APROVADOS

APROVADOS

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

ESCOLA MARIETA CALS PROMOVE FORMAÇÃO A SEUS AGENTES JOVENS

A EEM Dona Marieta Cals realizou no dia 10/09/2014 o primeiro encontro com os Agentes Jovens da escola. O objetivo foi apresentar aos alunos toda a dinâmica teórica e prática da metodologia Agente Jovem: o que é o Ensino Médio Inovador/Projeto Jovem de Futuro; quem são os agentes jovens; o papel e a responsabilidade dos agentes jovens. Além disso, a intenção também foi motivá-los para uma participação efetiva nessa metodologia, inclusive a organização de um fórum previsto para o dia 26 deste mês de setembro.
As atividades foram realizadas sob a orientação da professora Dona Graça de Vasconcelos e da coordenadora do Projeto Jovem de Futuro, Maria Aricinha Sousa Teles Mendes.
O início da formação deu-se com fala da diretora, Maria do Livramento Dias que apresentou o grupo gestor do Projeto Jovem de Futuro, e ressaltou a importância dos agentes jovens para a escola, como protagonistas de suas ações. Após a fala da diretora, foi realizada a dinâmica de apresentação “Eu sou eu... eu gosto”.
Logo em seguida, as atividades foram apresentadas com a exposição teórica sobre a metodologia e a motivação dos Agentes Jovens. E para finalizar as atividades, a apresentação de um vídeo sobre a importância do trabalho em equipe.
O encerramento se efetivou com a dinâmica “jogando o caxangar”. No final, ficou combinado que haveria outros encontros quinzenais ou quando fosse necessário para realização de oficinas, pesquisas ou mobilização social.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

GUIA DO ESTUDANTE DESTACA SEIS CURSOS DA UVA

A Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) teve seis cursos estrelados na avaliação de cursos superiores realizada pelo Guia do Estudante (GE), da Editora Abril. Os cursos constarão da publicação GE Profissões Vestibular 2015, que passa a circular nas bancas a partir do dia 10 de outubro de 2014.
Cursos da UVA funcionam nos campi Betânia,
Derby. Junco e CIDAO
O curso de graduação em Zootecnia recebeu quatro estrelas, ficando com o conceito ótimo. Os cursos de Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Enfermagem, Filosofia e Pedagogia receberam três estrelas (conceito bom).
Avaliação
O Guia é publicado há 21 anos pela Editora Abril e tem caráter nacional. É elaborado a partir de dados da avaliação dos cursos superiores de bacharelado ou que sejam simultaneamente bacharelado/licenciatura. 
Os cursos são analisados por mais de três mil professores e coordenadores de cursos, a partir de questionários previamente preenchidos pelos coordenadores. Cada especialista pode avaliar até 35 cursos da região em que mora, desde que não seja da própria universidade. Resultados anteriores no Guia do Estudante também são considerados na avaliação.
Fonte: UVANET

RANKING: UECE É A MELHOR UNIVERSIDADE ESTADUAL DO N/NE

Foi divulgado na última segunda-feira, dia 8, o Ranking Universitário Folha (RUF) 2014, que classifica 192 universidades brasileiras públicas e privadas. A Universidade Estadual do Ceará (UECE) mantém-se na liderança como melhor universidade estadual do Norte/Nordeste e Centro-Oeste e permanece como a oitava melhor estadual do País, mesmas colocações alcançadas nos levantamentos de 2013 e de 2012.
A UECE também continua na 39ª posição no ranking geral, entre as 192 instituições avaliadas. A UECE, portanto, permanece entre as 20% melhores do Brasil, assim como continua como a sétima entre as universidades públicas do Nordeste, atrás apenas de seis federais.
Em sua oitava colocação entre as estaduais nacionais, a UECE tem à sua frente três universidades de São Paulo (USP, Unicamp e UNESP), duas do Rio de Janeiro (UERJ e UENF) e duas do Paraná – uma em Maringá (UEM) e outra em Londrina (UEL).
O levantamento da Folha avaliou 20 dos 77 cursos da UECE: Administração de empresas, Biologia, Ciências Contábeis, Ciências Sociais, Computação, Educação Física, Enfermagem, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras, Matemática, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Pedagogia, Psicologia, Química e Serviço Social.
Cinco destes cursos estão entre os 5% melhores do País: Administração de Empresas, Ciências Contábeis, Educação Física, Enfermagem e Pedagogia. Quatro estão entre os 10% melhores: Medicina, Biologia, Computação e Letras. Além de outros cinco que foram classificados entre os 15% melhores: História, Matemática, Medicina Veterinária, Psicologia e Serviço Social.
Filosofia ficou entre os 25% melhores, atingindo a 38ª colocação entre 158 avaliados, e Ciências Sociais, entre os 30%, por ter alcançado o 29º lugar de um total de 108 avaliados.
O ranking das universidades é feito a partir de indicadores de pesquisa, inovação, internacionalização, ensino e mercado das instituições e cada uma das 40 carreiras com mais ingressantes no país foram avaliadas no ensino e no mercado de trabalho.
Cursos da UECE e os 5% Melhores do País
Administração de Empresas: 56º lugar entre os 1.484 avaliados.
Ciências Contábeis: 47º lugar entre os 884 avaliados
Educação Física: 16º lugar entre os 516 avaliados.
Enfermagem: 38º lugar entre os 666 avaliados
Pedagogia: 32º lugar entre os 999 avaliados
Fonte: SEDUC CE

terça-feira, 9 de setembro de 2014

CARIRÉ ALCANÇA O 3º MELHOR IDEB DO CEARÁ NO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

