segunda-feira, 31 de agosto de 2015

ESTUDANTES EMC ASSISTEM "A ODISSEIA"

No dia 26 de agosto, quarta-feira, aconteceu na Escola Dona Marieta Cals mais uma edição do Cine-Vest, nos turnos matutino e vespertino, tendo como público alvo os estudantes do 1º ano do Ensino Médio, com enfoque no conteúdo abordado na disciplina de História: Antiguidade Clássica, especificamente a Grécia Antiga.
O filme escolhido pelos professores foi “A Odisseia” (1997), dirigido por Francis Ford Coppola. A película trata-se de uma adaptação cinematográfica do poema de Homero, que conta a história de Odisseu (Ulisses), rei de Itaca, e sua saga de regresso para casa aos braços de sua amada esposa Penélope. Enfrentando empecilhos impostos por Posêidon, o Deus dos mares, o herói passa por maus bocados para aprender a lição de que os mortais não são nada sem os deuses.
Após a exibição do filme, uma discussão envolvendo História, Literatura, Filosofia foi orientada pelos professores juntamente aos alunos, que expuseram suas impressões acerca da obra, e debateram, conectando os conhecimentos adquiridos durante as aulas, à linguagem fílmica utilizada pelo diretor.

ESCOLA MARIETA CALS EXIBE DOCUMENTÁRIO SOBRE A EXPLORAÇÃO DOS TRABALHADORES NA CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA




Aconteceu no dia 28 de Agosto (sexta-feira), na EEM Dona Marieta Cals, a exibição do documentário “Só não morri por um milagre de Deus”, fruto da pesquisa monográfica da historiadora Cosma Araújo, graduada pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), seguida de uma palestra proferida pela mesma, que relatou a sua experiência ao longo da pesquisa.
Estiveram presente em torno de 100 pessoas que atentamente assistiram ao filme, que aborda a migração de trabalhadores cearenses ao Centro-Oeste, na década de 50, para trabalharem junto a outros 60 mil na construção de Brasília, capital federal, símbolo da pretensa modernização empreendida por JK em seu governo.
O trabalho de Cosma traz à luz das evidências a exploração sofrida pelos trabalhadores, que chegavam a ficar dias a fio ininterruptamente em intenso trabalho para alcançar a meta de término das obras, na data prevista. As condições precárias de habitação, insalubre, em meio a insetos. A alimentação estragada, com carne podre. Por fim, um conjunto de fatores que contribuíram para o crescimento da insatisfação, que ocasionou numa rebelião de trabalhadores pela reivindicação de melhores condições.
Reprimidos, os insurgentes foram vítimas de violência policial, tendo ocorrido vários homicídios, dos quais não se tem certeza do número exato. O episódio ficou conhecido como Massagre da GEB (Guarda Especial de Brasília).
Negligenciado pela história, o triste evento é denunciado pelo filme, sem cair no engajamento militante descompromissado com a pesquisa científica, uma vez que guarda firme rigor metodológico. 
Os presentes puderam interpelar Cosma, ao final, com questionamentos e colocações que proporcionaram um excelente diálogo com trocas de conhecimentos e experiências, tanto por parte de professores como estudantes. Divulgação científica, construção de uma visão crítica do mundo, desconstrução de paradigmas, tudo isso acontece aqui no EEM Dona Marieta Cals.
Em tempo, agradecemos atenciosamente à Câmara Municipal dos Vereadores, que gentilmente nos cedeu a tela de projeção, fundamental para a realização deste evento.
Rodrigo Sousa Ferreira
Professor de História na EEM Dona Marieta Cals

sábado, 29 de agosto de 2015

ESCOLA MARIETA CALS REALIZA CULMINÂNCIA DO PROJETO SUPERAÇÃO 2015


Realizou-se neste dia 29 de agosto a culminância SuperAção na EEM Dona Marieta Cals. O projeto consiste na mobilização solidária de toda a comunidade escolar tendo em vista sensibilizar e conscientizar a respeito de questões de interesse coletivo, como a preservação da infraestrutura escolar, o respeito ao meio ambiente e a valorização da prática esportiva.
Em 2014, a escola realizou atividades de caráter competitivo, promovendo a melhoria da infraestrutura escolar através de mutirão de limpeza e pequenos reparos, bem como pintura das salas de aula. 
Este ano o tema do SuperAção foi MEIO AMBIENTE. Desde o início de agosto, professores e alunos mobilizaram a comunidade escolar para promover ações de preservação do meio ambiente e reflexão acerca de desenvolvimento sustentável e aproveitamento de materiais que, em geral, iriam para o lixo. Cada sala foi assistida por um professor que orientava e motivava para a realização do trabalho. Assim nasceu o projeto da horta orgânica e de reaproveitamento da água dos bebedouros (realizados pelos alunos dos 3ºs anos), a produção de sabão com óleo usado e a produção de enfeites e utensílios com material reciclável. 
O resultado foi surpreendente! Já no sábado, dia 22 de agosto, foi realizada uma blitz ecológica na feira que ocorre semanalmente em Cariré. Ali, nossos alunos falaram sobre uso de agrotóxico e horta orgânica, bem como puderam colher restos de verduras e frutas para servirem de adubo para a horta que estava sendo feita na escola. Concomitante à preparação da horta, no laboratório de Ciências, era realizada sob a orientação dos professores de química a produção de sabão caseiro pelos alunos dos 2ºs anos, enquanto os dos 1ºs anos se mobilizavam produzindo utensílios com latas, garrafa pet, jornal, dentre outros materiais.
Foi um mês de intenso trabalho que culminou, neste sábado, com um grande encontro com a comunidade.
A manhã do SuperAção foi marcada pela realização de um café da manhã compartilhado por todos os presentes e apresentação dos trabalhos realizados. Na oportunidade, os alunos recém-aprovados no vestibular UVA 2015.2 fizeram uma homenagem aos professores, como forma de agradecimento pela conquista do acesso ao Ensino Superior. O clima foi de amizade e alegria e de sensação de, mais uma vez, cumprir com a missão de educar para o conhecimento e para a formação plena da cidadania.
Maria do Livramento Dias de Oliveira
Diretora Escolar

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

ATIVIDADES APROXIMAM FAMÍLIAS E ESCOLAS ESTADUAIS PELO SUCESSO DA EDUCAÇÃO

Neste sábado, dia 29, a partir das 7h30, 436 escolas da rede pública estadual realizam a SuperAção 2015, uma competição solidária que mobiliza pais, alunos professores e profissionais para um dia de atividades esportivas, culturais e de preservação do ambiente escolar. A ideia é também sensibilizar e conscientizar para questões de interesse coletivo. Participam escolas da Capital e do Interior que integram o Projeto Jovem de Futuro (PJF). A iniciativa é resultado de uma parceria entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), e Instituto Unibanco.
Esse é o quarto ano de realização do SuperAção que pode reunir desde jogos, apresentações artísticas à revitalização de jardins e de outros espaços. A competição busca fortalecer o ambiente escolar para que se torne cada vez mais propício ao desenvolvimento dos estudos e atraente para o jovem, estimulando sua permanência na escola.
Do total de escolas participantes, 123 irão desenvolver atividades de Esporte e Cultura, 168 ficarão com iniciativas voltadas ao Meio Ambiente e 145 com Melhoramento, responsável por mudanças no espaço escolar. Cada evento é planejado, conforme as necessidades da escola e horários disponíveis. As tarefas são realizadas por voluntários da comunidade escolar e recebem pontuação, de acordo com as categorias: ações de preservação; de sensibilização da comunidade; de doações, além de quantidade de participantes.
Conforme Régia Xavier, coordenadora do Programa Ensino Médio Inovador/Jovem de Futuro, esse momento é de integração entre família e escola para que intervenham na realidade de sua instituição, assumindo a responsabilidade por melhorias consideradas necessárias e pelo bom clima coletivo. "A participação dos pais e responsáveis na escola é fundamental para a conquista de bons resultados" – frisa.
Sobre o Jovem de Futuro
O projeto é uma iniciativa do Instituto Unibanco e atua com uma tecnologia de Gestão Escolar para Resultados. A ação oferece às escolas participantes apoio técnico e financeiro para, em um período de três anos (duração do Ensino Médio), melhorar substancialmente seu desempenho. Trata-se de uma proposta que visa mobilizar alunos, professores e famílias em torno de metas pactuadas para um mesmo objetivo: garantir que os jovens acessem, permaneçam, tenham um bom desempenho e terminem o Ensino Médio.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

