quinta-feira, 24 de julho de 2014

DR. HERISSON MINISTRA PALESTRA A ESTUDANTES EMC

Por ocasião da Olimpíada de Língua Portuguesa, em sua etapa escolar, a Escola de Ensino Médio Dona Marieta Cals realizou uma palestra com o advogado Dr. Herisson Jones sobre “Fumo e álcool na adolescência em Cariré”.
Nossos alunos irão concorrer em duas modalidades da competição, Crônica e Artigo de Opinião. No artigo de opinião os estudantes precisam abordar um tema polêmico constatado na cidade, Cariré. Por meio de uma problematização crítica, os jovens precisam discorrer de forma fundamentada sobre o assunto, por isso a palestra do Dr. Herisson promovida pela área de Linguagens e Códigos, para proporcionar conhecimento técnico e jurídico para a produção dos textos.
A palestra aconteceu nos dois turnos, manhã e tarde, com a atenção velada de todos os alunos do 2º e 3º ano que anotavam tudo que o palestrante dizia: leis, sanções e nomes de entidades. Ao fim da palestra, várias perguntas foram feitas ao Dr. Herisson, que prontamente respondeu a todos os questionamentos com toda paciência característica, deste que já foi aluno e professor da Escola Dona Marieta Cals.
Agradecemos ao Dr. Herisson Jones pela prontidão a se dispor estar na escola em dois turnos, e pela primorosa palestra que manteve todos bastante atentos.

ENSINO-APRENDIZAGEM - PROFESSOR USA EXEMPLOS PRÁTICOS PARA ALUNO ENTENDER MATEMÁTICA

Professor de matemática em duas escolas de Salvador, no subúrbio ferroviário, Vanildo dos Santos Silva desenvolve, desde 2004, o projeto Uso de Materiais Manipuláveis nas Aulas de Geometria com Estudantes em Situação de Defasagem Escolar. O trabalho, que teve início na Escola Municipal da Fazenda Coutos, em um dos bairros mais pobres e violentos da região, surgiu de uma necessidade real, o desafio de ensinar matemática a estudantes com histórico de abandono, evasão e repetência.
“Desde meu primeiro contato com os alunos, percebi que, antes de iniciar qualquer intervenção pedagógica, minha prática docente precisaria ir além da lousa e do giz”, revela Vanildo. “As dificuldades apresentadas estavam evidentes e se constituíam em um desafio pessoal.”
O professor passou a pensar, então, em uma estratégia que apresentasse a linguagem matemática com aspectos concretos do cotidiano dos estudantes, sem perder de vista a parte formal e suas conexões. Sua intenção era propor “um modelo diferenciado” para trabalhar com matemática e assim induzir os estudantes a participar das aulas.
“Qualquer trabalho por meio da valorização de fórmulas, conceitos e propriedades, sem demonstrações, não representaria um modelo eficaz para a melhoria da qualidade de aprendizagem dos estudantes em situação de defasagem escolar”, diz o professor. Assim, em sua proposta de ensino de geometria, ele buscou o que é sugerido pelos parâmetros curriculares nacionais: “Um trabalho que enfatiza a relação entre os conteúdos estudados em sala de aula com as formas geométricas presentes no mundo físico, possibilitando a exploração de formas geométricas planas e espaciais”.
O projeto tenta estabelecer um diálogo entre os quatro blocos de conteúdos da matemática: números e operações; espaço e forma; grandezas e medidas e tratamento da informação. Os estudantes podem assim comparar e discernir aspectos como largura, comprimento, volume, número de faces e vértices, entre outros. “Quando os estudantes foram levados a explorar situações por meio de materiais manipuláveis, sentiram-se mais motivados e, por conseguinte, engajaram-se de maneira mais efetiva nas aulas e alcançaram melhores resultados na aprendizagem”, avalia.
Permanência — A finalidade do projeto está centrada em dois pontos cruciais: a permanência do estudante em sala de aula e a ruptura do autoconceito de “aluno fracassado”. Assim, de acordo com Vanildo, por mais que existam conteúdos que precedam outros, a hierarquização entre eles não deve ser tão rígida como tradicionalmente é apresentada. Os conteúdos devem ser organizados em função de uma conexão, na qual não precisam ser esgotados necessariamente de uma única vez. “Para que o projeto tenha êxito, principalmente na questão da permanência do aluno, é preciso estar atento à ênfase maior ou menor que deve ser dada a cada item, que pontos merecem mais atenção e quais não são tão essenciais”, ressalta o professor.
Segundo Vanildo, o projeto é desenvolvido também com alunos do Colégio Estadual Monteiro Lobato, no mesmo bairro. Ao longo dos anos, o trabalho tem passado por várias adequações.
Com o projeto, Vanildo foi premiado em duas edições do Prêmio Professores do Brasil (2004 e 2013). “Isso representa a confirmação de que esforços como esse podem ser úteis na busca por respostas de como lidar com a situação de defasagem escolar e questões relacionadas às dificuldades de aprendizagem”, ressalta o professor. Há 19 anos no magistério, Vanildo tem licenciatura em matemática e em ciências contábeis e especialização em planejamento e prática de ensino superior.
Fonte: MEC