IDEB alcançado no 9º ano se iguala à meta para 2019. No 5º ano, o valor alcançado é superior, inclusive, à meta projetada para 2021, último ano com projeção até então feita
O INEP divulgou na sexta-feira, dia 05 de setembro, o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Medido a cada biênio por meio da Prova Brasil, tal índice avalia a qualidade do ensino ministrado na Educação Básica das escolas brasileiras, e tem como objetivos principais traçar metas de desempenho buscando a melhoria da qualidade do ensino.
Com relação à educação pública municipal de Cariré, tal índice mostrou um expressivo avanço, em especial em relação ao 5º ano do ensino fundamental, no qual o IDEB municipal alcançou a marca de 7,4. 
É interessante frisar que tal índice é superior, inclusive, ao que havia sido projetado para o ano de 2021, último ano com projeção até então feita. Além disso, este dado coloca Cariré em 3º lugar em todo o estado do Ceará (empatado com Groaíras), atrás apenas de Sobral (com IDEB 7,8) e Novo Oriente (cujo IDEB é 7,6).
Por outro lado, com relação ao 9º ano do ensino fundamental, o IDEB alcançado também é de grande destaque. Com índice de 5,0, tal valor se iguala ao que estava projetado para ser atingido apenas em 2019.
Com relação ao ranking estadual, Cariré fica na 16ª posição, considerando todas as escolas públicas do Ceará (incluindo as de responsabilidade federal, estadual e municipal). Quando consideramos apenas o IDEB das escolas das redes municipais de ensino, Cariré fica na 8ª posição. Eis a seguir as primeiras colocadas considerando apenas escolas da alçada municipal.
1º – Sobral – IDEB 5,8;
2º – Brejo Santo – IDEB 5,6;
3º – Groaíras – IDEB 5,5;
4º – Penaforte – IDEB 5,4;
5º – Meruoca – IDEB 5,3;
6º – Aratuba e Granjeiro – IDEB 5,2;
8º – Cariré – IDEB 5,0;
9º – Coreaú, Horizonte, Russas e Ubajara – IDEB 4,9.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

EDUCAÇÃO BÁSICA - IDEB INDICA MELHORA NO ENSINO FUNDAMENTAL

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2013 mostra que o país ultrapassou as metas previstas para os anos iniciais (1º ao 5º ano) do ensino fundamental em 0,3 ponto. O Ideb nacional nessa etapa ficou em 5,2, enquanto em 2011 havia sido de 5,0.
Os anos iniciais do ensino fundamental são oferecidos prioritariamente pelas redes municipais, que respondem por 81,6% das matrículas da rede pública nessa etapa. O total de estudantes nos primeiros anos do fundamental é de 15.764.926, sendo 13.188.037 de escolas públicas. As metas da rede municipal de ensino foram alcançadas por 69,7% dos municípios brasileiros. 
A rede estadual, que atende apenas 18% das matrículas públicas nessa fase, também superou suas metas. Em 75,7% dos municípios, as escolas estaduais superaram a nota 5,0 prevista para 2013. Ao todo, nessa etapa, 5.293 municípios tiveram Ideb calculado para a rede pública.
Na rede federal, o Ideb aumentou de 6,8 em 2011 para 7,0 em 2013 nos anos iniciais.
Progressão - Em 2005, quando o Ideb foi calculado pela primeira vez, 57,5% (7,1 milhões) das crianças nos anos iniciais estavam matriculadas em escolas municipais de redes de ensino com avaliação abaixo de 3,7 — média nacional de então. Com a evolução do indicador nos últimos anos, o percentual caiu para 16,2% (1,7 milhão) em 2013. 
Com relação aos índices de avaliação mais elevados, ainda nos anos iniciais, o registro em 2005 era de 2,9% das crianças (cerca de 357 mil matrículas) matriculadas em escolas municipais com Ideb acima da nota 5,0. Em 2013, o percentual saltou para 45% - 4,8 milhões de estudantes – na mesma situação.
Anos finais - Nos anos finais (6º ao 9º ano) do ensino fundamental, o Ideb nacional cresceu de 4,1 em 2011 para 4,2 em 2013. Do total de 5.369 municípios com índice da rede pública calculado nessa etapa, 39,6% atingiram as metas previstas para 2013 na rede pública, que atende a 86,5% dos matriculados nessa etapa (um total de 13.304.355 estudantes). Na rede federal, o Ideb se manteve em 6,3.
Em 2005, somente 2,4% dos estudantes da rede pública (329 mil alunos) concentravam-se em faixas de Ideb acima de 4,5. Em 2013, este total aumentou para 22,2%, abrangendo 2,5 milhões de estudantes. Redes com Ideb inferior a 3,4 atendiam a 7,5 milhões de estudantes (56,2%) em 2005. Agora, englobam 26,1% dos alunos (2,9 milhões de matrículas).
Os dados mostram que a dificuldade para atingir as metas acontece também na rede privada, que alcançou nota 5,9. A meta prevista era de 6,5.
Ensino médio - O Ideb do ensino médio se manteve em 3,7. A rede estadual – responsável por 97% das matrículas da rede pública – registrou o mesmo índice de 2011 (3,4), assim como a rede federal (5,6). A rede privada apresentou queda, passando de 5,7 para 5,4. 
O Ideb é obtido pelas notas do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e pela taxa média de aprovação percentual. 
Fonte: INEP

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

ESCOLA MARIETA CALS EMPLACA 3 ESTUDANTES NA 2ª FASE DA OBFEP

A Escola Marieta Cals mostra, mais uma vez, por que é uma das instituições de ensino que mais consegue bons êxitos com seus alunos.
Mantendo a postura de preparar o estudante para os mais diversos desafios, a escola se orgulha por ser uma das poucas instituições de ensino a aprovar estudantes para a 2ª fase desta olimpíada.
Ao todo, 3 estudantes desta escola irão fazer a segunda fase desta olimpíada.
A escola parabeniza os estudantes pelo excelente desempenho, ao mesmo tempo em que renova seu compromisso com o sucesso de seus alunos e com a promoção de uma educação de qualidade.