ESTUDANTES EMC FAZEM SIMULADO PARA A OBMEP

Uma escola de qualidade é aquela que busca dar aos seus estudantes múltiplas oportunidades de se destacarem. E é isso que ocorre na Escola Marieta Cals.
Prova disso é que os estudantes desta escola são preparados para participarem das mais variadas formas de avaliação (vestibulares, SPAECE, ENEM, etc.), sem deixar de lado as olimpíadas do conhecimento, que são uma oportunidade de o estudante adentrar no campo da pesquisa científica ainda no ensino médio.
Pensando nisso é que, desde o mês de abril, os estudantes da Escola Marieta Cals passam por um processo preparatório para a OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas).
Desta forma, diante da proximidade da prova da 2ª fase (que ocorrerá dia 12 de setembro), aconteceu nesta quinta-feira (dia 27 de agosto) o terceiro simulado preparatório.
Tal simulado, elaborado de acordo com as normas e estilo das provas da OBMEP, foi uma oportunidade de os estudantes terem uma real noção de como é a prova desta olimpíada, ao mesmo tempo em que se adequam ao tempo de prova e aprendem a controlar o nervosismo.
Com estas ações, a escola pretende garantir que nossos estudantes consigam resultados excelentes nesta olimpíada e possam, assim, trilhar o caminho científico e do saber.

VESTIBULAR UVA 2015.2 - SEGUNDA CHAMADA DE CLASSIFICÁVEIS

A Universidade Estadual Vale do Acaraú divulgou agora há pouco a lista de vagas restantes para a 2ª chamada dos candidatos CLASSIFICÁVEIS do processo seletivo 2015.2.
Eis o quantitativo de vagas:
A chamada dos classificáveis será às 09 horas do dia 28 de agosto de 2015, na PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO - PROGRAD, Campus Betânia.
Perderão o direito à vaga os candidatos que chegarem fora dos horários acima previstos e/ou que não apresentarem a documentação exigida.
Para a matrícula serão exigidos os seguintes documentos, acompanhados respectivos originais:
a) 1 (uma) fotocópia da Carteira de Identidade;
b) 1 (uma) fotocópia do Certificado de Conclusão do Ensino Médio;
c) 1 (uma) fotocópia do comprovante da obrigação eleitoral;
d) 1 (uma) fotocópia do Certificado Militar (para homens).

EX-GOVERNADOR CID GOMES VISITA OBRAS DO RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO DA UVA

Cid Gomes visitou as obras do Restaurante Universitário
da UVA, acompanhado do Reitor Fabianno Cavalcante
de Carvalho e da Vice-Reitora Izabelle Mont`Alverne,
na quarta-feira, 26 de agosto.
O ex-governador Cid Gomes foi recebido na tarde desta quarta-feira, 26 de agosto, no campus da Betânia, pelo Magnífico Reitor da UVA, Fabianno Cavalcante de Carvalho, e a Vice-Reitora Izabelle Mont`Alverne. Em visita de cortesia, Cid Gomes foi convidado a conhecer o canteiro de obras onde está sendo construído o Restaurante Universitário da UVA.
A obra foi iniciada em 7 de maio de 2015 e teve autorização e destinação de recursos, ainda na gestão de Cid Gomes como governador. A construção do equipamento na UVA faz parte das ações da política de assistência estudantil do Governo do Estado para as quatro universidades estaduais, que integram o Sistema de Ciência e Tecnologia do Ceará.
A construção do Restaurante deve ser finalizada em 6 meses e quando estiver concluída e em funcionamento, terá capacidade para servir 1.200 refeições (almoço e jantar) à comunidade universitária dos quatro campi da UVA. O investimento total para a construção do Restaurante é de R$ 1.957.533.62, em recursos do Tesouro do Estado do Ceará, tendo como órgão fiscalizador o Departamento de Arquitetura e Engenharia do Estado (DAE), responsável também pelo projeto arquitetônico. "O ex-governador foi, e ainda tem sido, um grande parceiro e apoiador da UVA, sempre sensível às necessidades da Universidade", disse o Reitor, ao lembrar do apoio de Cid Gomes à UVA, durante o período em que foi governador do Estado.
Também acompanharam a visita do ex-governador, o Pró-Reitor de Planejamento Igor Vieira e o Engenheiro Paulo Dourado, do escritório de projetos da UVA.
Fonte: UVANET

terça-feira, 25 de agosto de 2015

VESTIBULAR UVA - VAGAS REMANESCENTES DO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2

A Universidade Estadual Vale do Acaraú divulgou agora há pouco a lista de vagas restantes para os candidatos CLASSIFICÁVEIS do processo seletivo 2015.2.
Eis o quantitativo de vagas:
A matrícula dos classificáveis dentro do limite das vagas remanescentes será nos dias 26 e 27 de agosto de 2015, na PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO - PROGRAD, Campus Betânia, das 09 às 17 horas, para todos os Cursos.
Perderão o direito à vaga os candidatos que chegarem fora dos horários acima previstos e/ou que não apresentarem a documentação exigida.
Para a matrícula serão exigidos os seguintes documentos, acompanhados respectivos originais:
a) 1 (uma) fotocópia da Carteira de Identidade;
b) 1 (uma) fotocópia do Certificado de Conclusão do Ensino Médio;
c) 1 (uma) fotocópia do comprovante da obrigação eleitoral;
d) 1 (uma) fotocópia do Certificado Militar (para homens).

ENEM 2015: ALUNOS DA REDE ESTADUAL TERÃO AULÕES ONLINE ATRAVÉS DO CED

Alunos da rede estadual que se preparam para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2015 poderão participar de um curso online para reforçar os conteúdos vistos em sala de aula na área de atualidades. As atividades serão realizadas de 01 de setembro a 01 de outubro próximo e ofertadas pelo Centro de Educação a Distância do Estado do Ceará (CED), órgão vinculado à Secretaria da Educação (Seduc), sediado em Sobral. As inscrições podem ser feitas através do link: https://goo.gl/d1Vtgf.
Conforme o diretor do CED, Herbert Lima, os aulões vão acontecer durante a semana no auditório principal do Centro com capacidade para até 800 estudantes. Além disso, estão programadas aulas de conteúdos específicos aos sábados. “Os alunos que estão em outros municípios podem acompanhar tudo pela internet" - ressalta o gestor.
CED
O CED é um órgão público estadual que oferta ensino presencial e semipresencial para professores, estudantes e a comunidade da Capital e do Interior. Tem como objetivo colaborar para a melhoria da educação no Estado, através de formações que aproximem e utilizem as novas tecnologias como ferramenta de aceleração para o conhecimento. A estrutura é composta de quatro auditórios com capacidades moduláveis de 100 a 600 pessoas, 20 salas de aulas, laboratórios e estúdios de tv com equipamentos de videoconferência.
Os aulões serão também transmitidos ao vivo pelo canal do CED no YouTube (https://www.youtube.com/user/cedceara).
Outras informações: Fone: (88) 3695.1950 - www.ced.seduc.ce.gov.br

CALENDÁRIO DAS AULAS DE ATUALIDADES
1 DE SETEMBRO DE 2015
Aulão de Atualidades
19h10 às 20h30
Geografia - Romão
Física – Ilan Rodrigues