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - JOVENS SÃO 70,54% DOS 233,4 MIL INSCRITOS NO SISUTEC ATÉ AS 19H DESTE TERCEIRO DIA

Buscar a qualificação profissional e entrar no mercado de trabalho tem sido o caminho escolhido por muitos jovens que pretendem obter vagas para a formação por meio do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Até às 19h desta quarta-feira, 23, 164,6 mil jovens de 18 a 30 anos inscreveram-se no Sisutec, o que representa 70,54% de todos os 233,4 mil inscritos.
As mulheres são maioria, com 133,2 mil candidatas (57,1%).
Nesta segunda edição do Sisutec em 2014, a oferta é de 289.341 vagas em cursos técnicos e gratuitos em instituições públicas e particulares e nos serviços nacionais de aprendizagem (sistema S), distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação.
No momento da inscrição, o candidato pode fazer até duas opções de curso. As vagas serão preenchidas prioritariamente por pessoas que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, em instituições particulares, na condição de bolsistas integrais. Além disso, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota na redação que não seja zero.
Por meio do Sisutec, sistema informatizado do Ministério da Educação, instituições públicas e particulares de educação superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente. Criado em 2013, o sistema integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas em todo o país.
Para conhecer o tipo de formação e os campos de trabalho de cada curso, o candidato a vagas no Sisutec deve consultar o Catálogo de Cursos Técnicos, disponível on-line na página do Pronatec.
Os cursos são gratuitos, assim como a inscrição, que deve ser feita na página do Sisutec na internet.
Fonte: MEC