ESCOLA MARIETA CALS REALIZA CAMINHADA NO DIA DO EDUCADOR FÍSICO

As atividades esportivas fazem bem para o homem, pois através delas é possível obter equilíbrio físico e emocional. Além disso, são formas de envolver jovens e crianças, afastando-os das drogas e da promiscuidade. A comemoração do dia do professor de educação física acontece no dia 1º de setembro, em razão de a profissão ter sido regulamentada através da Lei Federal de número 9.696/98 e publicada na mesma data
A ideia da data surgiu na comemoração de São Cosme e São Damião, pois nesse dia os professores de educação física organizavam brincadeiras para divertir a garotada, entregando-lhes várias guloseimas e doces. Quatrocentos e cinquenta anos antes de Cristo, o grego Miron criou o símbolo das práticas esportivas, o Discóbolo, um arremessador de disco; o que comprova que os esportes existiam desde os tempos mais antigos.
No Brasil, historicamente falando, consideram que desde o período da colonização a educação física era praticada em nossas terras. Os índios corriam atrás de suas caças, nadavam, atiravam arco e flecha e dançavam, jogavam peteca, lutavam entre si e brincavam de corrida dos troncos. Já os negros africanos, que vieram como escravos para o Brasil, dançavam a capoeira e faziam as lutas corporais, aprendidas através da observação dos animais em seu país de origem. Mas somente em 1851, através da lei nº 630, que a ginástica foi incluída nos currículos das escolas primárias e secundárias, onde eram praticadas quatro vezes por semana.
Na década de oitenta, após o período da ditadura militar, a prática de esportes passou a ser vista de forma mais ampla, formando-se os primeiros grupos profissionais. Para isso, eram necessárias empresas que patrocinassem os atletas e a manutenção dos times e equipes. Foram os primeiros passos para iniciar as formações esportivas de qualidade no país, de onde colhemos os frutos plantados por longos anos, obtendo grandes conquistas para o país em campeonatos mundiais.
O campo de trabalho dos profissionais de educação física cresceu bastante nos últimos anos, deixaram de ser apenas professores de escolas ou academias, estendendo seu campo de atuação. Hoje trabalham como “personal trainers”, desenvolvem programas de emagrecimento para crianças e adultos, organizam trabalhos de acréscimo muscular, que são muito valorizados em razão da população cultuar o aspecto físico, estar mais vaidosa, buscando um corpo belo, cheio de formas e músculos aparentes. Os professores de educação física são responsáveis por observar um aluno durante a prática de exercícios físicos, os orientam a fazer alongamentos para aquecer a musculatura e evitar que se machuquem, corrige a postura durante a realização dos exercícios, confere os batimentos cardíacos dos atletas, verifica a respiração e o cansaço dos mesmos, não permitindo que ultrapassem seus limites. O melhor para esses profissionais é trabalhar com aspecto lúdico, ajudando as pessoas a liberarem suas tensões e se tornarem mais felizes.
Ciente da importância da prática da educação física para a saúde, a Escola Marieta Cals promoveu uma caminhada em comemoração a esta data. Mais de 400 estudantes desta escola saíram pelas ruas de Cariré, até o polo de lazer, como forma de aquecer para enfrentar mais um dia.
Na volta, já aquecidos, todos se digiram para suas respectivas salas para iniciar a maratona de provas que ocorre por toda esta semana.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

FIES - ESTUDANTE TEM ATÉ 30 DE SETEMBRO PARA SOLICITAR ADITAMENTO DE CONTRATO

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) definiu novo prazo para solicitação de aditamento de contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) referentes ao primeiro e segundo semestre de 2013 e ao primeiro semestre de 2014. Os estudantes terão até o dia 30 de setembro para fazer os pedidos de renovação, suspensão, transferência, dilatação ou encerramento no Sistema Informatizado do Fies (SisFies). A Portaria nº 365/2014, que implementou a medida, foi publicada na sexta-feira, 29 de agosto, no Diário Oficial da União.
O Fies financia de 50% a 100% dos encargos educacionais, dependendo da renda familiar mensal bruta e do comprometimento dessa renda com os custos da mensalidade. Podem requerer o financiamento alunos com renda familiar mensal bruta de até 20 salários mínimos.
A taxa de juros é de 3,4% ao ano, e os estudantes só começam a amortizar o financiamento 18 meses após o encerramento do curso. O prazo para quitar a dívida é de três vezes o período financiado acrescido de doze meses. No caso de um curso com duração de quatro anos, por exemplo, o aluno tem 13 anos para amortizar o financiamento (3 x 4 anos do curso regular + 12 meses).
As inscrições podem ser feitas no SisFies durante todo o ano. O Fies é destinado a alunos regularmente matriculados em cursos superiores presenciais não gratuitos, oferecidos por instituições cadastradas no programa e que tenham obtido resultados positivos nas avaliações do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).
Fonte: MEC

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

PROJETOS DA ESCOLA MARIETA CALS SÃO APRESENTADOS AOS HISTORIADORES DO IVA










Os acadêmicos de História do Instituto Vale do Acaraú – IVA, assistiram no dia 27/08 (Quarta-Feira) a uma apresentação do Histórico e dos projetos pedagógicos desenvolvidos na Escola de Ensino Médio Dona Marieta Cals, para a disciplina de Estágio com os professores Fagner Aguiar e Rodrigo Ferreira.
Na apresentação, foi feita a explanação dos projetos federais, estaduais, e aqueles que foram criação interna da instituição escolar. São dezenas de projetos em andamento no Marieta, com diferentes focos e metas, mas todos com o objetivo comum de proporcionar aos alunos uma educação de qualidade em todos os aspectos, com ênfase especial no processo de ensino-aprendizagem. 
Projetos conhecidos da comunidade escolar, tais como EMC-VEST, Cine-Vest, Cariré Além dos Muros, foram ratificados. E outros, como Projeto Jovem de Futuro, Aquecendo para o ENEM, Matemática ao alcance de todos, e etc, que são relativamente novos, foram apresentados para os estagiários. 
É uma grande satisfação dos profissionais do Marieta fazerem a divulgação dos projetos desenvolvidos na escola, dessa forma prestamos esclarecimentos para toda comunidade escolar sobre a fórmula do sucesso dessa escola, que não fruto de mágica, mas muito trabalho em equipe.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

