para que todos os estudantes sigam motivados e sem que a falta de condições atrapalhe seus cursos", afirmou a jovem, que pretende estudar Engenharia Civil.
Willian Ribeiro, 16, compartilha do mesmo pensamento. Aluno do último ano do Ensino Médio, ele já projeta a vida profissional como engenheiro mecânico. Mas, para isso, garante que ter uma estrutura pública como suporte é essencial para o sucesso. "A maioria dos estudantes de escola pública têm baixa renda. Então, quanto mais pessoas que ascendam socialmente, relacionado ao estudo e ao conhecimento, é melhor tanto para a família da pessoa quanto para o crescimento do país".
A vice-governadora Izolda Cela comemora a determinação adotada pelos estudantes da rede estadual nos últimos anos. Em seu discurso aos alunos, a ex-secretária da Educação garantiu que o Estado não medirá esforços para que as conquistas de cada um continuem a evoluir. "A nossa sociedade fica mais forte com essas conquistas da juventude. Cabe ao governo o compromisso de garantir que as desigualdades não pesem ainda mais sobre a história dos jovens cearenses. Nosso objetivo é que ninguém perca uma boa oportunidade por falta de condição financeira de se manter", disse.

Ingresso no Ensino Superior
Entre 2015 e 2016, o índice de aprovação dos alunos das escolas públicas estaduais no Ensino Superior cresceu 28%. Um total de 13.516 estudantes garantiu o ingresso em instituições públicas e privadas em 2016. No ano anterior, esse número chegou a 10.035.
A entrada de 5.795 estudantes em universidades públicas também demonstra crescimento no mesmo período. Em 2015, foram 4.502 alunos. A aprovação por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que usa como base as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), garantiu o ingresso de 4.004 alunos, em 2016. O resultado de 2015 mostra que 2.669 jovens obtiveram a mesma oportunidade.
Ainda sobre as universidades públicas, 1.791 estudantes entraram por meio de vestibulares realizados no ano passado.
Com relação à rede privada, 1.924 foram selecionados pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), que também usa como base as notas do Enem para conceder bolsas de estudo integrais e parciais (de 50%) em cursos de graduação em instituições privadas.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

CURSO DE ZOOTECNIA DA UVA É REPRESENTADO EM FEIRA DE PROFISSÕES PARA ESTUDANTES DO MUNICÍPIO DE CARIRÉ


O estudante Felipe Monteiro, aluno do 5º período do Curso de Zootecnia da UVA,
participou da Feira de Profissões na EEM Dona Marieta Cals, em Cariré,
em 27/04/2017, apresentando informações sobre a formação acadêmica
do profissional Zootecnista.
O Curso de Zootecnia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) participou, no dia 27 de abril de 2017, da Feira de Profissões, organizada pela Escola de Ensino Médio Dona Marieta Cals, no município de Cariré, Região Norte do Ceará. O evento teve da participação da comunidade escolar, alunos do Ensino Médio de regiões vizinhas, acadêmicos de cursos de graduação e profissionais de diversas áreas.
Os alunos puderam conhecer um pouco sobre diversas profissões e tirar as dúvidas por meio de material informativo e da experiência de acadêmicos de várias áreas. O estudante Felipe Monteiro, aluno do 5º período do Curso de Zootecnia da UVA, participou da Feira apresentando o perfil do profissional Zootecnista, seu o campo de atuação e formação acadêmica e a importância da Zootecnia para a economia brasileira. Os alunos da EEM Dona Marieta Cals também puderam saber um pouco sobre o dia a dia do estudante de graduação na UVA – primeira Instituição no Ceará a ofertar graduação em Zootecnia.
De acordo com a Coordenadora da Feira, Professora Carol Vasconcelos, “o objetivo é orientar os jovens na escolha de suas futuras profissões, com informações sobre cursos de graduação e troca de experiências com universitários e profissionais convidados”.
Fonte: UVANET

EQUIPE DE PROFESSORES DO MARIETA CALS É A CAMPEÃ DO TORNEIO DE FUTSAL ESPECIAL EM HOMENAGEM AO DIA DO TRABALHADOR


Fazendo parte da comemoração alusiva ao Dia do Trabalhador (1º de Maio), foi realizado na quadra coberta da Escola Marieta Cals, o Torneio de Futsal, com a participação de servidores lotados nas Secretarias da Cultura, Educação, Saúde, agentes de endemias e professores da Escola Marieta Cals, a anfitriã da festa.


