sexta-feira, 21 de julho de 2017

REAJUSTE PARA PROFESSORES E PISO SERÃO PAGOS EM 1º DE AGOSTO PRÓXIMO

A Secretaria da Educação (Seduc) informa que serão beneficiados na folha de pagamento de julho (pagamento em 1º de agosto) ativos e inativos com o reajuste das Gratificações de Atividades Educacionais Especializadas (GAEE) e por efetiva regência de classe devidos aos profissionais do Grupo Ocupacional Magistério (MAG) da Educação Básica.
Os professores da rede estadual básica de ensino terão ganho médio de 7,64%, acima do índice da inflação acumulada no período. A GAEE passa a 8,5%, em julho, e 12%, em novembro, e a regência de classe pode chegar a 52% para quem possuir doutorado.

Piso Salarial
Também foi implantado o piso do MAG ensino médio efetivos e temporários. Eles receberão no dia 01/08/2017.
Fonte: SEDUC CE

quinta-feira, 20 de julho de 2017

CAMILO SANTANA SANCIONA LEI QUE INSTITUI TEMPO INTEGRAL NA REDE PÚBLICA DE ENSINO DO CEARÁ

O governador Camilo Santana sancionou, nesta quinta-feira (20), em solenidade no Palácio da Abolição, a Lei que institui a implantação de Tempo Integral nas Escolas de Ensino Médio como política pública pública no Ceará. Com a nova legislação, está garantida a oferta da jornada diária de 7 a 9 horas, ou no mínimo 35 horas semanais, nas 71 unidades com o regime em funcionamento e para as próximas que vierem a ser criadas na rede pública estadual. Também participaram do evento a vice-governadora, Izolda Cela, e o secretário da Educação, Idilvan Alencar.
Camilo Santana destaca que a Lei tem a finalidade de garantir o compromisso desta e das futuras gestões estaduais com a criação e conversão de Escolas Estaduais em Tempo Integral, mantendo assim o desenvolvimento da Educação no Estado e o ritmo de mais oportunidades de aprendizagem para os alunos.
"O objetivo da lei é transformar a ação em uma política pública de Estado. Independentemente dos governos futuros que essa seja uma ação de governo. Com o tempo integral, os alunos passam o dia na escola, fazem as três refeições, tem acesso às disciplinas normais do Ensino Médio e a aulas de extensão, e também podem praticar esportes. Isso é uma grande política não só de dar oportunidade para os nossos jovens cearenses, mas também uma política de proteção. Estamos falando de Segurança, de Saúde, do futuro de gerações que vão representar o Ceará, portanto é importante que se garanta essas ações como política permanente", afirma o governador.
Representando a Assembleia Legislativa, acompanharam o ato de assinatura os deputados estaduais Evandro Leitão, Jeová Mota e Dra. Silvana.

Tempo integral no Estado
No Ceará, foram implantadas em 2016 as primeiras 26 escolas de Ensino Médio em Tempo Integral da rede pública estadual. Em 2017, com a criação de mais 45 unidades, o número foi ampliado para 71. Somadas às Escolas Profissionalizantes em Tempo Integral (116), o Estado conta hoje com 187 escolas que cumprem a jornada prolongada.
Atualmente 31 municípios apresentam Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral no Estado - das 71 unidades, 27 estão localizadas em Fortaleza. A média aponta que uma em cada quatro escolas públicas estaduais já cumpre o regime.
Titular da Secretaria da Educação (Seduc), Idilvan Alencar pontua que, a partir da sanção da nova Lei, o Governo do Ceará entra em novos estágios de difusão do Tempo Integral. Serão traçados, por meio de reuniões, planejamentos para potenciais parcerias com institutos e representantes da iniciativa privada, assim como a intensificação da implantação do Tempo Integral em mais municípios do Estado.
"Nós vamos ter agora uma reunião exatamente para avaliar os custos e as escolas que estão aptas a ser em tempo integral, pois isso requer investimentos. Nós investimos R$ 108 milhões em 71 escolas. Levamos em consideração estrutura física e localização, e a nossa preferência é colocá-las em áreas vulneráveis, onde a violência é maior estão as grandes candidatas a receber as Escolas em Tempo Integral", detalha.

Impacto social
As 45 unidades de ensino em tempo integral implantadas em 2017 se distribuem pelos 20 municípios mais populosos do Ceará e atendem cerca de nove mil estudantes. As escolas estão em áreas consideradas mais vulneráveis, priorizando a geração de oportunidades e mais tempo dentro da escola para estudantes expostos a um contexto de mais violência e condições mais precárias de vida.
Para a vice-governadora Izolda Cela, transformar as ações de tempo integral em política do Estado significa assegurar o compromisso governamental não somente com o desenvolvimento educacional do Ceará, mas também diante do combate à violência e geração de oportunidades para a juventude. "O Governo dá um passo importante com essa decisão, pois propõe algo de muita relevância para a polícia educacional do Estado. É uma ação que tem repercussões em diversos aspectos da sociedade como um todo. Toda política, especialmente a da Educação, para que ela tenha chances de resultados, é necessário garantir a sua continuidade. Então temos essa perspectiva de parcerias e agregar forças para manter o compromisso social", explica.
Uma escola de Ensino Médio em Tempo Integral tem investimento médio de R$ 1.044.329,40. Já o valor estimado por aluno durante o ano é de R$ 4.900,00. Cada escola oferta uma jornada de sete a nove horas, garantindo três refeições diárias. O currículo é composto por 30 horas semanais de disciplinas da base comum a todos e 15 horas na parte flexível - dez são escolhidas pelos alunos.

Avance
Durante a solenidade de sanção da Lei, o governador Camilo Santana também destacou a aprovação pela Assembleia Legislativa, na última quarta-feira (19), do documento que institui o Avance - Bolsa Universitário. O novo programa do Governo do Ceará concederá bolsa de R$ 937,00 a alunos que concluíram o Ensino Médio na rede pública e estão matriculados em curso de graduação de instituições credenciadas pelo Ministério da Educação.
"Essa é uma política inovadora no Brasil, o Ceará é pioneiro com a a ação, para arantir que esses alunos de baixa renda, muitas vezes sem condições de se manter no início do curso em universidades, tenham o suporte necessário no início da nova etapa", ressalta o chefe do Executivo. Em 2017, 1.000 estudantes serão contemplados com o benefício.
Fonte: SEDUC CE