TAPUIO INAUGURA O "CARIRÉ ALÉM DOS MUROS" 2014

No dia 27 de Agosto, quarta-feira, aconteceu a primeira ação educativa patrimonial do Projeto Cariré Além dos Muros, na Escola de Ensino Médio Dona Marieta Cals, inserido entre os sub-projetos do Projeto Jovem do Futuro.
Desde o ano passado, 2013, o Cariré Além dos Muros é desenvolvido na escola. Iniciou como um projeto de ensino de história local, nas ruas da sede da cidade de Cariré, com o estabelecimento de uma interdisciplinaridade entre as áreas de conhecimento do Ensino Médio. Na edição 2014, os professores da área de Ciências Humanas adaptaram o projeto para a elaboração de um inventário comunitário dos bens patrimoniais de Cariré, inclusive as localidades interioranas.
Tapuio, distrito de Cariré, foi a localidade designada para inaugurar as atividades do projeto com a ampla participação de alunos tapuienses e das redondezas, que foram protagonistas ao sugerirem as rotas, pessoas a serem entrevistadas, locais relevantes ao olhar dos estudantes, enfim, a história que eles (populares) acreditam que merece ser relatada. Dar voz aos silenciados.
Aproveitamos para informar a todos os carirenses que será bem-vinda a contribuição de todos voluntários para a construção desse projeto, quem tiver objetos, fotografias antigas, um relato curioso sobre acontecimentos, causos e lendas, procurem os professores de História da EEM Dona Marieta Cals.

GRÊMIO ESTUDANTIL DA ESCOLA MARIETA CALS RECEBE FORMAÇÃO E ENCABEÇA A CAMPANHA DO PLEBISCITO NACIONAL

No dia 25 de Agosto o Grêmio Estudantil da Escola de Ensino Médio Dona Marieta Cals, Voz Ativa, teve uma formação ministrada pelo militante do MST e coordenador do Levante Popular da Juventude, Valdelúcio Fonseca, que também é mestrando em Geografia pela Universidade Estadual Vale do Acaraú.
O tema da formação foi o Plebiscito Popular pela Constituinte Exclusiva e Soberana para a reforma do sistema político brasileiro, que entre alguns pontos sugere o fim do financiamento privado de campanha, paridade de gênero no congresso, sub-representatividade de minorias entre outras coisas que podem ser consultadas no site http://www.plebiscitoconstituinte.org.br/junte-se-ao-plebiscito-popular.
O professor Rodrigo Ferreira e a ex-coordenadora escolar Maria Auxiliadora de Medeiros, sob a orientação de Valdelúcio, coordenador regional do Plebiscito, irão juntamente com o Grêmio e demais estudantes simpatizantes se engajar na cidade de Cariré para conseguir o máximo possível de adesões à iniciativa popular que pretende revolucionar a política brasileira. 
Se você gostou, e quer participar com o seu voto SIM, pela reforma política, entre o dia 1º e 7 de Setembro na Semana da Pátria será realizado o plebiscito no país inteiro, e é claro, também no Cariré. Do dia 1º ao dia 5 a urna estará na Escola de Ensino Médio Dona Marieta Cals, em horário comercial, e você poderá depositar seu voto. Dia 6 (Sábado), na feira municipal, em praça pública, os professores Rodrigo Ferreira e Auxiliadora de Medeiros irão fazer uma conclamação a todos os populares e prestarão esclarecimentos a quaisquer dúvidas.
TIRE SUAS DÚVIDAS
O que é um Plebiscito Popular?
Um Plebiscito é uma consulta na qual os cidadãos e cidadãs votam para aprovar ou não uma questão. De acordo com as leis brasileiras somente o Congresso Nacional pode convocar um Plebiscito.
Apesar disso, desde o ano 2000, os Movimentos Sociais brasileiros começaram a organizar Plebiscitos Populares sobre temas diversos, em que qualquer pessoa, independente do sexo, da idade ou da religião, pode trabalhar para que ele seja realizado, organizando grupos em seus bairros, escolas, universidades, igrejas, sindicatos, aonde quer que seja, para dialogar com a população sobre um determinado tema e coletar votos.
O Plebiscito Popular permite que milhões de brasileiros expressem a sua vontade política e pressionem os poderes públicos a seguir a vontade da maioria do povo.

O que é uma Constituinte?
É a realização de uma assembleia de deputados eleitos pelo povo para modificar a economia e a política do País e definir as regras, instituições e o funcionamento das instituições de um Estado como o governo, o Congresso e o Judiciário, por exemplo. Suas decisões resultam em uma Constituição. A do Brasil é de 1988.