quarta-feira, 23 de julho de 2014

ENSINO-APRENDIZAGEM - PROFESSOR USA EXEMPLOS PRÁTICOS PARA ALUNO ENTENDER MATEMÁTICA

Professor de matemática em duas escolas de Salvador, no subúrbio ferroviário, Vanildo dos Santos Silva desenvolve, desde 2004, o projeto Uso de Materiais Manipuláveis nas Aulas de Geometria com Estudantes em Situação de Defasagem Escolar. O trabalho, que teve início na Escola Municipal da Fazenda Coutos, em um dos bairros mais pobres e violentos da região, surgiu de uma necessidade real, o desafio de ensinar matemática a estudantes com histórico de abandono, evasão e repetência.
“Desde meu primeiro contato com os alunos, percebi que, antes de iniciar qualquer intervenção pedagógica, minha prática docente precisaria ir além da lousa e do giz”, revela Vanildo. “As dificuldades apresentadas estavam evidentes e se constituíam em um desafio pessoal.”
O professor passou a pensar, então, em uma estratégia que apresentasse a linguagem matemática com aspectos concretos do cotidiano dos estudantes, sem perder de vista a parte formal e suas conexões. Sua intenção era propor “um modelo diferenciado” para trabalhar com matemática e assim induzir os estudantes a participar das aulas.
“Qualquer trabalho por meio da valorização de fórmulas, conceitos e propriedades, sem demonstrações, não representaria um modelo eficaz para a melhoria da qualidade de aprendizagem dos estudantes em situação de defasagem escolar”, diz o professor. Assim, em sua proposta de ensino de geometria, ele buscou o que é sugerido pelos parâmetros curriculares nacionais: “Um trabalho que enfatiza a relação entre os conteúdos estudados em sala de aula com as formas geométricas presentes no mundo físico, possibilitando a exploração de formas geométricas planas e espaciais”.
O projeto tenta estabelecer um diálogo entre os quatro blocos de conteúdos da matemática: números e operações; espaço e forma; grandezas e medidas e tratamento da informação. Os estudantes podem assim comparar e discernir aspectos como largura, comprimento, volume, número de faces e vértices, entre outros. “Quando os estudantes foram levados a explorar situações por meio de materiais manipuláveis, sentiram-se mais motivados e, por conseguinte, engajaram-se de maneira mais efetiva nas aulas e alcançaram melhores resultados na aprendizagem”, avalia.
Permanência — A finalidade do projeto está centrada em dois pontos cruciais: a permanência do estudante em sala de aula e a ruptura do autoconceito de “aluno fracassado”. Assim, de acordo com Vanildo, por mais que existam conteúdos que precedam outros, a hierarquização entre eles não deve ser tão rígida como tradicionalmente é apresentada. Os conteúdos devem ser organizados em função de uma conexão, na qual não precisam ser esgotados necessariamente de uma única vez. “Para que o projeto tenha êxito, principalmente na questão da permanência do aluno, é preciso estar atento à ênfase maior ou menor que deve ser dada a cada item, que pontos merecem mais atenção e quais não são tão essenciais”, ressalta o professor.
Segundo Vanildo, o projeto é desenvolvido também com alunos do Colégio Estadual Monteiro Lobato, no mesmo bairro. Ao longo dos anos, o trabalho tem passado por várias adequações.
Com o projeto, Vanildo foi premiado em duas edições do Prêmio Professores do Brasil (2004 e 2013). “Isso representa a confirmação de que esforços como esse podem ser úteis na busca por respostas de como lidar com a situação de defasagem escolar e questões relacionadas às dificuldades de aprendizagem”, ressalta o professor. Há 19 anos no magistério, Vanildo tem licenciatura em matemática e em ciências contábeis e especialização em planejamento e prática de ensino superior.
Fonte: MEC

terça-feira, 22 de julho de 2014

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - NÚMERO DE INSCRITOS NO SISUTEC PASSA DE 51,8 MIL ATÉ AS 17H30 DO PRIMEIRO DIA

Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Minas Gerais são os cinco estados que registraram o maior número de inscrições de concorrentes a vagas em cursos técnicos no primeiro dia da segunda edição do ano do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Na Bahia foram feitas 11.715 inscrições; no Ceará, 8.451; no Rio Grande do Norte, 7.520; em Pernambuco, 7.516; em Minas Gerais, 7.512.
Até às 17h30 desta segunda-feira, 21, o sistema tinha registrado 51.895 inscritos e 99.171 inscrições — cada candidato pode fazer até duas opções de curso.
Sisutec por estado
As mulheres são maioria, com a 57.693 inscrições. Os cursos mais procurados no primeiro dia são os de técnico em segurança do trabalho, em logística, em enfermagem, em informática e em radiologia.
Cursos mais procurados
Nesta segunda edição do Sisutec em 2014, a oferta é de 289.341 vagas em cursos técnicos e gratuitos em instituições públicas e particulares e nos serviços nacionais de aprendizagem (sistema S), distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação.
As vagas serão preenchidas prioritariamente por pessoas que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou em instituições particulares, na condição de bolsistas integrais. Além disso, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota na redação que não seja zero.
Por meio do Sisutec, sistema informatizado do Ministério da Educação, instituições públicas e particulares de educação superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente. Criado em 2013, o sistema integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas em todo o país.
Fonte: MEC

segunda-feira, 21 de julho de 2014

COMISSÃO DE NEGOCIAÇÃO APEOC - SEDUC DISCUTE VALE ALIMENTAÇÃO, PROGRESSÃO, NOMEAÇÃO, ENTRE OUTROS

Ocorreu, na sede da Secretaria de Educação do Estado do Ceará, o primeiro encontro da Comissão de Negociação APEOC-SEDUC no segundo semestre de 2014, momento em que foi preparada uma Agenda para encaminhamento de alguns pontos da pauta, dentre eles:
- Vale alimentação para professores de contrato temporário com 40 h;
- Extra-classe;
- Progressão de 2014;
- Nomeação dos concursados;
- Ampliação definitiva; e outros.