9 DE SETEMBRO DE 2015
Aulão de Atualidades
19h10 às 20h30
Geografia – George Wilton
Biologia – Serginho

14 DE SETEMBRO DE 2015
Aulão de Atualidades
19h10 às 20h30
História – Sergio Feitosa

22 DE SETEMBRO DE 2015
Aulão de Atualidades
19h10 às 20h30
Geografia – Rafael Rocha
Geografia - Romão

1 DE OUTUBRO DE 2015
Aulão de Atualidades
19h10 às 20h30
Biologia – Lyndon Jonhson
Química - Hugo Peixoto

UVA INICIA MATRÍCULA DE ALUNOS APROVADOS NO VESTIBULAR 2015.2. CLASSIFICÁVEIS FARÃO MATRÍCULAS NOS DIAS 26 E 27 DE AGOSTO

PROGRAD iniciou a matrícula dos aprovados no
Vestibular 2015.2, nesta segunda-feira, 24 de agosto,
no campus da Betânia.
A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da UVA (PROGRAD) iniciou nesta segunda-feira, 24 de agosto, no campus da Betânia, as matrículas dos 875 candidatos aprovados no Vestibular 2015.2. No primeiro dia foram matriculados os candidatos aprovados para os cursos de Administração, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Ciências da Computação, Ciências Sociais, Direito, Educação Física, Enfermagem e Engenharia Civil. No dia 25 serão matriculados os aprovados para os cursos de Filosofia, Física, Geografia, História, Letras, Matemática, Pedagogia, Química, Tecnologia em Construção de Edifícios e Zootecnia.
As vagas remanescentes para os classificáveis serão divulgadas a partir das 20h desta terça-feira, 25 de agosto, na página da UVA na Internet e na PROGRAD, no campus da Betânia. A matrícula dos candidatos classificáveis, para todos os cursos, será nos dias 26 e 27 de agosto, no horário das 9h às 17h. "Se ainda restarem vagas, após a matrícula dos classificáveis, a PROGRAD divulgará, a partir das 20h do dia 27 de agosto, o número de vagas para a chamada dos classificados seguintes", explica a Diretora do Departamento de Ensino de Graduação (DEG), Professora Jônia Albuquerque.
A chamada dos classificáveis seguintes será a partir das 9h da manhã da sexta-feira, 28 de agosto, na PROGRAD, e "perderão o direito à vaga os candidatos que não estiverem presentes à chamada", acrescenta a Diretora do DEG.
Saiba mais: (88)3611-6836 e 3611-6652.
Fonte: UVANET

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

EDUCAÇÃO BÁSICA - INEP ABRE SELEÇÃO PARA COMPOR O BANCO DE COLABORADORES DE ITENS

Professores e pesquisadores interessados em participar da seleção e credenciamento para o Banco de Colaboradores do Banco Nacional de Itens (BC-BNI) têm de 24 de agosto a 11 de setembro para se inscrever. As regras para a inscrição estão no edital nº 16/2015.
Os selecionados irão subsidiar o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nas atividades de revisão e aperfeiçoamento técnico-pedagógico e teórico dos questionários contextuais utilizados nas avaliações e exames da educação básica. Esse procedimento complementa o trabalho do Inep na realização de levantamentos estatísticos e avaliativos da educação básica.
As três avaliações do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) - Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb), a Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc) e Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA) - são acompanhadas de questionários que são aplicados aos professores e diretores. Eles permitem coletar informações sobre gestão escolar, formação docente, infraestrutura e organização pedagógica. Nas avaliações Aneb e Anresc também são aplicados questionários aos alunos e um formulário sobre a escola também é preenchido para que possa levar em consideração o contexto dos alunos e da escola na avaliação.
No Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), por sua vez, um questionário socioeconômico foi elaborado a fim de promover o desenvolvimento de estudos sobre fatores associados ao desempenho dos participantes.
Acesse aqui o edital.
Faça sua inscrição a partir de 24 de agosto.
Fonte: INEP

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

ESCOLA MARIETA CALS PARABENIZA SEUS ESTUDANTES APROVADOS NO VESTIBULAR UVA

Mesmo com a resolução do Conselho Estadual de Educação não mais permitindo o avanço de estudos, diversos estudantes EMC (quase todos mesmo antes de terminar o ensino médio) resolveram fazer o vestibular UVA 2015.2 "para testarem seus conhecimentos", e acabarem se saindo muito bem no teste.

Foram APROVADOS os seguintes estudantes:
- BARBARA ELLEN BRITO DE LIMA (13º lugar - Administração);
- BENICIO ARAUJO AZEVEDO (6º lugar - Biologia);
- ALINE ROMAO DOS SANTOS (13º lugar - Ciências Sociais);
- CIRO MARTINS FERREIRA (33º lugar - Filosofia);
- FRANCISCA FLAVIA CARVALHO CARDOSO (24º lugar - Física);
- JOÃO VITOR CASTRO DE MORAIS (8º lugar - Geografia);
- FRANCISCA PATRICIA ROCHA DE ANDRADE (33º lugar - Letras Português);
- FRANCISCO LEANDRO FERNANDES FARIAS (5º lugar - Tecnologia da Construção de Edifícios);
- CINTHIA DE HOLANDA TELES (10º lugar - Tecnologia da Construção de Edifícios);
- JOSÉ VENICIO SILVA PAULO (32º lugar - Tecnologia da Construção de Edifícios);
- ALEX DOS SANTOS RODRIGUES JUNIOR (38º lugar em Zootecnia).

Além destes, outros ficaram em posições invejáveis dentre os classificáveis. Foram eles:
- JUAN CAMILO DE PAULA (2º classificável de Ciências da Computação);
- CRISTINA DA SILVA FERNANDES (1º classificável de Enfermagem);
- ANA CAROLINE VEIGA MAGALHÃES (7º classificável de Filosofia).

A Escola Marieta Cals parabeniza a todos os seus aprovados, na certeza de que, em dezembro, estes mesmo estudantes farão companhia a outros mais na Universidade.

RELAÇÃO DE OBRAS E AUTORES INDICADOS PARA O PROCESSO SELETIVO UVA 2016.1

As obras para o vestibular UEVA 2016.1 já foram divulgadas. Tratam-se dos livros a seguir:
1. Dona Guidinha do Poço, de Manuel de Oliveira Paiva;
2. Olhai os Lírios do Campo, de Érico Veríssimo;
3. Menino de Engenho, de José Lins do Rego;
4. A Escrava Isaura, de Bernardo Guimarães;
5. O Grande Mentecapto, de Fernando Sabino.

RESULTADO - SELEÇÃO DE TUTORES E MONITORES DO PJF DA ESCOLA MARIETA CALS

A Escola Marieta Cals vem a público divulgar a relação de aprovados para tutoria e monitoria do Projeto Jovem de Futuro (PJF).
Os tutores são estudantes universitários que desenvolverão projetos de aulas de reforço nesta instituições de ensino. Por outro lado, os monitores são estudantes do 2º ou do 3º ano, que desenvolverão atividades de aprendizagem cooperativa junto aos estudantes do 1º ano.
Eis os aprovados.
TUTORIA DE LÍNGUA PORTUGUESA

TUTORIA DE MATEMÁTICA

MONITORIA DE LÍNGUA PORTUGUESA

MONITORIA DE APOIO PEDAGÓGICO

MONITORIA DE MATEMÁTICA

Para maiores informações, procurar a coordenadora Aricinha, coordenadora do PJF na Escola Marieta Cals, ou pelo telefone (88) 3646 13 43.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