terça-feira, 18 de julho de 2017

ESTUDANTE DÁ UM TEMPO DAS REDES SOCIAIS E É APROVADO EM NOVE FACULDADES PARA MEDICINA

Em troca de um sonho, o estudante Ângelo Thomaz Duarte Cavalcante, de Suzano (SP), ficou longe do celular e abandonou as redes sociais por um ano. A estratégia foi usada para se preparar para o vestibular e o resultado superou as expectativas do próprio Ângelo, que, aos 20 anos, foi aprovado em nove universidades, entre elas a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), para um dos cursos mais concorrido, o de medicina.
“Eu via que as pessoas estudavam 10 minutos, paravam e olhavam o celular. Mais 10 minutos e paravam e olhavam o celular. E ficava nisso por horas e acabava não entrando nunca num estado em que ela pudesse aprender realmente conteúdo. Então, acho que isso foi determinante porque me ajudou a ter a concentração muito maior do que todo mundo”, comentou. O caminho escolhido fez com que o tempo rendesse mais; ainda assim, foi necessária muita determinação para dar conta da estratégia.
Ângelo concluiu o ensino médio na Escola Técnica Estadual Presidente Vargas, de Mogi das Cruzes. Reconhece que nunca foi “muito de estudar”. No entanto, ao decidir por medicina, viu que precisava “correr atrás do prejuízo”. Após nove aprovações, dá a dica de como recuperar o tempo: “Você tem que ter uma estratégia boa de estudo, ter um material bom, enfim, martelar e dar tudo de si, que uma hora vai. Não existe um segredo, é mais uma questão de hábitos que você acaba construindo”, afirmou.
A escolha de Cavalcante foi pela USP. Além dessa universidade e da Unicamp, o jovem foi aprovado na Universidade Federal de Goiás (UFG), na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, na PUC de Campinas, na Universidade Cidade de São Paulo (Unicid), na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e na Anhembi Morumbi.
Estratégia – Para o enfrentamento das provas, Ângelo Cavalcante revela que a outra mudança decisiva diz respeito aos horários. Também aí adotou estratégias mais rígidas. “Eu acordava às 6h30 e ia para o cursinho. Chegava em casa, almoçava, fazia o que tinha que fazer, dava um tempinho de descanso e às 15h começava a estudar até as 11h da noite. Era o dia inteiro, praticamente. Isso de segunda a sábado. No domingo eu estudava umas cinco horas”.
Feliz com o resultado, ele comemora a nova fase e admite a retomada de velhos hábitos. “Ainda estou estudando bastante porque a faculdade é bem rígida, mas estou num nível bem mais equilibrado. Com o celular de novo, com rede social. A minha vida está muito mais equilibrada.”
Ângelo Cavalcante pretende ser cirurgião. Para ele, abrir mão das baladas, do celular e das redes sociais valeu muito a pena. Depois desta experiência, ele diz que é possível alcançar todo e qualquer objetivo, desde que haja disciplina e dedicação.
Fonte: MEC

GOVERNADOR CAMILO SANTANA E COMUNIDADE ACADÊMICA INAUGURAM RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO DA UVA

Com a participação da comunidade acadêmica, o Governador Camilo Santana e o Reitor Fabianno Cavalcante de Carvalho inauguraram na tarde de sexta-feira, 14 de julho de 2017, o Restaurante Universitário da Universidade Estadual Vale do Acaraú (RU/UVA). Com 1.800 refeições diárias, o RU atenderá mais de 9 mil alunos, além de professores e funcionários.
O evento teve também a participação da Vice-Governadora Izolda Cela; Vice-Reitora Izabele Mont’Alverne e do Secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Inácio Arruda. O investimento, somente na construção do RU, foi de R$ 2.623.622,20, em recursos do Tesouro Estadual e do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (FECOP) e faz parte das ações da Política de Assistência Estudantil do Governo do Ceará para as três universidades estaduais – UVA, UECE e URCA.
Durante a inauguração o Governador Camilo Santana falou da importância da UVA para toda a região. “A UVA tem se desenvolvido a cada ano, sempre mostrando sua capacidade de, por meio da formação acadêmica de milhares de jovens, contribuir sempre mais para o desenvolvimento do Ceará, sendo imprescindível nesse processo”, disse o governador.
Para o reitor Fabianno Cavalcante de Carvalho, “o sentimento é de alegria por saber que estamos contribuindo para uma Universidade cada vez melhor e o dia é de agradecimento a todos que contribuíram, direta ou indiretamente, para a realização dessa obra tão importante pelo seu alcance, e que começou a se tornar realidade, ainda no governo Cid Gomes, e teve o apoio sempre presente do governador Camilo”, disse o reitor, acrescentando que “em dezembro o governador estará aqui inaugurando – e estamos trabalhando com afinco para isso – outra obra importante, a Residência Universitária”. 
De acordo com a Vice-Reitora da UVA, o Restaurante Universitário pode ser considerado como uma conquista de toda a comunidade acadêmica. “Nosso sentimento é de dever cumprido; este é um dos equipamentos mais importantes da nossa Universidade hoje, porque além do apoio social, apoiamos também a permanência dos alunos na Instituição, o que se traduz em alunos mais empenhados e em uma produção acadêmica e formação melhores”, afirma a Vice-Reitora Izabele Mont’Alverne. 

Opinião
“Um restaurante é algo básico para nosso dia na Universidade, principalmente para quem não tem família em Sobral e tem que se virar sozinho”. Juliana Resende (5º semestre - Direito)
“É muito limpo e a comida é boa. O RU no campus facilita a vida de quem precisa ir para casa almoçar e voltar em seguida para a aula que começa às 13h30min, diminui os custos com transporte”. Elaine Duarte (semestre 8º Zootecnia)
“Há muito tempo nós necessitávamos, principalmente pelo número de estudantes que moram fora e vêm a Sobral para estudar e existia a dificuldade dos alunos de ter que comer em lanchonetes, uma comida calórica, não saudável; é um local ótimo, organizado e o sistema de créditos facilita bastante, por não ter fila; é com muita gratidão que recebemos esse serviço”. Pedro Victor Linhares (5º semestre - Presidente CA Direito)
“Nós temos aula pela manhã, à tarde e, também, à noite e o jeito era trazer comida de casa ou comprar quentinha em restaurante, em média por sete reais. Agora vai facilitar bastante no custo e a comida é muito boa; já deveria ter há muito tempo, pois e teria beneficiado muitas pessoas”. Mariana Vasconcelos (2º semestre - Ciências Biológicas)
“O RU é fundamental para que o estudante vivencie, realmente, a Universidade, para que possa aproveitar a hora do almoço em atividades como consulta à biblioteca e grupos de estudo, por exemplo. Na Zootecnia cerca de 75% de nossos alunos são oriundos da escola pública, com dificuldade para se manter aqui e o restaurante vai proporcionar uma alimentação adequada, para que possam render mais no trabalho, sem perder aula. Estou muito feliz em ver esse sonho antigo, agora realizado”. Ana Sancha Malveira (Professora Zootecnia)
Fonte: UVANET

segunda-feira, 17 de julho de 2017

CONSELHO UNIVERSITÁRIO OUTORGA TÍTULO DE PROFESSOR EMÉRITO DA UVA A JOSÉ FERREIRA PORTELLA NETTO

Em Sessão Solene do Conselho Universitário da UVA (CONSUNI), realizado na noite de sexta-feira, 14 de julho de 2017, no Centro de Ciências da Saúde (CCS), no campus do Derby, foi outorgado o Título de Professor Emérito ao docente José Ferreira Portella Netto, professor aposentado do Curso de História e, atualmente, Presidente da Comissão Executiva de Processos Seletivos da UVA. A solenidade, presidida pelo Reitor Fabianno Cavalcante de Carvalho, antecedeu a Outorga de Grau aos formandos do semestre letivo 2016.2, realizada na mesma noite.
O Título de Professor Emérito foi concedido ao Professor Portella por deliberação unânime do Conselho Universitário da UVA, expressa na Resolução nº 02/2017, “em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à Instituição no exercício de suas atividades acadêmicas e administrativas”. A propositura de outorga do Título foi feita pelo Pró-Reitor de Ensino de Graduação da UVA, Petrônio Emanuel Timbó Braga, durante reunião do CONSUNI, em 30 de março de 2017.
Em seu pronunciamento, o Reitor Fabianno Cavalcante de Carvalho agradeceu a contribuição do Professor Portella à Instituição. “O que faz a UVA hoje é, exatamente, reconhecer e agraciá-lo como Professor Emérito pela dedicação, não somente às funções que lhe foram confiadas em apoio à administração desta Universidade, mas também pela dedicação ao ofício de professor contribuindo sobremaneira na produção e disseminação do saber”, disse o reitor.
“Agradeço à UVA por tão honroso Título a mim outorgado nesta data tão especial, carregada de simbolismo, com a presença de nossos alunos que hoje estão se graduando”, disse o Professor Emérito da UVA, José Ferreira Portella Netto.
Já foram também agraciados com o Título de Professor Emérito da UVA o Padre João Batista Frota (2003); Padre José Linhares Ponte (2005); Monsenhor Gonçalo Pinho Gomes (2013) e Gregório Maranguape da Cunha (2016).
Fonte: UVANET