🔺EQUIPE CAMPEÃ: PROFESSORES DA ESCOLA MARIETA CALS

🔺EQUIPE VICE-CAMPEÃ: SERVIDORES DA SECRETARIA DA SAÚDE
🔺EQUIPE TERCEIRA COLOCADA: SERVIDORES DA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO
Ao final das disputas, saiu vitoriosa (campeã) a equipe formada pelos professores da Escola Marieta Cals, cabendo o segundo lugar (vice-campeã), à equipe formada por servidores da Secretaria da Saúde, enquanto que a terceira colocação ficou com a equipe de servidores da Secretaria da Educação.

terça-feira, 2 de maio de 2017

CURSO: USO DE VÍDEOS NO ENSINO DE MATEMÁTICA

O curso é gratuito e as inscrições vão até o dia 14/05/2017, no endereço:
Para mais informações: www.facebook.com/mooc.video.ufjf ou através do e mail: mooc.video@ice.ufjf.br
Fonte: CREDE 06

SEDUC DIVULGA EDITAL DE MESTRADO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO

O Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), em parceria com a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), lança, nesta terça-feira, dia 2, o edital para uma turma exclusiva no curso de Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Educação. O processo de seleção ofertará 35 vagas para os professores efetivos e detentores de função da rede pública estadual de ensino, que terão a pós-graduação financiada nos termos da Lei n° 16.157 de 26 de dezembro de 2016. A seleção está normatizada no edital e nas normas adicionais/Seduc-Ceará divulgadas no endereço eletrônico da Instituição. Acesse Aqui.
A iniciativa tem o objetivo de estimular a qualificação profissional dos educadores e incentivar o aperfeiçoamento da Educação. O Mestrado será realizado no período de agosto de 2017 a agosto de 2019, na cidade de Fortaleza, Ceará. 
As provas objetivas e dissertativas do processo seletivo do Mestrado Profissional serão realizadas no dia 11/06/2017, na cidade de Fortaleza, em local e horário a serem divulgados ao candidato após a inscrição.
Fonte: SEDUC CE

sexta-feira, 28 de abril de 2017

ESCOLA MARIETA CALS PROMOVEU A "FEIRA DAS PROFISSÕES"

Escolher a profissão que mais se adeque às suas aptidões pessoais e aos seus anseios é, muito frequentemente, um dilema com o qual se depara o jovem, em especial os concluintes do ensino médio. Pensando nisso, a Escola Marieta Cals promoveu neste dia 27 de abril a Feira das Profissões.
Tendo à frente a professora de biologia, Carol Vasconcelos, o evento contou com a participação de atuais estudantes da escola, bem como de graduandos e de profissionais já atuantes nas mais diversas áreas.
Perguntas como "O que fazem?", "Quanto ganham?", "Em que trabalham?", "O que estudam?" e tantas outras foram detalhadamente expostas pelos palestrantes, que eram atentamente ouvidos pelos nossos visitantes e pelos alunos da escola.
O evento, de cunho cultural, foi de suma importância para orientar os estudantes acerca da carreira profissional que almejam.
A Escola Marieta Cals agradece a todos os seus visitantes, bem como a todos os que organizaram e trabalharam para que este fosse mais um evento de sucesso.