APEOC COBRA RAPIDEZ NA ASSINATURA E PUBLICAÇÃO DE ATOS DE ESTABILIDADE DE PROFESSORES

O presidente do Sindicato APEOC, Prof. Anízio Melo, esteve, na manhã de quinta feira (17/07), no Palácio da Abolição, sede do governo do estado do Ceará, com o objetivo de acompanhar e cobrar rapidez na assinatura e posterior publicação dos atos de estabilidade de fração remanescente dos professores do concurso de 2009.
O Secretário Executivo Adjunto do Governador, Abreu Dantas, além de receber, em audiência, o Presidente de nossa instituição sindical, que apresentou todos os processos para publicação de estabilidade, em número de 441, também informou que estão concentrados nestes processos, para que o Governador Cid Gomes os assine. Diante do presidente Anízio Melo, declarou "prioridade", a partir da cobrança do nosso sindicato, da efetivação desta demanda.
Atos de Estabilidade e Promoção: Esclarecimentos
O Sindicato APEOC, ainda no final do segundo semestre de 2013, reivindicou à SEDUC celeridade no processo de estabilidade e promoção, o que ocorreu no âmbito das escolas, CREDEs e SEDUC; infelizmente isto não ocorreu na SEPLAG e no Gabinete do Governador.
A partir da reivindicação do Sindicato APEOC, de celeridade nos atos de estabilidade e promoção, pela primeira vez o governo começou a publicar os atos de aprovação de estágio probatório e aceitou os requerimentos de promoção antes da publicação da estabilidade.
A promoção só não é publicada com base no ato de aprovação no estágio probatório em face do entendimento da SEPLAG e PGE, adotada para todos os servidores públicos, que a promoção só poderá ocorrer a partir da publicação dos atos de estabilidade.
Antes o professor só poderia ingressar com o pedido de promoção depois de publicar a estabilidade e tinha grande prejuízo financeiro diante da histórica demora na publicação das estabilidades.
Desse modo, de acordo com o artigo 24 da Lei 12.066 (Plano de Carreira dos Profissionais do Magistério do Estado do Ceará) a promoção dar-se-á automaticamente observado o prazo máximo de 90 (noventa) dias contados da entrada do requerimento no órgão competente. Com base nesse entendimento, as promoções serão pagas retroativas a partir de 90 dias, considerando que a administração tem até esse prazo para implantar.
O Sindicato APEOC continuará acompanhando e cobrando do Governo do Estado urgência na publicação dos atos de estabilidade, para que, em seguida, sejam publicados os atos de promoção dos professores, que já estão prontos na COGEP/SEDUC, aguardando apenas publicação dos atos de estabilidade, para que o pagamento seja feito de forma retroativa.
Fonte: APEOC

SISUTEC OFERECE VAGAS EM SOBRAL

Estudantes que fizeram o ENEM em 2013 têm uma chance a mais para conseguir vaga utilizando as notas deste exame. É que estão abertas de hoje (dia 21) até sexta-feira (dia 25) as inscrições para vagas em cursos técnicos pelo SISUTEC.
A novidade é que, desta feita, temos 72 vagas ofertadas em Sobral.
Eis o quadro de vagas a seguir.
Estudantes interessados em fazer a sua inscrição podem procurar a Escola Marieta Cals, caso tenham alguma dúvida.