HOMENAGENS, ANIMAÇÃO E GINCANAS MARCAM O DIA DO ESTUDANTE NA ESCOLA MARIETA CALS


Uma palavra de incentivo no dia a dia de stress e corre-corre, um gesto de gratidão e reconhecimento, o colhimento de grandes resultados frutos de trabalho intenso. As grandes felicidades da (às vezes) espinhosa missão do magistério invariavelmente estão relacionadas com eles, a força propulsora que mantêm professores motivados a trabalhar duro, não poderia estar falando de ninguém mais além, evidentemente, deles: os estudantes.
Romântico, sonhador, idealista, esses são alguns adjetivos usados (espantosamente) de forma pejorativa para se referir aos profissionais que têm esse pensamento, mas uma dose de amor ao que faz nunca é demais. É claro que em certos casos existem outras razões impulsionadoras, como dar sustento à família, proporcionar conforto e bem-estar, mas apenas os estudantes são o elemento comum na vida de todo professor.
Além de todo esforço cotidiano no preparo das melhores aulas, planejamento e realização de grandes projetos, oferta de aulas extras no contraturno, na Escola Dona Marieta Cals o dia 11 de Agosto (Dia do Estudante), não poderia passar em branco sem uma homenagem especial.
Como já é habitual, a abertura do evento teve fala da diretora Livramento Dias, que ao final de seu discurso convocou todos os professores e alunos para cantarem o hino municipal de Cariré, uma novidade que irá se tornar um hábito em nossos eventos. 
Professores de História ainda fizeram um breve discorrimento histórico sobre a origem da data comemorativa, e o seu significado, mencionando ainda o papel fundamental dos estudantes em diversos processos históricos de grande relevância.
Uma surpresa especial também foi preparada num belo vídeo contendo fotografias de momentos especiais da nossa escola, tendo ao fundo a leitura de uma mensagem de afeto e motivação.
Em todos os turnos foi realizada uma série de atividades que incluiu muita descontração, desafios, testes de conhecimento e irreverência. Gincana com teste dos sentidos: tato, paladar, mímicas, perguntas e respostas, tarefas que requereram explosão e preparo físico, enfim, uma mistura brincadeiras divertidas que demandaram preparo físico e intelectual.
A animação ficou por conta dos próprios estudantes, que se mobilizaram e com o apoio da Igreja de Deus no Brasil na cessão dos instrumentos, proporcionaram música ao vivo de primeira qualidade. 
Nós da Escola Dona Marieta Cals, desejamos para os estudantes, de todos os níveis e modalidade, que todo esforço e noites mal dormidas sejam coroados com muito sucesso, e é claro, que permaneçam por muito e muito tempo comemorando esse dia. Afinal de contas, a vida possui muitas etapas de estudo, e conhecimento nunca é demais. 
Rodrigo Sousa Ferreira
Professor de História na Escola de Ensino Médio Dona Marieta Cals

terça-feira, 4 de agosto de 2015

APEOC NA SEDUC (04/08): REAJUSTE DO PISO NA REGÊNCIA DE CLASSE, PAGAMENTO PASEP, DENTRE OUTROS

O Sindicato APEOC reuniu-se, na manhã de hoje (04/08), com a Coordenadoria de Gestão de Pessoas da Secretaria da Educação do Estado, COGEP-SEDUC.
As demandas abaixo apresentadas fazem parte da Pauta Emergencial dos Profissionais da Educação referente à esta Coordenadoria:
Reajuste do Piso na Regência de Classe e outros descontos
O Sindicato APEOC identificou e levou ao conhecimento da COGEP-SEDUC reivindicação de correção e pagamento de diversos professores que não tiveram a repercussão do reajuste do piso na regência de classe. 
A SEDUC informou que até o momento poucos casos foram identificados.
Questionada pelo Sindicato APEOC sobre a necessidade de o professor requerer a correção e restituição, por parte do Estado, da diferença do valor pago a menor da gratificação de regência de classe, a Coordenadora de Gestão de Pessoas disse que a SEDUC já solicitou à Secretaria de Planejamento e Gestão – SEPLAG relatório detalhado para que a correção seja feita automaticamente sem a necessidade do servidor requerer tal correção.
Em relação a qualquer outro desconto indevido ou algum eventual erro no pagamento de servidor, o profissional da educação deve comunicar ao Sindicato APEOC e/ou a COGEP-SEDUC, no Setor de Pagamento, para que sejam tomadas as devidas providências.
Pagamento do PASEP Exercício 2015/2016
Em regra, o pagamento do abono do PIS/PASEP ou dos rendimentos para quem tem esse benefício é feito na folha de agosto; porém, no ano de 2014, não houve a migração do PASEP para a folha de pagamento, de modo que o pagamento do PASEP de 2014 foi feito pelo Banco do Brasil.
O Sindicato APEOC reivindica que o pagamento do PASEP seja feito na folha de pagamento.
Para o Exercício 2015/2016, a SEDUC aguarda informação da SEPLAG sobre a forma do pagamento, se em folha ou no Banco do Brasil, e comunicará, com antecedência, ao Sindicato APEOC e às CREDES/SEFOR.
Reajuste do PISO e a PNI
Na oportunidade foi confirmada que a revisão do reajuste do piso não incide sobre a Parcela Nominalmente Identificável – PNI em face de a lei nº 14.431 de 2009, que criou a PNI, estabelecer, em seu artigo 12, a forma de revisão da parcela de forma que a mesma será revista na mesma data e no mesmo índice da revisão geral dos servidores civis estaduais, o que ocorre em janeiro de cada ano.
Redução na Contratação Temporária
O Sindicato APEOC questionou a exoneração de professores contratados temporariamente, especialmente da maneira como foi feita: em pleno retorno às aulas.
Nosso Sindicato demonstrou preocupação sobre os efeitos da redução de tais profissionais e cobrou da SEDUC explicações, especialmente sobre eventuais prejuízos ao funcionamento da escola.
A representante da SEDUC disse que a redução não está ocorrendo em sala de aula e sim em “outras lotações”; que o objetivo, além de racionalizar a aplicação do recurso público, é de correção de lotações em desacordo com a Portaria que trata das Diretrizes de Lotação da Secretaria da Educação.
Disse ainda que a orientação recebida pelo Gabinete da Secretaria da Educação é de não deixar de ofertar o serviço e que isso está sendo preservado.
Recolhimento Previdenciário dos Professores Contratados por Tempo Determinado e Comissionado sem vínculo efetivo
O Sindicato APEOC relatou que recebeu algumas reclamações de professores contratrados por tempo determinado (temporários) dando conta do não registro da contribuição previdenciária junto ao INSS.
A representação da SEDUC informou que o recolhimento é feito normalmente com dados em arquivo elaborado pela SEPLAG e enviado até o dia 07 de cada mês.
Disse que as informações previdenciárias, constante na Guia de Recolhimento Previdenciário de professores temporários que trabalharam no período de 2000 a junho de 2003, se encontram nas CREDES e SEFOR, e que a partir de julho de 2003 as informações estarão disponíveis na sede da SEDUC.
O Sindicato APEOC alerta os professores temporários e comissionados sem vínculo sobre a importância de acompanhar o recolhimento previdenciário junto ao INSS.
O extrato é disponível nas agências do INSS, no site da previdência e através da Consulta Integrada às Informações do Trabalhador – CNIS (antes é necessário cadastrar senha em agência do INSS), além dos terminais do Banco do Brasil.
Ao verificar que não há informação de contribuição previdenciária a partir do CNPJ da Secretaria da Educação referente ao período trabalhado, o professor temporário ou o servidor comissionado sem vínculo efetivo com o Estado, deve procurar agência do INSS para saber o ocorrido e, neste caso, solicitar do funcionário do INSS que expeça Carta de Exigência à SEDUC para que a mesma apresente os documentos e informações necessárias à atualização do cadastro; caso não obtenha êxito, procure diretamente a CREDE-SEFOR ou a SEDUC.
Dia Nacional dos Profissionais da Educação
Fruto da luta nacional do Sindicato APEOC, através da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, a Presidente Dilma Rousseff sancionou, e já foi publicada, a lei nº 13.054, de iniciativa do Senador Paulo Paim, que instituiu o dia 06 de agosto como o Dia Nacional dos Profissionais da Educação.
A lei nº 13.054 é mais uma norma importante na luta pela valorização dos profissionais da educação.
A lei é apenas Comemorativa. Para que seja ponto facultativo para os profissionais da educação ou mesmo feriado é necessário que os Estados e Municípios, entes quem tem competência legal para legislar sobre seus servidores, aprovem leis locais dispondo a respeito - esta é mais uma reivindicação do Sindicato APEOC.
Participaram da audiência, pelo Sindicato APEOC: Reginaldo Pinheiro, Vice-Presidente; e Gorete Leandro, Secretária de Formação.
Pela SEDUC: Giovanna França, Coordenadora de Gestão de Pessoas; e Assessor Técnico de Pagamento, André Luiz e Zaqueu Lima.
Fonte: APEOC