quarta-feira, 12 de julho de 2017

GOVERNADOR SANCIONA LEI QUE CONCEDE REAJUSTE A PROFESSORES ESTADUAIS

O governador Camilo Santana sancionou na tarde desta terça-feira (11), no Palácio da Abolição, a lei que reajusta as Gratificações de Atividades Educacionais Especializadas (GAEE) e por efetiva regência de classe dos profissionais do Grupo Ocupacional Magistério (MAG). Com isso, os professores da rede estadual básica de ensino terão ganho médio de 7,64%, acima do índice da inflação acumulada no período. A GAEE passa a 8,5% em julho, e 12% em novembro, e a regência de classe pode chegar a 52% para quem possuir doutorado.
"Eu queria agradecer a vocês em nome de todos que fazem a educação do Ceará. Eu e a professora Izolda compreendemos que a educação é o caminho para a transformação da sociedade. O Ceará tem sido um exemplo de que é possível construir uma politica educacional séria. Temos um sonho que é ampliar cada vez mais as escolas de tempo integral de Ensino médio. Educação não é gasto, é investimento. Eu garanti que nenhum professor teria prejuízo salarial, mesmo nesse período de dificuldade. Ser professor é a profissão mais importante pois todo mundo, o médico, o advogado, passa por ele, que trabalha com muito amor para passar o conhecimento com qualidade", disse o chefe do Executivo.
O projeto de lei prevê ainda a atualização da Parcela Variável da Redistribuição do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (PVR/Fundeb) para professores temporários. Serão beneficiados ativos e inativos com a regência e a gratificação.
O presidente do sindicato Apeoc, Anísio Melo, destacou os bons índices do Estado, mesmo em um período de instabilidade econômica que vive o país. "O Ceará tem remado contra uma maré de desarme do direito do trabalhador, de contingenciamento de recursos. Nesse momento em que há uma ameaça direta de cortes, estamos aqui com o governador mostrando que a carreira que conquistamos chega em 2017 revalorizada, beneficiando professores aposentados, efetivos e temporários, contemplando também supervisores e orientadores. A remuneração do estado do Ceará é a oitava melhor do pais, acima do Piauí e de São Paulo, e a melhor estrutura de carreira do Brasil".
O secretário da Educação, Idilvan Alencar, destaca que o Governo do Ceará tem trabalhado fortemente para manter os investimentos na área. "Muito bom trabalhar com um gestor que tem palavra. Já tenho 11 anos de trabalho na área de educação e tivemos momentos difíceis. Tenho acompanhado essa dificuldade financeira dos estados, tem estados grandes que estão há quatro anos sem reajuste. Aqui no Ceará está sendo um feito um esforço grande em nome do servidor. É comum dizer que educação é prioridade, mas o governador Camilo Santana realmente demonstra o apreço pelos profissionais. Sou muito grato por esse momento".
Presente na solenidade, o professor Homero Henrique explica que o reajuste vai trazer uma maior motivação para os profissionais da área. "É uma forma de nós, educadores, nos estimularmos, nos empenharmos em aprofundar nossos conhecimentos, fazer pós-graduações e melhorar também as nossas práticas dentro da sala de aula para os estudantes, que são o nosso público-alvo", disse.
Baseado no Plano de Cargos e Carreiras dos professores, os percentuais serão ajustados da seguinte forma:

Ensino Médio em Tempo Integral
A nova política de Ensino Médio em Tempo Integral autoriza a criação e a conversão de escolas estaduais em escolas de tempo integral. Atualmente, uma em cada quatro escolas funciona em tempo integral. Em 2017, a rede pública estadual de ensino tem 71 escolas regulares com esta modalidade de ensino, as quais se somam as 116 Escolas Estaduais de Educação Profissional que ofertam cursos técnicos integrados ao Ensino Médio. No total, 31 municípios apresentam Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, beneficiando cerca de 15,5 mil alunos. Entre as 71 escolas integrais, 27 estão localizadas em Fortaleza. Cada unidade está distribuída em áreas consideradas mais vulneráveis. Serão investidos R$ 108,8 milhões a mais no Programa de Ensino Médio Integral em 2017.
O Governo do Ceará inaugurou de janeiro a junho de 2017 duas escolas de Ensino Profissional e outras oito escolas de Ensino Médio. Foram investidos R$ 60,4 milhões, provenientes dos Governos Federal e Estadual para construir, mobiliar e equipar cada uma destas unidades de ensino.

Ingresso no ensino superior
Em maio, o Governo do Ceará lançou o AvanCE - Programa Bolsa Universitário, que tem o objetivo de melhorar as condições de acesso à universidade dos estudantes egressos da rede pública cearense, por meio de auxílio financeiro. O Programa ofertará bolsa de R$ 937,00, durante seis meses no primeiro ano do Ensino Superior, aos alunos que concluíram o Ensino Médio na rede pública e estão matriculados em curso de graduação de instituições credenciadas pelo Ministério da Educação. Neste ano, 1.000 estudantes serão contemplados com o auxílio financeiro.
O índice de aprovação dos alunos das escolas públicas estaduais no Ensino Superior cresceu 28%, entre os anos de 2015 e 2016. Um total de 13.516 estudantes garantiu o ingresso em instituições públicas e privadas em 2016. No ano anterior, esse número foi de 10.035. Um total de 99,51% dos alunos da 3ª série do Ensino Médio se inscreveu no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017.

Redução do analfabetismo
Professores e alunos das 265 escolas públicas do Estado que mais se destacaram em 2016 receberam em junho o Prêmio Escola Nota Dez. O governador Camilo Santana, acompanhado da vice-governadora Izolda Cela e do secretário da Educação, Idilvan Alencar, entregou as premiações para unidades educacionais de 180 municípios do Estado. O prêmio faz parte do Programa de Aprendizagem na Idade Certa (Mais Paic), que reduziu de 32% para 0,7% o índice de crianças não alfabetizadas na idade certa nestes 10 anos de execução.
Fonte: SEDUC CE

segunda-feira, 10 de julho de 2017

EM FASE DE TESTE, RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO DA UVA INICIA FUNCIONAMENTO NA TERÇA-FEIRA, 11 DE JULHO