Porque uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político?
Nos meses de Junho e Julho de 2013 milhões de jovens brasileiros foram às ruas para lutar por melhores condições de vida, inicialmente contra o aumento das tarifas do transporte, mas rapidamente a luta por mais direitos sociais estava presente nas mobilizações, pedia-se mais saúde, mais educação, mais democracia. Nos cartazes, faixas e rostos pintados também diziam que a política atual não representa essa juventude, que quer mudanças profundas na sociedade brasileira.
As mobilizações das ruas obtiveram conquistas em todo o país, principalmente com as revogações dos aumentos das tarifas dos transportes ou até diminuição da tarifa em algumas cidades, o que nos demonstrou que é com luta que a vida muda! Mas a grande maioria das reivindicações não foram atendidas pelos poderes públicos.
Não foram atendidas porque a estrutura do poder político no Brasil e suas “regras de funcionamento” não permitem que se avance para mudanças profundas. Apesar de termos conquistado o voto direto nas eleições, existe uma complexa teia de elementos que são usados nas Campanhas Eleitorais que “ajudam” a garantir a vitória de determinados candidatos.
A cada dois anos assistimos e ficamos enojados com a lógica do nosso sistema político. Vemos, por exemplo, que os candidatos eleitos têm um gasto de Campanha muito maior que os não eleitos, demonstrando um dos fatores do poder econômico nas eleições. Também vemos que o dinheiro usado nas Campanhas tem origem, na sua maior parte, de empresas privadas, que financiam os candidatos para depois obter vantagens nas decisões políticas, ou seja, é uma forma clara e direta de chantagem. Assim, o ditado popular “Quem paga a banda, escolhe a música” se torna a melhor forma de falar do poder econômico nas eleições.
Além disso, ao olharmos para a composição do nosso Congresso Nacional vemos que é um Congresso de deputados e senadores que fazem parte da minoria da População Brasileira. Olhemos mais de perto a sua composição:
- mais de 70% de fazendeiros e empresários (da educação, da saúde, industriais, etc) sendo que maioria da população é composta de trabalhadores e camponeses.
- 9% de Mulheres, sendo que as mulheres são mais da metade da população brasileira.
- 8,5% de Negros, sendo que 51% dos brasileiros se auto-declaram negros.
- Menos de 3% de Jovens, sendo que os Jovens (de 16 a 35 anos) representam 40% do eleitorado do Brasil.
Olhando para esses dados, é praticamente impossível não chegar a conclusão de que “Esse Congresso não nos representa!!!” e que eles não resolverão os problemas que o povo brasileiro, em especial a juventude, levou às ruas em 2013.
E para solucionar todos esses problemas fundamentais da nossa sociedade (educação, saúde, moradia, transporte, terra, trabalho, etc.) chegamos a conclusão de que não basta mudarmos “as pessoas” que estão no Congresso.
Precisamos mudar “as regras do jogo”, mudar o Sistema Político Brasileiro. E isso só será possível se a voz dos milhões que foram as ruas em 2013 for ouvida. Como não esperamos que esse Congresso “abra seus ouvidos” partimos para a ação, organizando um Plebiscito Popular que luta por uma Assembléia Constituinte, que será exclusivamente eleita e terá poder soberano para mudar o Sistema Político Brasileiro, pois somente através dessa mudança será possível alcançarmos a resolução de tantos outros problemas que afligem nosso povo.
Se você quiser aderir na cidade de Cariré, entre em contato com Rodrigo Ferreira no número (88) 9711-7136.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

LIVRO DIDÁTICO - OBRAS DO ENSINO MÉDIO DEVEM SER INDICADAS ATÉ 1º DE SETEMBRO

Professores, diretores e coordenadores pedagógicos de escolas públicas de todo o país têm prazo até 1º de setembro próximo para fazer a indicação on-line dos livros didáticos a serem usados pelos estudantes do ensino médio a partir do próximo ano. Nesta edição do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) serão selecionadas obras de português, matemática, história, geografia, física, química, biologia, filosofia, sociologia, língua estrangeira (inglês e espanhol) e arte.
Devem ser escolhidas duas opções de cada componente curricular, de editoras diferentes. Caso não seja possível a aquisição dos livros da editora da primeira opção, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão responsável pelo PNLD, comprará as obras da outra opção.
Para escolher os livros mais adequados ao sistema de ensino de cada escola, os professores podem consultar pela internet o Guia de Livros Didáticos de 2015. Ele contém resenhas e informações relativas a cada uma das obras selecionadas pelo Ministério da Educação para o PNLD de 2015.
Após análise dos dados sobre os pedidos feitos por escolas públicas de todo o país, o FNDE negocia com as editoras e, em função da escala de compra, obtém preços inferiores aos do mercado. Pelas previsões, serão adquiridos cerca de 90 milhões de exemplares para 7 milhões de estudantes do ensino médio. Também haverá aquisição de livros de ensino fundamental para reposição e complementação.
A indicação das obras por professores, diretores e coordenadores pedagógicos deve ser feita no sistema eletrônico do FNDE.
Fonte: INEP

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

SIMULADO EMC VEST - GABARITO


SIMULADO EMC VEST - COMENTÁRIO DA REDAÇÃO (TURNO TARDE)

TEMA
“Observo que conforme vai passando os dias a sobrevivência humana fica mais difícil, pois o racismo e o preconceito estão cada vez mais presentes em nosso dia a dia!”
(Vanderson Dapper)
A proposta de redação foi a realização de um texto dissertativo-argumentativo, e exigiu do candidato a interpretação da temática, o que dificultou a elaboração do texto.
O aluno deveria defender uma ideia que já veio definida, aumentando, dessa forma, o grau de dificuldade na produção textual.
Introdução: o candidato deveria expor a ideia expressa na temática (a presença do racismo e do preconceito na sociedade e as dificuldades oferecidas por eles para a sobrevivência humana), mostrando claramente que seu ponto de vista concorda com essa temática e justificando-a de maneira rápida e concisa, uma vez que o parágrafo introdutório não deve ser longo.
Desenvolvimento: no 2º e no 3º parágrafos o candidato deveria apresentar pelo menos dois argumentos para sustentar a ideia lançada na introdução, como por exemplo:
- A intolerância entre raças, gêneros, etnias ou grupos sociais e ideológicos diferentes.
- Resgatar experiências históricas onde o racismo e o preconceito geraram doutrinas que dizimaram milhares de pessoas.
- Demonstrar como tais doutrinas ainda causam repercussão nos dias de hoje, exemplificando com fatos e situações de conhecimento geral.
Conclusão: No último parágrafo, o candidato poderia retomar a tese inicial e apresentar uma solução para o problema discutido. Ou, de forma conclusiva, apresentar uma síntese das ideias abordadas no texto.
É importante salientar que obteve sucesso o candidato que apresentou domínio do assunto, que escreveu de forma clara, objetiva e seguiu a norma culta da Língua Portuguesa.
Professora Íris Dayane.