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

FINANCIAMENTO ESTUDANTIL - PROCESSO SELETIVO TEM INÍCIO E VAI ATÉ O DIA 6; NOTA NO ENEM É CRITÉRIO CLASSIFICATÓRIO

Começa nesta segunda-feira, 3, e vai até quinta-feira, 6, às 23h59, o processo seletivo dos estudantes que pretendem obter o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) neste segundo semestre. Nesta edição, as inscrições têm uma única etapa, exclusivamente pela internet.
Podem fazer a inscrição os estudantes que não tenham concluído curso superior, que comprovem renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até dois e meio salários mínimos e ainda tenham participado de alguma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com nota mínima de 450 pontos na média das provas e nota na redação que não seja zero.
O novo sistema de seleção para o Fies usará as notas do Enem como critério classificatório para a concessão do financiamento. A partir de terça-feira, 4, segundo dia de inscrições, o sistema de seleção apresentará as notas de corte parciais para cada curso — a nota de corte é a nota mínima que mantém o candidato entre os selecionados em um curso, com base no número de vagas e no total de inscritos.
O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 10 próximo. Os estudantes classificados com base no número de vagas do curso serão pré-selecionados na chamada única e devem concluir o processo no Sistema Informatizado do Fies (SisFies), no período de 13 a 22 próximo.
O cronograma e demais procedimentos relativos ao processo seletivo do Fies deste segundo semestre constam do Edital nº 21/2015 da Secretaria de Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação, publicado no Diário Oficial da União de 27 de julho último.
Fonte: MEC

sábado, 1 de agosto de 2015

GOVERNO DO ESTADO REDUZ NÚMERO DE PROFESSORES

A redução de contratos temporários deve ocorrer já em agosto. Seduc garante que não haverá impacto em sala de aula
O segundo semestre escolar começará com menos professores na rede estadual de ensino. A Secretaria da Educação (Seduc) determinou às escolas que haja redução imediata do número de contratos temporários de docentes nos laboratórios de Ciências e Informática, no Serviço de Assessoramento Pedagógico e no Programa Mais Educação. A medida, conforme O POVO apurou, é justificada pela pasta como indicação de órgãos de controle social e de gestão da administração pública. Outras ações do tipo poderão ser executadas em 2016.
"O universo do apoio pedagógico é complementar à sala de aula. Quando se retira professores da biblioteca, deixa-se de fortalecer a prática da leitura. No laboratório de informática, se enfraquece um dos principais pilares de aprendizagem do século. O campo do estudante pode se restringir a quatro paredes", avaliou o diretor de uma das escolas estaduais do Estado, que preferiu não se identificar. Para ele, a redução de contratos temporários demonstra a deficiência financeira do Governo. "Em julho, o governador anunciou o reajuste salarial equivalente ao piso. Mas agora demonstra que não tinha capacidade financeira", avaliou o professor.
Conforme O POVO apurou, a Seduc identificou que o Sistema Integrado de Gestão Escolar (Sige) do Estado possui uma grande proporção de carga horária fora da regência, ou seja, fora da sala de aula. Foram registradas 227 mil horas semanais (equivalente a 5.675 contratos temporários de 40 horas) e, destas, 104 mil horas estão vinculadas a professores de contrato temporário. As outras 123 mil horas são de professores efetivos que estão em atividades fora de sala de aula, o que impacta na necessidade de contratação.
O POVO solicitou à Seduc a quantidade de professores demitidos e a razão da medida. Através de nota, a secretaria afirmou que está fazendo "um ajuste de lotação" junto às Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes) e Superintendência das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor) e esclareceu que a ação não afeta a regência de sala de aula e os serviços de apoio pedagógico existentes. "No momento, cada Crede/Sefor faz um estudo de sua realidade para redimensionamento da lotação", cita a nota.
O presidente do Sindicato dos Professores e Servidores do Ceará (Apeoc), Anízio Melo, afirmou que, desde o início do ano, a categoria sabia sobre uma redução de 20% no custeio da Educação. Conforme ele, o sindicato ainda está mapeando o total de professores temporários que serão demitidos. "Não temos um levantamento ainda, mas situações pontuais. Mas a medida não pode afetar a continuidade dos trabalhos nos laboratórios", destacou.

CERCA DE 17 MIL ESTUDANTES AINDA AGUARDAM COMPUTADORES DO ESTADO

Os equipamentos foram prometidos como premiação para quem atingisse uma nota mínima no Enem e no Spaece, em 2013 e 2014. 16.614 alunos aguardam a premiação. Alguns estudantes já estão na faculdade
O estudante Adriel Pinheiro aguarda computador
prometido pelo Governo do Estado desde 2013
Se tivesse recebido o computador prometido pelo Governo do Estado ainda em 2014, o estudante do curso de Ciências Sociais, da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Adriel Pinheiro, 18, teria a vida mais fácil. “Hoje, eu preciso recorrer aos meus amigos ou a uma lan house. O problema é que nem sempre os equipamentos dos conhecidos estão disponíveis e eu tenho que gastar muito dinheiro”, lamenta. Aluno da escola pública no ensino fundamental e médio, Adriel conseguiu a premiação ao se destacar, ainda no 2º ano, no Exame Nacional do Ensino Médio, no fim de 2013, mas, até o momento, ainda não recebeu o notebook.
Um total de 16.614 alunos da rede pública que tiveram bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e no Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece), em 2013 e 2014, ainda esperam receber os notebooks prometidos pelo Governo do Estado. A premiação é garantida pela lei nº 14.483, de 2009, reformulada em 2012 através da lei nº 14.691. Nela, alunos das três séries do ensino médio de escolas estaduais devem receber computadores se atingirem médias satisfatórias tanto no Enem quanto no Spaece.
As pontuações mínimas para receber o prêmio são 325 pontos em Língua Portuguesa e 350 pontos em Matemática, na avaliação do Spaece. Já para o Enem, a nota menor é 540 para alunos do 2º ano do ensino médio e 560 pontos para os alunos do 3º ano. A espera pelos equipamentos foi noticiada pelo O POVO em março e em junho deste ano.
O vice-presidente do Sindicato dos Professores e Servidores no Ceará (Apeoc), professor Reginaldo Pinheiro, afirma que o sindicato solicitou uma pauta para discutir com o Estado a questão. “O Governo deve explicar a razão da demora dos computadores. É uma cobrança para se ter respeito à legislação”, diz.
Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) informa que realizou licitação para a compra de 32 mil computadores, relativos aos anos de 2013 e 2014, conforme orienta a Lei de Licitações 8.666/93. O restante dos computadores deve ser destinado ao alunos que alcançarem as notas este ano. O processo continua em andamento na Central de Licitações da Procuradoria Geral do Estado (PGE). A licitação foi realizada no último dia 6 e agora está na fase de homologação.