A partir desta terça-feira, 11 de julho de 2017, o Restaurante Universitário da Universidade Estadual Vale do Acaraú (RU/UVA) entrará em funcionamento em fase de teste e estará aberto no horário das 11h30min às 14h (almoço) e das 18h às 19h30min (jantar). O RU será inaugurado oficialmente na quinta-feira, 13 de julho de 2017, às 19h, quando o Governador Camilo Santana e o Reitor Fabianno Cavalcante de Carvalho farão a entrega do novo equipamento à comunidade acadêmica da UVA. 
O acesso será a partir da identificação biométrica dos usuários, que pagarão pela refeição os seguintes valores: R$ 2,50 (estudante); R$ 6,00 (funcionários técnicos-administrativos) e R$ 8,18 (professores). Os usuários que ainda não fizeram o cadastramento biométrico deverão fazê-lo na Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), no campus Betânia.
Localizado no campus Betânia, próximo à Praça do Mestre, o RU atenderá a comunidade acadêmica – alunos, professores e funcionários – com 1.800 refeições diárias, sendo 800 no almoço e 800 no jantar. As 200 refeições diárias, referente ao café da manhã, terão início a partir da implantação da Residência Universitária (REU), e será servida somente aos alunos cadastrados como residentes. O cardápio da semana está disponível no sítio eletrônico da UVA, em www.uvanet.br, ou pode ser acessado AQUI
A implantação do RU da UVA faz parte das ações da Política de Assistência Estudantil do Governo do Ceará para as três universidades estaduais – UVA, UECE e URCA – com o objetivo de apoiar os estudantes com maior fragilidade socioeconômica, garantido apoio à permanência e o desempenho acadêmico dos mesmos na Universidade.
Fonte: UVANET

sexta-feira, 7 de julho de 2017

NOVO FIES COMEÇA EM 2018, COM TRÊS MODALIDADES E 100 MIL VAGAS A JUROS ZERO

O Ministério da Educação anunciou, nesta quinta-feira, 6, em coletiva à imprensa no Palácio do Planalto, o Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que será dividido em três modalidades e começa em 2018. No total, o Novo Fies vai garantir 310 mil vagas, das quais 100 mil a juros zero, para estudantes com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos.
O presidente da República, Michel Temer, elogiou a reformulação do Fies, afirmando que o novo formato mostra o quanto a educação é prioridade para o país. “O que estamos fazendo é criar um Fies mais sustentável, eficiente e efetivo”, disse. “Estamos voltados para aqueles mais carentes, agindo compativelmente com as necessidades sociais do país quando assinamos uma medida provisória que promove um salto qualitativo na forma como opera o programa”.
Para Temer, a aplicação de taxa de juros zero para os estudantes com renda per capita mensal familiar inferior a três salários mínimos é uma grande inovação. “Além do Novo Fies ser algo planejado para o futuro, já que é projetado para ter continuidade, ele ainda é consistente em relação ao crédito, porque o estudante não ficará mais na instabilidade para saber o que vai pagar, quanto vai pagar. É uma inovação extraordinária, voltada para as questões de natureza social. Isso se utiliza em vários países e vem sendo utilizado agora no Brasil”, ressaltou. “Quando nós fazemos esse sistema educacional, é porque educação de qualidade é o caminho mais eficaz para reduzir as desigualdades”.
O ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou que o Novo Fies envolve gestão sustentável e transparente. “O fundo irá gerar uma economia, somente em taxas bancárias, da ordem de R$ 300 milhões ao ano. Isso significa que, em dez anos, o Tesouro Nacional estará poupando de seis a sete bilhões de reais, que serão revertidos para a educação brasileira, atendendo a população mais pobre do nosso país”.
Mendonça Filho traçou uma trajetória do Fies, mostrando que o programa vem de um histórico de gestão ineficaz e ineficiente. “O caminho percorrido até aqui deixou um rombo fiscal absolutamente sem controle. O quadro que se tem é de inadimplência elevada na Carteira, chegando a quase 50%, além de um Fundo Garantidor insuficiente”, lamentou. “Não há espaço para desenvolvimento sem valorização do capital humano. Boa formação de recursos humanos induz o desenvolvimento e consagra a condição de evolução da sociedade”, concluiu.
O secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Mansueto Almeida, também criticou o atual modelo do Fies. “É um programa que tem um projeto bom, mas que era insustentável, de elevado custo fiscal”. Ele ressaltou que as mudanças apresentadas para 2018 foram discutidas por um ano, com o intuito de tornar o programa “sustentável, permanente, com planejamento, com metas trienais, acompanhado por um comitê gestor”. “Depois de muito trabalho, finalmente conseguimos chegar a um desenho que vai ser bom para os alunos, para as universidades privadas e para o país”, comemorou.
Fies 1 – Na primeira modalidade, o Fies funcionará com um fundo garantidor com recursos da União e ofertará 100 mil vagas por ano, com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de três salários mínimos. Nesta modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando a sua capacidade de renda com parcelas de, no máximo, 10% de sua renda mensal. Com as mudanças, só nessa modalidade o MEC vai garantir uma economia mínima de R$ 300 milhões por ano, com taxas operacionais.
Uma das principais mudanças do Novo Fies, nessa modalidade, é o compartilhamento com as universidades privadas do risco do financiamento, que no modelo atual fica concentrado no governo. Uma outra medida que garante a sustentabilidade do programa é a fixação do risco da União do fundo garantidor, evitando a formação de passivo para o setor público. 
Fies 2 – Na segunda modalidade, o Fies terá como fonte de recursos fundos constitucionais regionais, para alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos, com juros baixos e risco de crédito dos bancos. Serão ofertadas 150 mil vagas em 2018 para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. 
Fies 3 – Na terceira modalidade, o Fies terá como fontes de recursos o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e os fundos regionais de desenvolvimento das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com juros baixos para estudantes com renda familiar per capita mensal de até cinco salários mínimos. O risco de crédito também será dos bancos. Serão ofertadas 60 mil vagas no próximo ano. Nessa modalidade, o MEC discute com o Ministério do Trabalho uma nova linha de financiamento que pode garantir mais 20 mil vagas adicionais em 2018.
Para garantir o Novo Fies, o governo enviará Medida Provisória (MP) para o Congresso. A MP visa evitar a descontinuidade, o risco fiscal e operacional, assim como garantir as medidas preparatórias para adesão dos bancos, a constituição de um novo fundo garantidor e novos sistemas de Tecnologia da Informação (TI) para a seleção e o financiamento. "O programa, a partir de 2018, será baseado em governança, gestão, sustentabilidade, transparência e mais oportunidades para os estudantes", afirmou Mendonça Filho. 
TCU – O ministro ressaltou que a má gestão do programa ao longo dos anos, com custo elevado, falta de respeito à capacidade de pagamento do aluno, concentração dos riscos no Tesouro Nacional e falta de transparência, levaram o Fies atual à insustentabilidade.
Em relatório, o Tribunal de Contas da União (TCU) apontou o risco de insustentabilidade do modelo atual do Fies. A inadimplência da carteira do Fies é de 46,4% e seu custo (ônus fiscal) neste ano é de R$ 32 bilhões, 15 vezes maior do que em 2011. 
Mudanças – A atual gestão fez mudanças no modelo atual do Fies em 2016 para garantir a manutenção do programa, como o repasse para as instituições privadas e o pagamento da taxa bancária dos novos contratos, gerando uma economia de R$ 300 milhões por ano. Em um ano, foram garantidas pela atual gestão 300 mil vagas do Fies, sendo 75 mil no segundo semestre de 2016, 150 mil no primeiro semestre deste ano e mais 75 mil neste segundo semestre de 2017.