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - TERCEIRA EDIÇÃO DO SISUTEC OFERECE 289,3 MIL VAGAS; INSCRIÇÕES A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA

A educação profissional abre 289.341 vagas em cursos técnicos gratuitos para jovens e adultos com ensino médio completo que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013 e não tenham tirado zero na redação. As inscrições devem ser feitas pela internet a partir de segunda-feira, 21, até sexta-feira, 25, pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). 
Ao anunciar, nesta sexta-feira, 18, a abertura de vagas da terceira edição do Sisutec, o ministro da Educação, Henrique Paim, destacou que os jovens compreendem e consideram importante a qualificação profissional. Segundo Paim, são cursos nos quais o jovem que já concluiu o ensino médio faz uma complementação na formação que lhe permite obter certificado profissional de nível médio. “É muito importante para o país porque o Brasil necessita não só de profissionais com educação superior, mas também no nível técnico para todos os setores, seja de serviços, seja da indústria, seja da agricultura”, disse o ministro.
As vagas do Sisutec estão distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação. Na região Sudeste, o estado de São Paulo oferece o maior número de vagas (79.274), distribuídas em instituições de 75 municípios. Na região Sul, o Rio Grande do Sul, abre 20.527 vagas em 37 cidades. No Nordeste, instituições do Ceará têm 10.343 vagas em quatro municípios. No Centro-Oeste, o Distrito Federal se destaca, com 8,3 mil vagas. No Norte, o Amazonas aparece com 7.615 vagas em três municípios. 
Os cursos desta edição do Sisutec compreendem diversas áreas do conhecimento técnico, com destaque para os setores de saúde, informática e logística. Do conjunto de 289.341 vagas, 85% são destinadas a estudantes que tenham cursado o ensino médio em escola pública ou, na rede particular, como bolsistas integrais.
Instituições — Aderiram ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), onde o Sisutec está inserido, instituições públicas e particulares, como os institutos federais de educação profissional, científica e tecnológica; escolas técnicas vinculadas às universidades federais; escolas técnicas estaduais e municipais; serviços nacionais de aprendizagem (sistema S); instituições de educação superior particulares e escolas técnicas de nível médio privadas, habilitadas pelo Ministério da Educação.
Chamadas — A relação dos aprovados na primeira chamada será divulgada no dia 29 próximo. Para garantir a vaga, o candidato deve fazer a matrícula, na instituição em que pretende estudar, no dia 30 próximo e em 1º de agosto. A segunda chamada está prevista para 5 de agosto, com matrícula no período de 6 a 8 do mesmo mês.
A inscrição para a terceira edição do Sisutec deve ser feita na página do sistema na internet. O candidato deve informar o número da inscrição e a senha usados no Enem de 2013.
Fonte: MEC

sexta-feira, 18 de julho de 2014

ESCOLA MARIETA CALS DIVULGA RESULTADO DA SELEÇÃO DE TUTORES

A Escola Marieta Cals esteve promovendo nos dias 17 e 18 de julho a seleção de tutores para o projeto Jovem de Futuro. Tais tutores atuarão junto aos monitores desenvolvendo ações de melhoria na qualidade da aprendizagem de nossos alunos.
Foram ofertadas 3 vagas para tutores de português e 4 para tutores de matemática. Concorreram a tais vagas estudantes de cursos como matemática, física, administração, letras – inglês e letras – português.
Como forma de seleção foram realizadas prova escrita, entrevista e redação (exclusiva para concorrentes a vagas de português).
A seguir, eis o resultado da seleção.
RESULTADO FINAL – MATEMÁTICA
CLASSIF.
NOME
PROVA
REDAÇÃO
ENTREVISTA
TOTAL
SITUAÇÃO
ANDRESSA FERNANDES PORTELA
8,0
-
20,0
28,0
CLASSIFICADO
ANTONIA ISAMARA DA SILVA CARNEIRO
7,0
-
20,0
27,0
CLASSIFICADO
FRANCISCO FÁBIO DOS SANTOS VIEIRA
6,0
-
15,0
21,0
CLASSIFICADO
ANTONIO JUAN MELO DE PAIVA
7,0
-
10,0
17,0
CLASSIFICADO
FRANCISCO ALAN MELO PAIVA
7,0
-
8,0
15,0
NÃO CLASSIFICADO
THIAGO ANDRADE CARNEIRO
6,0
-
8,0
14,0
NÃO CLASSIFICADO

RESULTADO FINAL – PORTUGUÊS
CLASSIF.
NOME
PROVA
REDAÇÃO
ENTREVISTA
TOTAL
SITUAÇÃO
CLEICIANA RODRIGUES BRITO
7,0
7,5
20,0
34,5
CLASSIFICADO
ALICE RODRIGUES DE SOUSA
10,0
7,0
15,0
32,0
CLASSIFICADO
NOÉLIA ADELAIDE DE SOUZA
6,0
6,0
15,0
27,0
CLASSIFICADO