ENEM - EDIÇÃO DESTE ANO DO EXAME TERÁ 7,7 MILHÕES DE PARTICIPANTES

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 terá 7.746.057 participantes. O dado foi divulgado nesta sexta-feira, 31, pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que realiza o exame.
As provas serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro, em todos os estados e no Distrito Federal. Os portões serão abertos ao meio-dia e fechados às 13h (de Brasília). Já o exame vai começar às 13h30. O período total de duração das provas permanece de quatro horas e meia no sábado e cinco horas e meia no domingo.
Oportunidades - A nota do Enem é usada como critério de acesso à educação superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em 115 instituições públicas, e do Programa Universidade para Todos (ProUni). 
A participação na prova é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), participar do programa Ciência sem Fronteiras ou ingressar em vagas gratuitas dos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Estudantes maiores de 18 anos podem obter a certificação do ensino médio por meio do Enem. 
Fonte: INEP

sexta-feira, 31 de julho de 2015

BRASILEIROS SÃO DESTAQUE EM TESTE DE MATEMÁTICA E LEITURA

Estudantes brasileiros do ensino fundamental tiveram, em 2013, desempenho destacado em matemática e leitura, de acordo com o 3º Estudo Regional Comparativo e Explicativo (Terce), realizado pelo Laboratório Latino-Americano de Avaliação da Qualidade da Educação (Llece). Divulgado nesta quinta-feira, 30, em Santiago do Chile, o relatório mostra que o resultado médio dos brasileiros foi significativamente mais alto nas duas disciplinas do que a média dos estudantes dos países participantes. No Brasil, foram avaliados mais de seis mil alunos, em 302 escolas. 
O Terce avaliou uma amostra representativa de alunos de 4º e do 7º anos de cada um dos países. Os estudantes do 4º ano fizeram testes de matemática e linguagem (leitura e escrita). Os do 7º ano, nas mesmas disciplinas e também em ciências. 
Na avaliação da escrita, em comparação à média regional, o país seguiu o padrão, tanto no 4º quanto no 7º anos. Não houve diferença em termos de pontuação total. O rendimento médio do país foi maior no domínio de convenções de legibilidade (segmentação correta de palavras, ortografia e pontuação) e inferior à média regional no domínio discursivo (apropriação do gênero textual-discursivo carta e dos tipos textuais narrativa e argumentação). Em ciências, o Brasil acompanhou a média dos demais países. O documento confirma ainda os avanços e os desafios na superação da crise da aprendizagem que afeta, sobretudo, os mais vulneráveis nos países latino-americanos.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) participa das atividades do Llece de maneira efetiva. No Terce, esteve presente nas etapas de análise curricular, elaboração de itens, pré-teste e aplicação final e na capacitação de equipes para levar adiante o estudo.
Análise — Uma das contribuições do Terce que o distingue de outros estudos internacionais é a análise dos fatores associados aos resultados da aprendizagem. O objetivo é compreender sob quais circunstâncias ocorre a aprendizagem. Essa análise é realizada por meio de questionários dirigidos a diversos participantes dos sistemas educacionais das nações envolvidas. As respostas aos questionários fornecem informações importantes aos tomadores de decisões e ao público em geral, a fim de promover o desenvolvimento da educação e o bem-estar nos países da região.
O estudo é aprofundado em três variáveis gerais dos fatores associados: as características dos estudantes e de suas famílias; as características dos professores, as práticas pedagógicas e os recursos de sala de aula; e as características das escolas que se relacionam com a aprendizagem. 
O relatório de fatores associados mostra que os resultados da aprendizagem se relacionam positivamente com o status socioeconômico das famílias; com o apoio dos pais ao estudante; com a promoção da leitura e com o atendimento prévio à educação pré-escolar.
Em relação à sala de aula, os fatores associados que incidem positivamente nos resultados de aprendizagem são o atendimento e a pontualidade dos professores; a disponibilidade de material didático; o ambiente escolar e as boas práticas de ensino. Ao mesmo tempo, a análise das escolas dos países participantes permite afirmar que, em geral, os sistemas educacionais são pouco inclusivos em termos socioeconômicos, que a violência tem um impacto negativo no desempenho e que os recursos das escolas e sua infraestrutura se associam positivamente à aprendizagem.
Debate — Terceira avaliação da aprendizagem realizada pelo Llece, o Terce faz parte das ações globais do Escritório Regional de Educação da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) para a América Latina e o Caribe. O objetivo da aferição é contribuir para a elaboração de políticas públicas e para o debate na sociedade, ao divulgar dados sobre a qualidade da educação sem exclusão, em favor da garantia do direito à educação.
Esta foi a segunda rodada de resultados do Terce, com dados sobre o processo de aprendizagem dos estudantes da região e os fatores associados a esse processo. Planejadas e desenvolvidas desde 2010, as atividades resultam do trabalho realizado em países da América Latina e do Caribe, dentre eles, Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Republica Dominicana e Uruguai, além do Brasil. A primeira entrega de resultados ocorreu em dezembro de 2014.
Os estudos desenvolvidos pelo Llece surgiram a partir de acordo firmado por países da América Latina dispostos a melhorar a qualidade educacional por meio de sistemas nacionais de avaliação. Assim, foi realizado o 1º Estudo Regional Comparativo e Explicativo (Perce), que abordou as áreas de linguagem, matemática e fatores associados, aplicado a estudantes da 3ª e da 4º séries (atualmente, 4º e 5º anos) do ensino fundamental. Outro exame foi o 2º Estudo Regional Comparativo e Explicativo (Serce), que avaliou o desempenho dos estudantes do 4º e do 7º anos (3ª e 6ª séries) em matemática e linguagem (leitura e escrita).
Mais informações sobre os estudos regionais comparativos estão acessíveis na página do Inep na internet e também nos escritórios da Unesco em Santiago do Chile, pelo e-mail c.jerez@unesco.org e pelos telefones (+56-2) 2472-4607 e (+56) 99289-0175; e no Brasil, pelos telefones (61) 2106-3536, 9966-3287 e 2106-3538, e pelos e-mails a.guimaraes@unesco.org e d.weber@unesco.org.
Fonte: INEP

quinta-feira, 30 de julho de 2015

NÚCLEO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS DA UVA INICIA PERÍODO DE MATRÍCULA PARA NOVOS CURSOS DE INGLÊS, ESPANHOL E JAPONÊS

O Núcleo de Línguas Estrangeiras da UVA (NUCLE)
funciona no campus da Betânia.
O Núcleo de Línguas Estrangeiras da UVA (NUCLE) iniciou o período de matrículas de alunos novatos e veteranos para o Semestre 2015.2 nos cursos de Inglês (regular, instrumental e avançado), Espanhol (regular) e Japonês (regular). As matrículas são no próprio NUCLE, que funciona no primeiro andar do bloco do Curso de Pedagogia (antigo NDC), no campus da Betânia. O horário de atendimento é das 8h às 12h e das 14h às 18h.
Os alunos novatos devem apresentar Documento de Identidade e CPF. A taxa de matrícula, no valor de R$70,00 deverá ser paga por meio de boleto bancário, emitido no NUCLE. Os alunos veteranos também devem fazer matrícula presencialmente. As aulas terão início no dia 3 de agosto de 2015.
Saiba mais: (88)3611-6423; nucle@uvanet.br.
Fonte: UVANET