Clique aqui e confira o diagnóstico do Fies.
Clique aqui e confira a apresentação da coletiva do Novo Fies.
Fonte: MEC

UVA DIVULGA CALENDÁRIO ACADÊMICO PARA O SEMESTRE LETIVO DE 2017.1

A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da Universidade Estadual Vale do Acaraú (PROGRAD/UVA) divulgou na sexta-feira, 07 de julho de 2017, o Calendário Acadêmico para o Semestre Letivo 2017.1, que terá início em 10 de julho e término em 10 de novembro de 2017. O calendário foi aprovado em reunião do Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão da UVA, em 22 de junho, por meio da Resolução nº 010/2017 – CEPE e está disponível no sítio eletrônico da UVA, em www.uvanet.br, com acesso no ícone Calendário Acadêmico
O documento traz informações importantes para alunos e professores, como o período de Reajuste de Matrícula (17 a 21 de julho); solicitação de Outorga de Grau para os formandos de 2017.1 (25 a 29 de setembro); período de trancamento de disciplinas do semestre (02 a 06 de outubro); e período de Solicitação de Aproveitamento de Estudos(07 a 11 de agosto). Ainda, de acordo com a PROGRAD, a data de publicação do Edital do Processo Seletivo Especial 2017.2 será divulgada posteriormente.
A PROGRAD lembra que os alunos devem procurar a Coordenadoria de seu curso em caso de dúvidas relacionadas à sua vida acadêmica. “Apenas em casos específicos, em que a Coordenadoria do Curso não possa resolver, os alunos devem se dirigir à PROGRAD; mesmo assim eles devem ser orientados inicialmente pelos coordenadores sobre como proceder”, explica o Pró-Reitor de Ensino de Graduação, Professor Petrônio Emanuel Timbó Braga.
Saiba mais: (88)3611-6652.
Fonte: UVANET

segunda-feira, 3 de julho de 2017

UECE DISPONIBILIZA 20 VAGAS DE MESTRADO EM BIOLOGIA PARA PROFESSORES DA REDE ESTADUAL

Professores de Biologia da rede estadual de ensino cearense têm a oportunidade de aperfeiçoar os conhecimentos e qualificar as ações desenvolvidas em sala de aula por meio do curso de Mestrado Profissional em Ensino de Biologia. A ação faz parte do PROFBIO, coordenado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com oferta simultânea nacional, no âmbito do Sistema da Universidade Aberta do Brasil (UAB), tendo como base local a Universidade Estadual do Ceará (Uece). Serão 20 vagas disponibilizadas. A prova será realizada neste domingo, dia 9 de julho.
A formação tem como objetivo a qualificação profissional de professores de Biologia em efetivo exercício na Educação Básica, visando a melhoria do desempenho do professor em sala de aula, tanto em termos de conteúdo como em relação às estratégias de facilitação do processo de ensino-aprendizagem da Biologia como uma ciência experimental. 
O curso será pautado na lógica da construção do conhecimento científico (para consolidar o entendimento de ser a Biologia uma ciência experimental), associada à transposição didática deste conhecimento, de maneira que o mestrando trabalhe simultaneamente com seus alunos os conceitos explorados em cada tópico de Biologia, por meio do desenvolvimento de estratégias de abordagem destes temas.
Só poderá concorrer a uma das vagas, o candidato que seja portador de diploma de curso superior em Ciências Biológicas, Biologia ou Ciências com habilitação em Biologia, devidamente registrado no Ministério da Educação; seja professor de Biologia do Ensino Médio em Escola da Rede Pública de Ensino do Brasil, regularmente admitido; e esteja ministrando aulas de Biologia em qualquer ano do Ensino Médio.
O Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional - PROFBIO, é um curso stricto sensu semipresencial. No caso da Uece, as aulas presenciais serão sempre às sextas-feiras, de 8h às 18h. As aulas serão ministradas no Centro de Ciências da Saúde, no Campus Itaperi.
Para mais informações, acesse o site do Profbio/Uece.
Fonte: SEDUC CE

quarta-feira, 28 de junho de 2017

ÊXITO TOTAL NO PRIMEIRO DIA DE SIMULADO ENEM DA ESCOLA MARIETA CALS

Os estudantes da Escola Marieta Cals inscritos no ENEM 2017 enfrentam nos dias de hoje e amanhã uma maratona de provas. É que esta escola está promovendo o seu primeiro simulado para esta edição do exame.
Elaborado de acordo com os novos moldes do ENEM, o simulado trouxe no dia de hoje as provas de Linguagens e Códigos, Ciências Humanas e Redação, as quais deviam ser feitas no tempo máximo de cinco horas e meia.
Amanhã, os estudantes terão quatro horas e meia disponíveis para fazer as provas de Matemática e Ciências da Natureza.
Elaborado com o intuito de melhor preparar os estudantes para as provas do ENEM, este simulado mostrou aos estudantes a nova dinâmica deste exame nacional.
Para alguns estudantes, as mudanças promovidas no exame foram interessantes, visto que o ENEM agora pode ser dividido em dois dias totalmente distintos: o primeiro dia, para ler e escrever e, o outro, para fazer cálculo.
No entanto, outros estudantes acham que as mudanças atrapalham o andamento das resoluções das questões pois, segundo eles, o fato de antes ter questões de cálculos misturadas com questões de leitura ajudava, pois quando estavam cansados de fazer os cálculos, alternavam para as questões de leitura e, assim, aproveitavam melhor o tempo de prova.
Embora com opiniões divergentes sobre o atual modelo do exame, os estudantes avaliaram como de suma importância o simulado, visto que se constitui numa oportunidade não só de eles se adequarem à nova metodologia do exame, mas também como uma forma de autoavaliação, buscando evoluir seu desempenho até a data do exame. 

domingo, 18 de junho de 2017

ESCOLA MARIETA CALS RETOMA O PROJETO "CARIRÉ ALÉM DOS MUROS"

Em grande estilo, foi retomado o projeto Cariré Além dos Muros, na Escola Marieta Cals. Após semanas de formações teóricas e pesquisas prévias, aconteceu no dia 14 de Junho uma aula de campo com trajeto diversificado e uma abordagem interdisciplinar.
A partida da escola foi logo cedo, 7:20 h da manhã, com primeira parada no Polo de Lazer de Cariré, onde foi explanado como se deu a reconfiguração daquele espaço ao logo dos anos, através de novos usos, sociabilidades e intervenções do poder público. Ali, ainda, fizemos um aquecimento para a jornada que viria a seguir.
Seguimos caminho em direção a Tanques, não sem antes fazermos uma breve parada no Riacho Seco, na propriedade de Helder Chaves, que falou para todos sobre suas memórias de infância naquele lugar, dificuldades enfrentadas no passado para deslocamento, os desafios do trabalho agropecuário, êxodo rural e a convivência com a seca, fenômeno característico do ecossistema do sertão nordestino, a caatinga. Através de questionamentos, ocorreu uma profícua conversa entre os presentes, com trocas de conhecimentos, experiências e inquietações sobre a vida no campo e a cidade.
Demos continuidade ao nosso trajeto para o próximo ponto. Finalmente, chegamos em Tanques e seguimos em caminhada pelo mato em direção à Pedra do Sino, encontrando no caminho uma barragem construída há muito tempo, supõe-se com exploração de trabalho escravo. Ali, ainda, foi debatido a respeito da ação antrópica no meio ambiente, através de interferências no curso natural das águas.
Prosseguimos nossa aula de campo e, na caminhada, até a famosa Pedra do Sino já foi possível mostrar algumas pinturas rupestres aos alunos, com explicações sobre os tipos existentes no Brasil e possíveis significados das inscrições. Finalmente no nosso destino, tivemos explicações sobre como pode ter se dado a formação da Pedra do Sino e porque ao bater-lhe outra pedra emite o som peculiar que lhe confere o nome.
video
Estudante da Escola Marieta Cals tirando som da Pedra do Sino
Após a longa jornada, fizemos uma breve pausa para o lanche e retornamos ao ponto de partida, nossa escola, com a grande satisfação de realizar uma atividade bem-sucedida.