MAIS 6 ESTUDANTES EMC SÃO APROVADOS NO VESTIBULAR UEVA

A Universidade Estadual Vale do Acaraú (UEVA) divulgou na manhã desta sexta-feira (dia 18) a quantidade de vagas remanescentes do vestibular. Desta feita, 261 vagas estão disponíveis para os classificáveis, os quais deverão se apresentar no dia 21 de julho (segunda-feira) para efetuar a matrícula.
Os aprovados deverão levar cópia e original dos seguintes documentos:
- RG;
- certificado de conclusão do Ensino Médio;
- comprovante de votação;
- carteira de reservista (para homens).
Com a chamada dos classificáveis, a Escola Marieta Cals foi agraciada com mais 6 aprovações. Foram elas:
- Antônio Almir Damascena Melo (3º classificável em História) – Egresso de 2013 frequentando o PRU;
- Camila da Silva Carneiro (1º classificável em Geografia) – Egressa de 2013 frequentando o PRU;
- Cleane dos Santos de Medeiros (5º classificável em História) – Egressa de 2013 frequentando o PRU;
- Francisca Camila Rocha de Andrade (3º classificável em Pedagogia) – Egressa de 2011 frequentando o PRU;
- Francisca das Chagas Mesquita Sousa (3º classificável em Química) – Aluna do 3º ano;
- José Kelton Ribeiro (7º classificável em Geografia – licenciatura) – Egresso.
Com estas aprovações, a Escola Marieta Cals completa 18 aprovações no vestibular UEVA 2014.2, totalizando 34 aprovações apenas em 2014.

REALIZADA NA UVA PALESTRA SOBRE O SISU

Ocorreu, na tarde de quinta-feira, 17, no Auditório do Centro de Ciências Agrárias e Biológicas, nocampus Betânia, da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), palestra com o tema “Sistema de Seleção Unificada (SISU)”, ministrada pela professora Lilian Carvalho do Nascimento, coordenadora geral de Projetos para a Graduação, vinculada à Diretoria de Políticas e Programas de Graduação da Secretaria de Educação Superior, do Ministério da Educação. Ela explicou o que é o SISU, sua regulamentação, democratização e processo seletivo. 
A palestrante, professora Lilian Carvalho do Nascimento.
O evento, organizado pela Comissão para Estudos sobre o SISU, que tem como membros os professores Antonio Glaudenir Brasil Maia, Cefisa Quixadá e Flávio Pinheiro, reuniu Diretores de Centro, Pró-Reitores e Coordenadores de Curso. A Vice-Reitora, professora Izabelle Mont`Alverne Napoleão Albuquerque, que representou a Reitoria, destacou que a UVA está em discussão sobre a possibilidade de aderir ao Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). “Estamos discutindo para encontrar uma forma desse sistema não excluir nossos alunos mais carentes”, enfatizou.
O professor Antonio Glaudenir Brasil Maia, Diretor do Centro de Filosofia, Letras e Educação, esclareceu que a palestra foi apenas “o primeiro passo para que os gestores se familiarizem com o SISU”.
Fonte: SISU