UVA ABRE INSCRIÇÕES PARA NOVOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE E CIÊNCIAS CONTÁBEIS

A Pró-Reitoria de Educação Continuada da UVA (PROED) abriu inscrições para novos cursos de especialização nas áreas de Saúde e Ciências Contábeis. Os cursos são oferecidos em Sobral e as pré-inscrições podem ser feitas na PROED, no campus da Betânia, ou na página da UVA na Internet, em www.uvanet.br, acessando o ícone “Pós-Graduação”, no alto da página.
As aulas dos cursos de especialização são ministradas no Centro
de Ciências da Saúde da UVA (CCS), no campus do Derby.
O Curso de Especialização em Auditoria em Saúde é voltado a profissionais que atuam na Gestão de Secretarias da Saúde e em Planos Privados da Saúde, capacitando-os para a “utilização de ferramentas gerenciais relacionadas ao controle, regulação, auditoria e avaliação de Sistemas de Serviços de Saúde e Redes de Atenção à Saúde”, explica o coordenador do curso, Prof. Dr. Francisco Rosemiro G. Ximenes Neto. 
O Curso é direcionado a graduados na área de Saúde (Enfermagem, Medicina, Odontologia, Psicologia, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional, Biomedicina, Veterinária, Educação Física e Biologia) e, também, profissionais de Administração, Contabilidade e Economia. A carga horária do curso é de 450h e aulas quinzenais (sextas-feiras das 19h às 22h e aos sábados, das 8h às 17h).
O Curso de Especialização em Controladoria e Auditoria Contábil abre oportunidade para graduados em Ciências Contábeis e áreas afins para ampliarem seus conhecimentos em Controladoria e Auditoria para atuação em Escritórios de Contabilidade; Instituições Públicas (INSS, SEFAZ, Receita Federal, BACEN); Empresas Privadas; Administrações Públicas; Tribunais de Contas e Universidades. A carga horária do curso é de 405 h e as aulas também são quinzenais (sextas-feiras das 18h30min às 22h e aos sábados, das 8h às 17h). Saiba mais: (88)3611-6669.
Fonte: UVANET

segunda-feira, 27 de julho de 2015

FINANCIAMENTO ESTUDANTIL - PROCESSO SELETIVO INICIA EM 3 DE AGOSTO; NOTA NO ENEM VAI BASEAR CRITÉRIOS CLASSIFICATÓRIOS

O processo seletivo dos estudantes que pretendem obter o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no segundo semestre inicia em 3 de agosto próximo e se estenderão até as 23 horas e 59 minutos (de Brasília) do dia 6. O edital que regulamenta a seleção dos estudantes interessados em obter o financiamento foi publicado nesta segunda-feira, 27.
Nesta edição do Fies, as inscrições serão efetuadas em uma única etapa, exclusivamente pela internet. Podem se inscrever os estudantes que não tenham concluído curso superior, que tenham renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até dois e meio salários mínimos e ainda tenham participado de alguma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e obtido nota mínima de 450 pontos na média das provas e nota na redação que não seja zero.
Diferente das edições anteriores, o novo sistema de seleção para o Fies usará as notas do Enem como critério classificatório para a concessão do financiamento. A partir do segundo dia de inscrições, o sistema de seleção apresentará as notas de corte parciais para cada curso — a nota de corte é a nota mínima que mantém o candidato entre os selecionados em um curso, com base no número de vagas e no total de inscritos.
O resultado do processo seletivo será divulgado em 10 de agosto. Os estudantes classificados com base no número de vagas do curso serão pré-selecionados na chamada única e devem concluir o processo no Sistema Informatizado do Fies (SisFies), no período de 13 a 22 de agosto de 2015. As inscrições devem ser feitas no Sistema de Seleção do Fies (FiesSeleção).
O cronograma e demais procedimentos relativos ao processo seletivo do Fies deste segundo semestre constam do Edital nº 21/2015 da Secretaria de Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação, publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 27.
Fonte: MEC

quinta-feira, 23 de julho de 2015

COMISSÃO APROVA DIREITO A MERENDA ESCOLAR PARA PROFESSORES DA REDE PÚBLICA

Professora Dorinha: profissionais da rede escolar
precisam se alimentar adequadamente
durante a jornada estendida de trabalho
A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou na última quarta-feira (15) proposta (PL 457/15) do deputado Dr. Jorge Silva (Pros-ES) que estende o direito à merenda escolar a todos os profissionais de educação da rede pública de ensino básico.
Hoje, o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) é voltado exclusivamente para alunos da educação básica (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos).
O texto garante alimentação ao profissional em educação em atividade, durante o período letivo, nas creches, pré-escolas e escolas da educação básica públicas, bem como nas escolas filantrópicas e comunitárias conveniadas com entes federados.
Relatora no colegiado, a deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO) defendeu a medida. “É preciso criar meios para que os profissionais da rede escolar possam se alimentar adequadamente durante a jornada estendida de trabalho”, afirmou. Ela ressaltou, porém, que o intuito não é destinar aos professores “sobras de alimentação escolar”, o que “apequenaria e desrespeitaria a categoria”.
Tramitação
A proposta tem caráter conclusivo e ainda será analisada pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

ALUNOS FAZEM "PEDÁGIO" NA RUA PARA IR À FINAL DE OLIMPÍADA DE HISTÓRIA

Um grupo de estudantes de Fortaleza está fazendo 'pedágio' nas ruas da capital cearense para poder custear uma viagem para Campinas, onde será realizada a final da ONHB (Olimpíada Nacional em História do Brasil). Segundo um deles, a ideia surgiu após a recusa da secretaria de Educação do Estado em financiar a ida até a cidade paulista.
Sem ajuda, alunos cearenses resolveram pedir dinheiro
no semáforo para ir a Campinas
"Assim que recebemos o resultado [da aprovação na olimpíada], enviamos um ofício para a secretaria com todas as passagens dos alunos. Disseram que iriam procurar um patrocínio até o fim de junho. No último dia do mês nos falaram que não havia verba liberada para esse tipo de viagem", conta Carlos Iury Holanda, de 18 anos, um dos finalistas. "Tentamos qualquer tipo de recurso, mas o que está dando certo mesmo é o pedágio no sinal."
Os estudantes estão pedindo ajuda a motoristas em cruzamentos de Fortaleza desde o começo do mês. Já conseguiram angariar 4 mil reais, mas ainda falta muito. "Ao todo iremos em nove alunos e dois professores. Os custos da viagem giram em torno de 17 mil reais", diz Iury. Por isso, os garotos resolveram apostar ainda em uma vaquinha online.
Iury foi medalhista de ouro na Olimpíada de Língua Portuguesa 2014, maior competição textual do Brasil (nessa edição mais de 50 mil estudantes se inscreveram). Nela, ele teve de produzir um artigo de opinião sobre um tema polêmico de sua cidade. O estudante acabou dissertando sobre o projeto de demolição da praça Portugal.
"Os finalistas viajaram para Brasília para participar de oficinas de escrita. Na minha categoria foram 38 alunos na final, sendo que 4 eram do Ceará", conta. Iury acredita que após a sua vitória na olimpíada de português mais alunos de sua escola começaram a ver que era possível ir bem em torneios do gênero. "A visão dos estudantes mudou, e eles começaram a ficar mais interessados em participar de competições", diz.
Para a final da olimpíada de história, foram selecionadas três equipes com três pessoas da instituição do jovem, a Escola Estadual Renato Braga. Os estudantes já estão fazendo etapas do torneio desde o dia 3 de maio deste ano. "Em uma das fases tivemos que entrevistar alguém que já sofreu preconceito e montar uma reportagem de jornal com o tema", conta.
De 11 mil equipes, apenas 300 times passaram para a etapa final. A 7ª Olimpíada Nacional em História do Brasil acontecerá nos dias 15 e 16 de agosto, em Campinas. O Ceará é o Estado com o maior número de equipes na final.