quinta-feira, 15 de junho de 2017

ESTUDANTES DA ESCOLA MARIETA CALS RECEBEM SUAS MEDALHAS DA OBFEP 2016


A noite desta quarta-feira (24) foi bastante especial para os estudantes da Escola Marieta Cals, de Cariré. É que nesta data foi realizada a cerimônia de premiação aos medalhistas da Olimpíada Brasileira de Física das Escola Públicas (OBFEP).
Na oportunidade, 5 estudantes desta escola foram homenageados e receberam as suas medalhas, colocando Cariré novamente entre as pouquíssimas cidades cearenses com medalhas em olimpíadas (de 184 municípios, apenas 20 deles tiveram medalhistas e, destes, Cariré foi uma das cidades que apresentou a maior quantidade).
Outro fato que merece destaque é que apenas 14 estudantes de todo o Ceará conseguiram medalhas na premiação nacional, sendo um deles de Cariré.
A quantidade de medalhas de Cariré foi algo tão notório que, em sua fala, o analista de planejamento e orçamento da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado, João Milton, citou nosso município com um dos destaques da olimpíada.
Foram homenageados os seguintes estudantes:
- José Tiago Mota Crispim, medalha de prata nacional e ouro estadual;
- Rivaldo Bastos Melo, medalha de prata estadual;
- Francilândio Lima Serafim, medalha de bronze estadual;
- Daniel Soares Azevedo, medalha de bronze estadual;
- Felipe Carneiro de Sousa, medalha de bronze estadual.
A Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP) é uma promoção do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) através do CNPq, conta com o apoio do Ministério da Educação (MEC) e constitui um programa permanente da Sociedade Brasileira de Física (SBF), responsável por sua execução.
A Escola Marieta Cals parabeniza aos seus campeões, ao mesmo tempo em que reafirma o seu compromisso na busca por uma educação pública de qualidade, que ofereça a cada jovem oportunidade de sucesso em sua vida pessoal e, futuramente, profissional.

EVENTO NO CAMPUS CIDAO COMEMORARÁ 21 ANOS DO CURSO DE QUÍMICA DA UVA

A Coordenadoria do Curso de Química da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) realizará, no dia 19 de junho de 2017, às 18h30min, no auditório do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia (CCET), no campus CIDAO, solenidade alusiva aos 21 anos de atividades do curso. As comemorações prosseguirão até o dia 20 de junho com programação que inclui palestra e confraternização pelo Dia do Químico, em 18 de junho.
Após a solenidade de abertura haverá palestra sobre “A Pesquisa no Ensino de Química”, a ser proferida pelo Prof. Dr. Francisco Souto de Sousa Junior da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA). 
Na terça-feira, 20 de junho, às 20h, também no auditório do CCET, haverá palestra sobre o contexto histórico da agricultura e biocombustíveis e os avanços da Ciência e Tecnologia no desenvolvimento do Brasil. A palestrante convidada será a Prof.ª Dr.ª Tigressa Helena Soares Rodrigues (UVA).
O encerramento das comemorações será a partir das 21h, com confraternização entre alunos e professores do curso e sorteio de livros de Química.
O Curso de Licenciatura em Química da UVA foi criado em 16 de junho de 1995, por meio da Resolução nº 39-A/95 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE/UVA), de acordo com o disposto na Lei 9.131, de 25 de novembro de 1995. Em 2011 teve início a primeira turma do Curso de Bacharelado em Química.
Fonte: UVANET

ANUNCIADA EQUIPE BRASILEIRA DA OLIMPÍADA MUNDIAL DE MATEMÁTICA

Com idades entre 16 e 19 anos e oriundos de quatro estados – São Paulo, Ceará, Minas Gerais e Pernambuco – os estudantes que compõem a equipe brasileira na Olimpíada Internacional de Matemática (IMO, em inglês) foram apresentados na segunda-feira, 13, durante o anúncio oficial do Biênio da Matemática Brasil 2017-2018, no Rio de Janeiro. São eles: João César Campos Vargas (MG), Pedro Henrique Sacramento de Oliveira (SP), George Lucas Diniz Alencar (CE), André Yuji Hisatsuga (SP), Bruno Brasil Meinhart (CE) e Davi Cavalcanti Sena (PE), todos medalhistas em competições nacionais e internacionais da área.
Pela terceira vez em uma Olimpíada Internacional de Matemática, o paulista Pedro Henrique, 17 anos, disse que já esperava integrar a equipe e a meta para este ano é conquistar o ouro. Nas outras edições das quais participou, recebeu medalha de prata. “Venho me preparando bastante”, disse. O estudante foi selecionado para uma bolsa de graduação na Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, para onde embarca no segundo semestre de 2018.
Pedro Henrique afirma que as participações anteriores na IMO foram essenciais para garantir o ingresso na instituição norte-americana. “As olimpíadas foram importantes porque abriram muitas portas em muitos sentidos. Além de eu ter conhecido muitas pessoas que tinham o mesmo gosto que eu por matemática, me permitiu ver que tinha algo além do que eu estudava na escola”, ressaltou.
Também na expectativa do ouro, o pernambucano Davi Cavalcanti, 16 anos, chegou a mudar de estado para poder se preparar para a competição. Trocou Recife por Fortaleza, onde recebeu uma bolsa de estudos no terceiro ano do ensino médio, com foco nas medalhas em olimpíadas do conhecimento. Apaixonado por matemática, Davi passa grande parte do dia resolvendo questões. “A minha preparação se concentra basicamente na resolução de problemas. A olimpíada não é algo muito técnico; é mais uma esperteza de raciocínio que, se você tem, consegue resolver os problemas. Então, treinar bastante acaba sendo essencial para obter um bom resultado”, destacou.
Internacional – É a primeira vez que o Brasil sedia uma Olimpíada Internacional de Matemática. Os estudantes da equipe brasileira foram escolhidos pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). A seleção ocorreu dentro de um grupo de 30 alunos do ensino médio que vinham recebendo treinamento intensivo para a prova desde o ano passado.
Desde 1979, quando iniciou a participação na IMO, o Brasil conquistou 122 medalhas e 29 menções honrosas, sendo a melhor colocação obtida em 2016, quando os brasileiros trouxeram cinco medalhas de prata e uma de bronze, resultando na 15ª colocação mundial. A IMO 2017, que reúne mais de 100 países, ocorrerá de 17 a 23 de julho, no Rio de Janeiro, sob a organização do Impa e da SBM.
Biênio – Instituído por lei e com o apoio dos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), o Biênio da Matemática Brasil 2017-2018 tem como meta mostrar a importância da matemática na vida de todos, a partir de uma série de atividades realizadas no país ao longo dos próximos dois anos. Como novidade, traz o lançamento do Troféu Impa Meninas Olímpicas, iniciativa inédita no Brasil para reduzir barreiras ao acesso à disciplina. “O Troféu Impa Meninas Olímpicas será atribuído em função da contribuição que as alunas deem para a pontuação das respectivas equipes”, explicou diretor-geral do instituto, Marcelo Viana.
O secretário de Educação Superior substituto do Ministério da Educação, Mauro Luiz Rabello, ressaltou a importância do Biênio. “Serão dois anos ‘respirando’ matemática, e há duas coisas que só andam juntas: aprendizagem e motivação”, disse. O diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológica da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Wanderley de Souza, complementou que os eventos do Biênio são importantes “para mostrar à sociedade e às autoridades a importância da ciência para o desenvolvimento nacional”.
A matemática será tema de eventos como a Semana Nacional da Ciência e Tecnologia, em outubro, e o 3º Simpósio Nacional da Formação do Professor de Matemática. Para o ano de 2018, são aguardados o Congresso Internacional de Matemáticos (ICM, em inglês), o Encontro Mundial de Mulheres Matemáticas e mais uma edição do Festival da Matemática, entre outros destaques.
Fonte: MEC