segunda-feira, 24 de abril de 2017

ENEM 2017 - CANDIDATOS SURDOS TERÃO AUXÍLIO E RECEBERÃO ORIENTAÇÃO NA PROVA

Pela primeira vez, candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) surdos ou com alguma deficiência auditiva poderão contar com vídeos e tradutores especializados na língua brasileira de sinais (libras) para orientações durante a prova. É necessário que o participante informe a necessidade de atendimento especial ainda no ato da inscrição.
De acordo com a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, a inciativa tem caráter experimental e visa atender uma demanda antiga dessa população. “É a primeira vez que o fazemos, para atender também prerrogativas legais e o anseio dessa população”, disse.
As provas dos participantes surdos ou deficientes auditivos serão realizadas em salas adaptadas e separadas dos demais candidatos. Cada uma terá até seis participantes e dois intérpretes. Maria Inês Fini explica que os intérpretes terão por função esclarecer dúvidas que não interfiram nas respostas às questões, assim como traduzir informações gerais sobre a aplicação transmitidas pelos chefes de sala, que também atuam nessas salas. O Inep esclarece, ainda, que no caso dos participantes com surdo-cegueira são oferecidos guia-intérprete, prova ampliada, prova superampliada, prova em braille, tradutor-intérprete de libras, leitura labial, ledor, transcritor e sala de fácil acesso.
Vale observar que os candidatos com deficiências como surdez, cegueira, déficit de atenção, dislexia e discalculia ou outra condição especial também poderão solicitar tempo adicional. Da mesma maneira, este requerimento deve ser feito no ato da inscrição com apresentação de laudo comprobatório. “Até o ano passado, ele podia fazê-lo ao fiscal do local de aplicação. Este ano, terá de fazê-lo no ato da inscrição. A inserção de laudo comprobatório da deficiência ou de outra condição especial também deverá ser feita no ato de inscrição. E o resultado da análise desses laudos deverá ser consultado na página do participante”, acrescentou Maria Inês Fini. Gestantes e idosos poderão, igualmente, solicitar atendimento especializado.
O Enem 2017 será realizado nos dias 5 e 12 de novembro, que correspondem a dois domingos consecutivos. As inscrições estarão abertas de 8 a 19 de maio.
Fonte: MEC

domingo, 23 de abril de 2017

COM UM GRANDE SHOW, ESCOLA MARIETA CALS ENCERRA SEU TORNEIO DE FUTSAL

Na noite deste dia 20 de abril, a Escola Marieta Cals encerrou com louvor mais um de seus projetos, o Torneio de Futsal.
Iniciado no dia 08 de março, com jogos realizados sempre às quartas e quintas-feiras à noite (à exceção da semifinal, que foi na terça-feira), o Torneio de Futsal contou com a participação de 16 equipes, sendo 15 equipes formadas por estudantes da escola e uma equipe de professores, totalizando 21 jogos. 
A primeira fase foi realizada com jogos de ida e volta, com placar agregado, onde a equipe vencedora do jogo de ida evitaria o jogo de volta caso a diferença de gols fosse igual ou superior a 5 gols.
As fases seguintes (quartas-de-finais, semifinais e finais) foram em jogo único, com cobrança de pênaltis em caso de empate no tempo normal.
Realizadas estas etapas, chegaram às finais as equipes do 3º ano A e do 3º ano B (para disputar o 3º lugar) e as equipes dos Professores e da EJA para disputar o título de campeã. E o que se presenciou na quadra foi um verdade show, tanto de desportividade quanto de talento. Jogos de alto nível.
A  torcida, que compareceu em massa, lotando as arquibancadas da quadra, vibrava a cada lance, em uma demonstração de empolgação com o alto nível dos jogos.
Realizados os jogos, o 3º ano A levou o título de 3º lugar ao vencer o 3º ano B pelo placar de 3 a 2.
Já na final, a equipe da EJA se sagrou campeã ao derrotar os Professores pelo placar de 4 a 2.
Abrilhantando o evento, nossos alunos deram um show de talento e criatividade em três danças que levaram a galera ao delírio. Também contamos com o talento das mulheres em um animado jogo de futsal.
Assim, com todos estas atrações, a noite do dia 20 na quadra da escola foi de muita festa, alegria e competitividade.
A Escola Marieta Cals agradece a todos os que colaboraram para a realização deste projeto de muito sucesso. Agradece em especial aos seus professores (que não mediram esforços para fazer tudo bem feito); agradece aos árbitros Allan Kleber, Carlos André, Cícero Leandro, Filipe Freire e Victor Parker (sem os quais o torneio não teria ocorrido), bem como agradece imensamente à Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude de Cariré (por todo o apoio logístico prestado).