INSTITUTO CRIA REDE SOCIAL COM CONTEÚDO EDUCATIVO E DE GESTÃO

Ao adotar a ferramenta mais popular dos últimos tempos, o campus de Ceilândia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB) cria rede social própria, fortalece a comunicação entre escola e comunidade e inova nas práticas educacionais. É a IFSocial, rede on-line que funciona basicamente como o conhecido facebook, mas com conteúdos educativos, informativos e também voltados para a gestão escolar.
Ainda em fase experimental, a IFSocial é fruto de projeto de pesquisa dos professores Jocênio Marquios e Laura Misk. “Uma preocupação foi oferecer um ambiente semelhante ao das ferramentas existentes, com o diferencial de que, na nossa rede, teremos controle do conteúdo e poderemos instalar módulos próprios, como fóruns e blogues”, afirma Marquios.
Com o apoio de recursos conhecidos dos usuários de redes sociais, como chat e feed de notícias, a IFSocial possibilitará aos professores a postagem de conteúdos específicos de cada disciplina. Ações de formação profissional e pedagógica dos docentes do instituto também estarão disponíveis na rede. “Isso é compartilhar conhecimento: uma atividade específica de capacitação de professores, mas aberta a todos”, diz Luciano de Andrade Gomes, diretor de ensino, pesquisa e extensão do campus de Ceilândia.
A IFSocial foi criada para proporcionar comunicação e integração entre gestão, servidores e alunos no campus, mas passou a ser um projeto institucional. A rede será incorporada ao domínio do instituto com uma versão acadêmica e outra para a intranet do IFB. “A educação precisa de novas ferramentas que permitam a estudantes e docentes estar mais perto, com linguagem atual”, avalia o reitor do instituto, Wilson Conciani. “Seu uso educacional é um potencial enorme na construção do saber.”
A rede social apresentará conteúdo pedagógico, calendário acadêmico, informações técnicas, agenda de atividades, videoconferências, transmissão on-line, programação de eventos e todos os recursos hoje disponíveis na internet com fins educativos. “Temos a convicção de que a ferramenta não vai ficar só no IFB, mas pode crescer para toda a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, gerando um grande repositório de dados”, diz o professor Marquios.
Fonte: MEC

quarta-feira, 22 de julho de 2015

SUPERCAMPEÕES DA OLIMPÍADA DE MATEMÁTICA DÃO DICAS DE ESTUDOS

Três estudantes falam sobre o que é importante para conquistar medalhas. Rotina de estudos e acreditar no próprio potencial são fundamentais, dizem.
Se para muitos alunos das escolas brasileiras estudar matemática é um tormento, para os premiados na 10ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), ela é um prazer. A disciplina que é o terror dos estudantes ajudou três jovens a começar a conquistar seus espaços na sociedade e a construir carreiras dentro e fora do Brasil. O G1 conversou com Gabriel Fazoli e Alessandro Pacanowski, que são heptacampeões da competição, e com Tábata Pontes, que, após duas vitórias, ganhou uma bolsa de estudos em uma instituição de ensino particular. Eles deram dicas para quem deseja, assim como eles, conquistar uma carreira de sucesso na competição e ser disputado por algumas das melhores instituições de ensino superior no país e no exterior.
Para Gabriel Fazoli, heptacampeão da competição, o segredo para tirar boas notas é manter uma rotina de estudos, mas não necessariamente com um grande volume de estudos. Apenas um pouco a cada dia. "O segredo é ter uma rotina de estudos e estudar um pouco a cada dia", afirmou ele.
O segredo é ter uma rotina de estudos e estudar um pouco a cada dia"
Gabriel Fazoli, heptacampeão da Obmep
Gabriel levou o conhecimento que aplicou na Obmep para a vida. Tanto que está no primeiro ano do curso de matemática da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Ex-aluno da Escola Estadual Rubens Ferreira Martins, ele afirma ainda que, para ter resultados consistentes, é preciso estudar o ano inteiro, para que a matéria seja compreendida, e não decorada.
Questões de lógica
Como a prova da Obmep tem um perfil no qual o estudante procura aplicar o conhecimento ao cotidiano, o exame torna-se mais fácil caso o aluno consiga transportar o conhecimento que aprende na sala de aula para o dia a dia.
"A Obmep trabalha mais com a lógica, então são questões que envolvem alguma matemática, só que elas envolvem mais o raciocício em si. Você pega uma ferramenta que já tem e aplica o raciocínio lógico e acha a resposta", afirma o jovem de 18 anos, da cidade de Urupês, no interior de São Paulo.
Gabriel Fazoli e Alessandro Pacanowski exibem
suas medalhas entre outros estudantes campeões
Outro heptacampeão da Obmep, o carioca Alessandro Pacanowski, também de 18 anos de idade, começa a enfrentar grandes desafios assim como o colega paulista. Em agosto ele embarca para os Estados Unidos para estudar na Universidade Yale, uma das mais prestigiadas do mundo. Ele foi aluno do Colégio Militar do Rio de Janeiro e aconselha aos competidores tentar fazer exercícios de séries mais adiantadas.
"Primeiro tem que gostar de matemática. Se você pegar um livro de uma série mais adiantada do que a sua ou consultar o banco de questões antigas da Obmep, que também é uma boa fonte de estudos... Aí é só querer, estudar e aí você pode ganhar uma medalha", afirma o jovem.
Projeto social
Tentando ajudar outros estudantes que desejam se tornar campeões, Alessandro tem um projeto social com amigos nos quais ensina matemática para pessoas que desejam participar das provas. O projeto Fermat, Formação em Raciocínio Matemático, é um trocadilho com o nome do matemático e cientista francês do século XVII, Pierre de Fermat. O projeto está nas cidades de Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Carlos, Brasília e Teresina.
"A gente tenta incentivar o estudo da matemática. Quando chega alguém fraco, a gente vê a base da pessoa e a trabalha bem. Tem que saber fazer tabuada, as quatro operações, tem que saber fazer equações simples. Aí depois nós começamos a pegar problemas da Obmep mesmo para treinar com eles", afirma Pacanowski.
Ele conta que a competição abriu portas. "Eu comecei na Obmep e consegui participar de olimpíadas maiores, foi para a Olimpíada Internacional na Romênia, na África do Sul, para a Colômbia, Honduras. Eu fui para vários lugares representar o Brasil", conta ele, que acredita que o currículo amplo o ajudou a ser aprovado para estudar em Yale, onde pretende estudar economia, mas quer pegar matérias de várias carreiras diferentes.
Novos voos no exterior
Tábata Pontes, de 21 anos, ganhou duas medalhas de ouro nas Obmep. Ela conquistou o prêmio na 5ª e na 6ª séries. A participação na competição foi interrompida graças a uma oportunidade: os bons resultados fizeram com que ela ganhasse uma bolsa de estudos no Colégio Etapa, em São Paulo, que é particular. Mas mesmo assim, ela continuou participando de outras olímpiadas de conhecimento. Além da matemática, ela se aventurou pela física, química e robótica. "A Obmep foi a porta de entrada para mudar a minha vida", afirma a jovem, que também representou o país em competições internacionais de astrofísica.
A Obmep mudou tanto a vida de Tábata que ela foi aprovada, com bolsa de estudos, em seis universidades americanas. Atualmente, ela está no terceiro ano do curso de ciências políticas, com o curso secundário em astrofísica na Universidade Harvard, nos EUA.
Para ela, acreditar no próprio potencial é fundamental para seguir em frente. "O que me ajudou muito é que eu tive muitas pessoas que acreditaram em mim, quando eu mesma não acreditava. Por isso eu digo que tem que acreditar bastante em você e no seu potencial. Sonhe bem grande", filosofa a jovem.
Para o futuro, Tábata pensa em voltar ao Brasil e trabalhar com educação pública. Ela confessa que realmente é preciso estudar com afinco também fora da sala de aula. "Mas o primeiro passo é se interessar. E ver a prova como algo diferente e divertido. Quando você pega o gosto, é fácil estudar fora da sala de aula."
Tábata acredita que os estudantes brasileiros precisam acreditar mais no próprio potencial. "Rompa essa barreira de 'eu não sou bom em matemática, eu não consigo'. Isso me atrapalhava muito. Eu só consegui as coisa quando eu comecei a pensar: 'Eu acho que eu consigo'. Acredite bastante que vai dar certo."
Fonte: G1