terça-feira, 13 de junho de 2017

06 DE JULHO: PAGAMENTO DA 1ª PARCELA DO 13º SALÁRIO DO ESTADO

Foi confirmado para o dia 06 de julho o pagamento da 1ª parcela do 13° salário dos servidores estaduais do Ceará. O anúncio foi feito pelo próprio governador Camilo Santana na tarde desta terça-feira (13), durante transmissão ao vivo pela rede social Facebook. As informações foram confirmadas pela Secretaria da Fazenda do Estado. Segundo a Sefaz, serão liberados R$ 410 milhões.
Fonte: APEOC

segunda-feira, 12 de junho de 2017

EDUCAÇÃO: GOVERNO DO CEARÁ CUMPRE COMPROMISSO E CONCEDE REAJUSTE A PROFESSORES

Mensagem do Executivo que altera valores de remunerações e gratificações
foi encaminhada nesta sexta (9) para a Assembleia Legislativa.
O Governo do Ceará encaminhou na tarde desta sexta-feira (9) para a Assembleia Legislativa a mensagem que reajusta as gratificações educacionais especializadas e por efetiva regência de classe. O projeto de lei prevê ainda a atualização da Parcela Variável da Redistribuição do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (PVR/Fundeb) para professores temporários. Com esta mensagem, o ganho remuneratório cobre em 7,64% o índice da inflação acumulada no período.
Serão beneficiados ativos e inativos com a regência e a gratificação. Baseado no Plano de Cargos e Carreiras dos professores, os percentuais serão ajustados da seguinte forma:
O texto do Executivo é fundamentado na necessidade permanente e contínua política de valorização do magistério da educação básica do Estado do Ceará, bem como o cumprimento do compromisso assumido com a categoria dos professores.

- Mais ações na educação
Unidades de ensino entregues
O Governo do Ceará inaugurou de janeiro a junho de 2017 duas escolas profissionalizantes e outras oito escolas de Ensino Médio. Foram investidos R$ 60,4 milhões, provenientes dos Governos Federal e Estadual para construir, mobiliar e equipar cada uma destas unidades de ensino.

Ensino Médio em Tempo Integral
Atualmente, uma em cada quatro escolas funciona em tempo integral. Em 2017, a rede pública estadual de ensino tem 71 escolas regulares com esta modalidade de ensino, as quais se somam as 116 Escolas Estaduais de Educação Profissional que ofertam cursos técnicos integrados ao Ensino Médio.
O Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), iniciou, em 2016, o projeto-piloto para a implantação do tempo integral em 26 escolas estaduais de ensino regular. Neste ano, mais 45 unidades passaram a ofertar a jornada prolongada.
No total, 31 municípios apresentam Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, beneficiando cerca de 15,5 mil alunos. Entre as 71 escolas integrais, 27 estão localizadas em Fortaleza.
As 45 novas EEMTIs estão entre os 20 municípios mais populosos e atenderão a cerca de 9 mil estudantes. Cada unidade está distribuída em áreas consideradas mais vulneráveis. Serão investidos R$ 108,8 milhões a mais no Programa de Ensino Médio Integral em 2017.

AvanCE – Programa Bolsa Universitário
Em maio, o Governo do Ceará lançou o AvanCE - Programa Bolsa Universitário, que tem o objetivo de melhorar as condições de acesso à universidade dos estudantes egressos da rede pública cearense, por meio de auxílio financeiro.
O Programa ofertará bolsa de R$ 937,00, durante seis meses no primeiro ano do Ensino Superior, aos alunos que concluíram o Ensino Médio na rede pública e estão matriculados em curso de graduação de instituições credenciadas pelo Ministério da Educação. Neste ano, 1.000 estudantes serão contemplados com o auxílio financeiro.

Ingresso no ensino superior
O índice de aprovação dos alunos das escolas públicas estaduais no Ensino Superior cresceu 28%, entre os anos de 2015 e 2016. Um total de 13.516 estudantes garantiu o ingresso em instituições públicas e privadas em 2016. No ano anterior, esse número chegou a 10.035.

Enem 2017
Um total de 99,51% dos alunos da 3ª série do Ensino Médio se inscreveu no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. Em 2016, foram 98% de inscritos. Para alcançar estes resultados, a gestão estadual conta com gestores, professores e a comunidade escolar.

Mestrado para professores
A Secretaria da Educação (Seduc) lançou editais, em parcerias com instituições de Ensino Superior, para ofertar vagas de mestrados aos professores da rede estadual. Em janeiro, foi lançado um edital com 30 vagas para o Mestrado Profissional em Planejamento e Políticas Públicas (Específica para Tecnologia Social – Seduc) da Universidade Estadual do Ceará (Uece). No início de maio, foi aberta seleção para oferta de 35 vagas para os docentes no Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFF). Também em maio foi lançado, em parceira com a Universidade Federal do Ceará o edital para 30 vagas em uma turma exclusiva no curso de Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática.

Spaece
O Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica (Spaece), realizado em 2016, revela a continuidade do crescimento nos níveis de alfabetização no Estado. Ao todo, 86% dos alunos finalizaram o 2º ano do Ensino Fundamental (EF) alfabetizados.

Ginásios e quadras poliesportivas e Centro de Educação Infantil (CEI)
Até agora, foram inaugurados pelo Governo do Ceará 10 ginásios e duas quadras poliesportivas. O investimento nestes equipamentos esportivos foi de R$ 6,8 milhões, com recursos federais e estaduais. O Governo do Ceará inaugurou um Centro de Educação Infantil em Itaitinga e assinou ordem de serviço para mais dois CEIs.
Fonte: SEDUC CE

CONFIRA COMO FOI A ETAPA REGIONAL DO FESTIVAL ALUNOS QUE INSPIRAM

Na última quarta-feira (07) a 6ª Coordenadoria Regional da Educação realizou a Etapa Regional do Festival Alunos que Inspiram. O evento ocorreu no Centro de Educação à Distância (CED) em Sobral e contou com os projetos artísticos finalistas das 8 categorias.
Os trabalhos foram iniciados no turno da manhã com as apresentações das categorias Poema, Vídeo Curta-Metragem, Esquete Teatral e Grupo Vocal, enquanto o público também apreciava as exposições de Desenho e Pintura. À tarde, os estudantes-artistas encerraram as apresentações com as categorias Dança e Grupo Musical, havendo então, a solenidade de Premiação. As equipes vencedoras foram classificadas à seletiva da fase Estadual, onde serão escolhidos para a grande final: 2 trabalhos por análise técnica e 1 por votação popular, em cada categoria.