ESCOLA MARIETA CALS DIVULGA RELAÇÃO DE ALUNOS SELECIONADOS PARA O PRU

Aulas terão início na segunda-feira, dia 21
A Escola Marieta Cals esteve recebendo de 15 a 17 de julho do corrente ano inscrições para o Preparação Rumo à Universidade (PRU). Ao todo, 92 estudantes se inscreveram para formar uma turma de 45 alunos. Desta forma, a escola teve que adotar critérios para selecionar os felizardos em participar de tais aulas.
O PRU tem se tornado um dos projetos mais cobiçados de toda a Escola Marieta Cals. Isto por que ele tem sido a porta de entrada de nossos alunos na Universidade. Somente em 2014, esta escola já colocou 34 estudantes na UEVA, e isto se deve muito à existência deste projeto.
A seguir, eis a lista dos selecionados.
ORDEM
NOME
ANO
LOCALIDADE
01
ALCIVONE FERREIRA DE AQUINO
3º A
SEDE
02
AMANDA PAIVA MONTEIRO
2º E
TAPUIO
03
ANA CLARA ARAÚJO DA SILVA
2º F
JUCÁ
04
ANA THAIS MARTINS SILVA PEREIRA
3º D
SEDE
05
ANDRE MUNIZ DE OLIVEIRA
2º E
JUCÁ
06
ANTONIA LUANA SILVA FERREIRA
3º A
SEDE
07
ANTONIO BENEDITO SILVA GOMES
2º B
SEDE
08
ANTONIO BRUNO BRITO ROCHA
EGRESSO
SEDE
09
ANTONIO JOSÉ PAIVA COELHO
3º D
TAPUIO
10
ANTONIO PADUA SOUSA RODRIGUES
3º D
SEDE
11
ANTONIO RANIEL FERREIRA MENDES
EGRESSO
SEDE
12
APARECIDA IRLANIA MACENA MELO
3º C
SEDE
13
BARBARA ELLEN BRITO DE LIMA
2º A
SEDE
14
BENÍCIO ARAÚJO AZEVEDO
2º A
SEDE
15
CASSANDRA PAIVA DE ASSIS
3º D
SEDE
16
CINTHIA DE HOLANDA TELES
2º D
SEDE
17
CLEIZIANE DOS SANTOS DE MEDEIROS
3º D
BARRO BRANCO
18
CRISTINA DA SILVA FERNANDES
2º G
SERROTE BRANCO
19
FRANCISCA NELYANA DA SILVA SABINO
2º A
SEDE
20
FRANCISCA PATRICIA R. DE ANDRADE
2º E
SEDE
21
FRANCISCO JOSIANO MENDES DA SILVA
EGRESSO
SEDE
22
FRANCISCO LEANDRO F. FARIAS
2º D
SEDE
23
FRANCISCO WALLADARES F DUARTE
3º B
SEDE
24
FRANCISCO WILLIAN MELO DE SOUSA
2º E
TAPUIO
25
GABRIELA FERNANDES DA SILVA
EGRESSO
JUCÁ
26
JESSE RODRIGUES MARTINS
2º E
JUCÁ
27
JOCELIA BRAGA SOUSA
3º A
SEDE
28
JOSE ROBSON MESQUITA XIMENES
3º B
ANIL
29
KELVIA DA SILVA HONORATO
3º A
SEDE
30
LARYSSA MARIA TELES MARTINS
3º A
SEDE
31
LUCIANA PAULO PAIVA
2º A
SEDE
32
MARCOS AURÉLIO DA SILVA TABOSA
EGRESSO
SEDE
33
MARCOS EMANOEL BRAGA MORAES
3º C
SEDE
34
MARIA FERNANDA MARINHO LOPES
3º C
MUQUÉM
35
MARIA JOSE XIMENES MARQUES
2º A
SEDE
36
MARIA PAOLA BASÍLIO DOS SANTOS
2º E
SEDE
37
MARIA THALIA DO CARMO LOPES
3º E
SEDE
38
MARILIA VICTORIA MONTEIRO DE PAIVA
3º B
SEDE
39
RIVACHE CHAVES MELO
2º A
SEDE
40
SAMARA MOREIRA SILVA
3º E
SANTO ANTONIO
41
SIMONE RODRIGUES QUIRINO
2º F
SEDE
42
TAÍS FERNANDES BASTOS
2º A
SEDE
43
TANNIZ DE SOUSA LIMA
3º D
SANTO ANTONIO
44
VITÓRIA LÍDIA PEREIRA SOUSA
2º E
SEDE
45
WESLEY AZEVEDO BEZERRA
EGRESSO
SEDE
Os estudantes não selecionados vão compor uma lista de espera e serão chamados tão logo surja vaga.
A Escola Marieta Cals deseja muito sucesso aos novos estudantes do PRU e que tenhamos mais aprovados em 2015.
As aulas terão início na segunda-feira, dia 21, de 18:45 às 20:00 h.
 
Facebook Twitter Orkut My Space Digg yahoo Mais...