ESCOLA MARIETA CALS INTENSIFICA AS AÇÕES PARA O VESTIBULAR UEVA

As inscrições para o vestibular UEVA ainda não começaram, mas a Escola Marieta Cals já está a todo vapor trabalhando para o referido vestibular.
Reafirmando o seu compromisso com o sucesso de nossos alunos é que esta escola realiza desde ontem (dia 20 de agosto) o seu processo seletivo simulado para o vestibular UEVA 2015.1. Ao todo, 162 estudantes se inscreveram para tal simulado, contabilizando alunos de todas as séries do Ensino Médio. 
Embora a prioridade seja para estudantes dos dois últimos anos, diversos estudantes do 1º ano tiveram a oportunidade de vivenciar toda a dinâmica de um vestibular. O objetivo que se tem, ao dar oportunidade aos estudantes que ainda estão na primeira série do Ensino Médio é fazer o alicerce para que seus estudantes adquiram experiência ao longo dos anos e, assim, tenham êxito em sua vida estudantil.
Liderando a preferência dos pré-vestibulandos tivemos o curso de História (para o qual se inscreveram 19 estudantes). Como segundo curso mais procurado tivemos o curso Letras Português, o qual contabilizou 16 inscrições. Em terceiro lugar na preferência ficou o curso de Geografia, com 12 inscrições.
Ao final da prova, era grande a empolgação dos estudantes com as provas realizadas. Foram frequentes as rodas de discussão acerca do gabarito da prova.
Tamanha foi a discussão ao final da prova do segundo dia, em que todos estavam a comentar como tinham feito a sua redação.
É com estas ações, atreladas a ensino em sala de aula, que esta escola tem se tornado referência em aprovações no vestibular, sendo a escola da CREDE 06 que mais aprovou no vestibular em 2014, com 34 aprovações.

SIMULADO EMC VEST - COMENTÁRIO DA REDAÇÃO

TEMA
“Numa sociedade marcada por desigualdades, como a brasileira, o ato de votar é o momento em que todos serão realmente iguais, ao exercer seus direitos, cumpre também com seus deveres.”
ALESP-Ag.Leg.Serv.Téc-Administrativo (aplicado em 2010)

A proposta de redação foi a realização de um texto dissertativo-argumentativo e exigiu do candidato a interpretação da temática, o que dificultou a elaboração do texto.
O aluno deveria defender uma ideia que já veio definida, aumentando, dessa forma, o grau de dificuldade na produção textual.
• Introdução: o candidato deveria expor a ideia expressa na temática (o ato de votar como prática da cidadania e forma de vencer as desigualdades sociais brasileiras), mostrando claramente que seu ponto de vista concorda com essa temática e justificando-a de maneira rápida e concisa, uma vez que o parágrafo introdutório não deve ser longo.
• Desenvolvimento: no 2º e no 3º parágrafos o candidato deveria apresentar pelo menos dois argumentos para sustentar a ideia lançada na introdução, como por exemplo:
- O fato de todas as pessoas possuírem direito ao voto, independentemente da classe social, raça, gênero ou grupo ideológico a que pertença.
- O fato de que o direito ao voto torna todo e qualquer cidadão participante no processo de escolha dos gestores do poder púbico. Por isso, há a necessidade de consciência e responsabilidade por parte dos eleitores na escolha dos candidatos.
- Como o fato de exercer o direito ao voto reflete no cumprimento dos deveres da cidadania.
• Conclusão: No último parágrafo, o candidato poderia retomar a tese inicial e apresentar uma solução para o problema discutido. Ou, de forma conclusiva, apresentar uma síntese das ideias abordadas no texto.
É importante salientar que obteve sucesso o candidato que apresentou domínio do assunto, que escreveu de forma clara, objetiva e seguiu a norma culta da Língua Portuguesa.
Professora Íris Dayane.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

BRASIL GANHA PELA PRIMEIRA VEZ O "NOBEL" DA MATEMÁTICA

Ávila recebe o maior prêmio da matemática aos 35 anos
O carioca Artur Ávila é o primeiro brasileiro a receber a medalha Fields, considerada o “Nobel” da matemática. Ávila, que era tido como um dos favoritos desde a edição anterior da premiação, levou neste ano a láurea concedida pela União Internacional de Matemática.
O carioca fez o mestrado logo após terminar o ensino médio. Aos 18 anos, começou o doutorado, aos 22, o pós-doutorado. Como o Ministério da Educação (MEC) exige a graduação para conceder os títulos de mestre e doutor, ele fez a graduação na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) ao mesmo tempo que o mestrado.
Em entrevista anterior ao Terra, Ávila diz não se considerar um gênio. O segredo, segundo ele, está em fazer o que se gosta. "Eu vou conhecendo tão bem os problemas, que me sinto muito motivado em resolver aquilo que não consigo entender, em quebrar essa barreira. Eu acho isso muito importante, estar motivado. Acho que é isso que faz a gente se dar bem no trabalho, a ter reconhecimento e até ganhar prêmios. Se você não se interessar realmente pelos objetos com os quais trabalha, não vai a lugar algum", completa.
A medalha Fields é concedida a cada quatro anos a quatro matemáticos com contribuições reconhecidas à área. Como não existe um Nobel de matemática, o prêmio é considerado o mais importante para esse campo da ciência. A presidente Dilma Rousseff parabenizou o carioca através de seu perfil no Twitter:
Fonte: TERRA