Fonte: CREDE 06

quarta-feira, 7 de junho de 2017

SEDUC LANÇA PROJETO #APRENDERVIAJANDO

Com o objetivo de incentivar a aprendizagem por meio do intercâmbio cultural e da diversificação do repertório pedagógico, a Secretaria da Educação (Seduc) lança, nesta quinta-feira (08/06), às 8h30, o #AprenderViajando. Esta iniciativa irá selecionar projetos das escolas públicas da rede estadual de ensino com o propósito de financiar viagens educativas, envolvendo estudantes e professores orientadores. O lançamento será no Museu da Indústria, com a presença do secretário da Educação, Idilvan Alencar.
O #AprenderViajando visa oportunizar aos jovens uma educação integral, levando-os a conhecerem novas cidades, espaços, equipamentos e atrações culturais. Por meio de viagens educativas, os alunos poderão vivenciar de perto aquilo que eles estudaram em sala de aula.
Nesta quinta, a Seduc divulgará o edital, que selecionará os projetos das escolas a serem contempladas pelo #AprenderViajando. Todas as unidades de ensino estão aptas a elaborar a proposta de viagem para os seguintes destinos e respectivas quantidades: Fortaleza (02), Sobral (01) e Juazeiro do Norte (01). O professor deverá elaborar seu projeto por área/disciplina com uma proposta de roteiro de visitação de um dia e meio. 
As inscrições devem ser feitas até o dia 17 de junho, no endereço edu.cientifica.seduc.ce.gov.br. O resultado será divulgado no dia 21 de junho no site da Seduc (www.seduc.ce.gov.br). As viagens serão realizadas no período de 26 a 30 de junho.

Serviço:
Lançamento do #AprenderViajando
Data: 08 de junho de 2017
Local: Museu da Indústria (Rua Dr. João Moreira, 143 – Centro)
Fonte: SEDUC CE

sexta-feira, 2 de junho de 2017

SEDUC LANÇA DIÁRIO ONLINE PARA PROFESSORES DA REDE ESTADUAL

Atividades como o registro da frequência diária, o gerenciamento dos planos anuais e de aula e o lançamento das notas dos alunos ficarão muito mais fáceis para os professores da rede pública estadual de ensino. A Secretaria da Educação (Seduc) lança, nesta sexta-feira (02), o Diário Online, ferramenta digital que ficará disponível à adesão dos docentes, podendo substituir o diário impresso, possibilitando a realização de funções de forma ágil e eficaz, além de ganho de tempo para desenvolver trabalhos pedagógicos.
Com a nova ferramenta, os diários estarão sempre disponíveis, seja no smartphone e tablet (versão Android) e no computador. Integrado ao SIGE Escola, este sistema permite melhor compreensão do processo ensino-aprendizagem, dando suporte para as decisões pedagógicas eficientes. 
A ferramenta, desenvolvida pela Coordenadoria de Desenvolvimento da Escola e da Aprendizagem (Codea) - Gestão Pedagógica em parceria com a Assessoria de Tecnologia da Informação (Astin) da Seduc, está funcionando, desde janeiro deste ano, como projeto-piloto em 33 escolas. O ideal é que os professores utilizem o período de 02 a 15 de junho para se cadastrarem e se ambientarem ao sistema. A partir do uso do Diário Online, todas as informações salvas migrarão para o SIGE Escola. No próximo dia 08 de junho, a Secretaria da Educação vai realizar, em Fortaleza, uma formação para representantes de todas as Crede/Sefor sobre a utilização da plataforma.
Fonte: SEDUC CE

INEP TESTA OPERAÇÃO GRÁFICA DA PROVA PERSONALIZADA DO ENEM

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) realizou, nesta sexta-feira, 2, um teste geral da operação de impressão, manuseio e expedição da prova personalizada do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. É a primeira vez que o Enem terá uma prova com o nome e número de inscrição do participante. A simulação, na gráfica que venceu a licitação para a impressão, reuniu representantes do Inep, do consórcio aplicador e do Ministério Público Federal.
Por meio de videoconferência, a presidente do Inep, Maria Inês Fini falou aos presentes da importância de demonstrar ao Ministério Público Federal as especificidades do trabalho do Inep e as exigências feitas pelo Instituto para o processamento da prova do Enem. “É uma oportunidade de construirmos argumentos de defesa da necessidade da qualidade deste serviço”, defendeu Maria Inês Fini.
O teste – Para simular toda a operação, foram impressas provas de 60 mil participantes do Enem 2016, porém adaptadas às características da edição de 2017. Todos os presentes no teste puderam conhecer a logística completa do Enem realizada em ambiente gráfico. Foram demonstradas a recepção de arquivos e tratamento de dados; a produção de provas e personalização; a produção de material de aplicação e de dados variáveis; a transferência das áreas de produção para áreas de manuseio. Durante a simulação também foi feita a colocação dos lacres eletrônicos; o manuseio de material de aplicação; a ficha de identificação com biometria; a expedição de provas e de material de aplicação; além dos controles necessários a essas etapas.
Fonte: INEP

quinta-feira, 1 de junho de 2017

CARIRÉ, NO CEARÁ, DISPUTOU O DIA DO DESAFIO CONTRA MÉRIDA, NA VENEZUELA, COM O TEMA "VOCÊ SE MEXE E O MUNDO MEXE JUNTO"






A cidade de Cariré-CE participou no dia de ontem, quarta-feira (31), de mais uma edição do Dia do Desafio, que neste ano de 2017 tem como tema "Você se mexe e o mundo mexe junto". É uma campanha mundial de incentivo à prática regular de atividades físicas em benefício da saúde. Ontem, em Cariré, o convite à atividade física se estendeu a todos, envolvendo o poder público, as instituições da sociedade civil, empresas, voluntários locais e os próprios participantes.


Em 2017, Cariré, na região Noroeste do Estado do Ceará, disputou contra a cidade Mérida, na Venezuela, num saudável desafio para saber quem se mexeu mais.

UVA DIVULGA 2ª CHAMADA PARA VAGAS REMANESCENTES DO VESTIBULAR 2017.1

A Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), por meio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PROGRAD), divulgou no início da noite de hoje (dia 1º de junho) as VAGAS REMANESCENTES após a chamada dos candidatos CLASSIFICÁVEIS do Processo Seletivo 2017.1, realizada nos dias de ontem e hoje, referentes ao Edital Nº 01/2017, para ingresso em cursos de graduação da UVA, oferecidos em Sobral.
A matrícula dos CLASSIFICÁVEIS SEGUINTES será no dia 02 de junho de 2017 (amanhã), na Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PROGRAD), no campus Betânia, a partir das 09h, para todos os cursos, por ordem de chamada.
Perderão o direito à vaga os candidatos que chegarem fora do horário indicado e/ou que não apresentarem a documentação indicada a seguir, juntamente com os originais:
a) 01 (uma) fotocópia da Carteira de Identidade;
b) 01 (uma) fotocópia do Certificado de Conclusão do Ensino Médio;
c) 01 (uma) fotocópia do comprovante da obrigação eleitoral;
d) 01 (uma) fotocópia do Certificado de Reservista (para homens que já tenham feito o alistamento militar).

Eis o quantitativo de vagas (clique sobre a imagem para melhor visualização):

quarta-feira, 31 de maio de 2017

ESTUDANTES COBRAM NOTEBOOK AO GOVERNO DO CEARÁ

Cadê meu notebook?
O governo estadual faz belíssimas campanhas publicitárias na área da educação, exaltando os resultados positivos. Tudo bem se não tivesse esquecido um importante detalhe: a base, ou seja, os alunos. Centenas de estudantes da rede pública estadual, que obtiveram boas notas no Enem - exigência do Sistema Permanente de Avaliação Básica da Educação (Spaece), nos anos de 2014 e 2015, ainda aguardam receber seus notebooks. Era a premiação garantida pela Secretaria da Educação do Estado para ajudar aos que chegassem à universidade. Com certeza, Camilo Santana, hoje apostando no setor como uma de suas marcas da gestão, não sabe desse problema. Será que o tal processo licitatório continua de recuperação?