terça-feira, 12 de agosto de 2014

OBFEP NA ESCOLA MARIETA CALS É SUCESSO TOTAL

Levantando a bandeira de proporcionar aos seus estudantes múltiplas oportunidades de sucesso, a Escola Marieta Cals promoveu hoje, dia 12 de agosto, a primeira fase da OBFEP, a Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas.
Tendo como objetivo proporcionar um maior contanto dos estudantes do ensino médio com as ciências, tal olimpíada vem crescendo a cada ano tanto em participação de estudantes quanto em respaldo junto às escolas em geral. 
Os estudantes que conseguirem bom desempenho nesta fase participarão da segunda fase, na qual concorrerão a medalhas e bolsas de estudos.
Vendo esta oportunidade que se abre aos estudantes é que a Escola Marieta Cals aderiu à mesma, e torce para que seus representantes consigam o sucesso esperado.
Os estudantes terminaram a prova confiantes num bom resultado, justificando tal confiança no fato de que, segundo os mesmos, as questões estavam bem de acordo com o que é trabalhado rotineiramente em sala de aula na Escola Marieta Cals.
A participação nesta olimpíada ilustra bem o que é a Escola Marieta Cals: uma escola que se preocupa com o aluno em sua totalidade; uma escola que não segue um único caminho, mas que mostra ao aluno múltiplas oportunidades; uma escola que dá a oportunidade de que as múltiplas tendências (e as múltiplas habilidades) de seus estudantes sejam desenvolvidas.

5º CINE-VEST ATACA COM O TEMA "TOTALITARISMO"

O V Cine-Vest aconteceu semana passada, como de costume em duas sessões: à tarde, 13:00 h de quarta-feira (06/08); à noite 18:45 h de sexta-feira (08/08).
Foi mais um Cine-Vest com temática histórica, onde foi exibido o filme A Onda, película alemã baseada numa história real, de uma experiência sociológica introduzida por um professor em Palo Alto, na California, consistente no simulacro de um grupo fascista na sala de aula.
A abordagem feita do filme foi acerca do conteúdo discutido no 3º ano, Totalitarismo, com foco no vestibular da UVA e ENEM.
O evento englobou alunos do 2º e 3º anos, com intenção de prepará-los para os exames. Após a exibição da película foi discutido com os alunos suas impressões acerca da obra, relacionando com aquilo que aprenderam em sala de aula.
Os professores Rodrigo Ferreira, Thamyris Matias e Guilardo Maia resolveram questões de vestibular e ENEM sobre o tema, minuciosamente debatendo com os estudantes alternativa por alternativa.

ESCOLA MARIETA CALS PRESTA HOMENAGEM A SEUS ESTUDANTES

Foco, trabalho e respeito ao aluno têm sido a fórmula do sucesso da Escola de Ensino Médio Dona Marieta Cals. Por isso, a celebração do Dia do Estudante (11/08) não é uma surpresa, e expressa apenas mais uma entre tantas demonstrações de estima aos nossos discentes, a injeção de ânimo para a equipe EMC.
A abertura do evento foi feita pela Diretora Livramento Dias, que enfatizou a importância dos alunos para nossos profissionais. Em seguida, o Professor Rodrigo Ferreira falou um pouco de sua experiência como militante do Movimento Estudantil, conclamando os jovens para assumirem o seu papel de protagonismo social, e serem efetivos agentes de transformação social nos diferentes níveis, a começar pela Escola, metáfora em microescala da sociedade. Com atividades voltadas para a valorização dos talentos dos estudantes, apresentações culturais como dança, teatro e stand-up improvisado foram o pedido do dia.
Também foram eleitos o Mister e a Miss Marieta Cals, no turno da manhã o resultado apertadíssimo teve como 1º Lugar a Miss Maria Eduarda (3º B); 2º lugar Leililana Paiva (2º A); 3º lugar Jessivânia Medeiras (2º C).
A aluna Thays Araújo, Miss Marieta Cals 2013, (aluna do 2º A) entregou a faixa para a nova vencedora. O resultado do Mister ficou dessa forma: 1º lugar Bruno Jordan (2º C); 2º lugar Paulo Henrique (1º B); 3º  lugar Marcos Emanuel (3º C). No turno da tarde a vencedora foi Monalisa Rocha (aluna do 3º E).
Os estudantes fizeram uma avaliação positiva do evento, se mostrando bastante participativos e lisonjeados diante da homenagem que lhes foi prestada.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

ENADE - PESQUISA AVALIARÁ OPORTUNIDADE DE EMPREGO OBTIDA POR EGRESSOS

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) fará pesquisa nacional com egressos da educação superior que participaram do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), edições de 2009 e 2012. O objetivo é coletar informações sobre empregos obtidos por profissionais formados. Os dados servirão para aferir o impacto da política de avaliação e estabelecer a relação entre o exame, a qualidade da educação superior e a capacidade de conseguir trabalho.
Os entrevistados receberão mensagens eletrônicas (e-mails) com o tema Pesquisa Nacional sobre Egresso e seu Perfil de Empregabilidade. Todos terão a identidade preservada. O tempo de resposta estimado é de cinco minutos. O prazo para envio das respostas vai até 8 de agosto próximo.
A pesquisa será enviada a cerca de 396 mil profissionais que fizeram o Enade em administração; ciências contábeis; comunicação social, com habilitação em jornalismo, publicidade e propaganda; design; direito; economia; psicologia; secretariado executivo e turismo.
A divulgação dos resultados, além de outros estudos que serão realizados com base no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), está prevista para abril de 2015.
Fonte: INEP

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

EDUCAÇÃO BÁSICA - ESCOLAS DE TODO O PAÍS COMEÇAM A SELECIONAR TEXTOS PARA A OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA

Em todo o território nacional, 46.902 escolas públicas com turmas do quinto ano do ensino fundamental ao terceiro ano do ensino médio cumprem, até o próximo dia 15, uma agenda comum com foco na língua portuguesa. Está em pauta a seleção dos melhores poemas, memórias literárias, crônicas e artigos de opinião escritos por 5,1 milhões de alunos que participam da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, edição 2014. O tema em todos os gêneros literários é O lugar onde vivo.
A seleção das obras é realizada por uma equipe da escola e constitui a primeira de quatro etapas da olimpíada. Dados do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), entidade que coordena o concurso, mostram que o evento envolve 170 mil professores de língua portuguesa de 46.902 escolas das 27 unidades da Federação. Dos 5.565 municípios, 5.014 aderiram, o que representa 90,1% do total.
O portal da olimpíada registra que, em 12 estados, 100% dos municípios aderiram. No Nordeste – Bahia, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará; no Norte – Amazonas, Rondônia, Acre, Roraima, Amapá; no Sudeste – Rio de Janeiro e Espírito Santo, e no Centro-Oeste – o Distrito Federal.
Segundo a coordenadora da olimpíada, Sônia Madi, é a participação dos professores de língua portuguesa que determina a quantidade de alunos que vai se envolver com a criação de textos. “Os professores têm desejo de orientação e a olimpíada os ajuda no cotidiano da sala de aula.” Ela lembra que, nos anos ímpares, os educadores participam de formação e nos anos pares, do concurso.
Sônia Madi lembra ao diretor da escola que é importante criar a comissão julgadora, que tem as atribuições de ler, julgar e selecionar o melhor trabalho por categoria. O prazo é 15 de agosto. Os textos selecionados, que devem ser digitados em campo próprio no portal da olimpíada, seguem para a segunda fase, que é no âmbito do município; a terceira etapa é estadual e a quarta regional.
Estudantes do quinto e sexto ano do ensino fundamental escrevem poemas; sétimo e oitavo anos, memórias literárias; nono ano do ensino fundamental e primeiro do ensino médio, crônicas, e segundo e terceiro ano do ensino médio, artigo de opinião.
Gêneros – A fase regional da Olimpíada de Língua Portuguesa é um encontro entre melhores autores e seus professores por gêneros literários. Cada gênero terá 125 alunos, 125 professores e a equipe que vai trabalhar com eles. As reuniões por categoria serão realizadas em São Paulo, Recife, Porto Alegre e Campo Grande, no período de 28 de outubro a 20 de novembro. Nesses encontros são escolhidos os 20 textos finalistas, sendo cinco por categoria. A reunião nacional será de 24 a 28 de novembro.
A premiação será em 1º de dezembro, em Brasília. Os 20 estudantes e seus professores receberão os seguintes prêmios: medalha, um notebook e uma impressora. As escolas a que pertencem ganham 10 microcomputadores, uma impressora, um projetor multimídia, um telão para projeção e livros.
Trajetória – A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro teve origem no programa Escrevendo o Futuro, desenvolvido pela Fundação Itaú Social, de 2002 a 2006, em edições bianuais. Em 2008 tornou-se política pública de educação e passou a ser olimpíada, sob a coordenação do MEC, desenvolvida em parceria com o Cenpec e o Itaú Social. Desde o primeiro evento, em 2002, segundo o Cenpec, oito mil professores participaram de todas as edições.
Fonte: MEC

quarta-feira, 30 de julho de 2014

1ª CHAMADA DO SISUTEC APROVA 11 ESTUDANTES EMC

Divulgado Terça (29), o resultado da primeira chamada do SISUTEC. Todos os alunos inscritos da Escola Marieta Cals conseguiram aprovação. Isso significa 100% de aproveitamento com 11 aprovações!
Sem dúvidas mais uma prova inconteste da competência do trabalho desenvolvida nesta escola.
Foram aprovados:
- Andeson Lopes Rodrigues - TÉCNICO EM GUIA DE TURISMO;
- Alice Rodrigues de Sousa - TÉCNICO EM AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE;
- Antonio Almir Damascena Melo - TÉCNICO EM GUIA DE TURISMO;
- Bárbara Juliete Freire Pinto - TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET;
- Cleiciana Rodrigues Brito - TÉCNICO EM MECÂNICA (em Sobral);
- Francisco Fábio dos Santos Vieira - TÉCNICO EM MECÂNICA (em Sobral);
- Francisco Felipe Monteiro Farias - TÉCNICO EM ENFERMAGEM;
- Francisco Vagner Araújo - TÉCNICO EM GUIA DE TURISMO;
- Nila Rodrigues de Mesquita - TÉCNICO EM INFORMÁTICA;
- Raimunda Izidiane Nascimento Silva - TÉCNICO EM COZINHA;
- Thiago Andrade Carneiro - TÉCNICO EM MECÂNICA (em Sobral).

quinta-feira, 24 de julho de 2014

DR. HERISSON MINISTRA PALESTRA A ESTUDANTES EMC

Por ocasião da Olimpíada de Língua Portuguesa, em sua etapa escolar, a Escola de Ensino Médio Dona Marieta Cals realizou uma palestra com o advogado Dr. Herisson Jones sobre “Fumo e álcool na adolescência em Cariré”.
Nossos alunos irão concorrer em duas modalidades da competição, Crônica e Artigo de Opinião. No artigo de opinião os estudantes precisam abordar um tema polêmico constatado na cidade, Cariré. Por meio de uma problematização crítica, os jovens precisam discorrer de forma fundamentada sobre o assunto, por isso a palestra do Dr. Herisson promovida pela área de Linguagens e Códigos, para proporcionar conhecimento técnico e jurídico para a produção dos textos.
A palestra aconteceu nos dois turnos, manhã e tarde, com a atenção velada de todos os alunos do 2º e 3º ano que anotavam tudo que o palestrante dizia: leis, sanções e nomes de entidades. Ao fim da palestra, várias perguntas foram feitas ao Dr. Herisson, que prontamente respondeu a todos os questionamentos com toda paciência característica, deste que já foi aluno e professor da Escola Dona Marieta Cals.
Agradecemos ao Dr. Herisson Jones pela prontidão a se dispor estar na escola em dois turnos, e pela primorosa palestra que manteve todos bastante atentos.
 
Facebook Twitter Orkut My Space Digg yahoo Mais...